remedio - Qual forma e qual diluição?

Qual forma e qual diluição?

“Quando optar por uma dose ou por grânulos?”

Conforme os hábitos, a utilização de doses ou de grânulos tanto se justifica nos casos agudos como nas doenças crónicas.
De uma maneira geral, a utilização de doses faz-se pontualmente:

  • nos casos agudos, por ocasião de uma picada de abelha, uma dose de Apis mellifica 15CH pode ser o suficiente para aliviar as dores, imediatamente a seguir a uma queda, uma dose de Arnica montana 15CH atenua as dores e serve de prevenção para as complicações tal como uma equimose (a “nódoa negra”), por exemplo.
  • nas doenças crónicas, os médicos utüzam técnicas muito variadas para a prescrição das doses. Em função das patologias, podem ser receitadas por dia. Por semana ou por mês.
  • Para além destes casos: tanto nas doenças agudas como crónicas, tomará grânulos, na maioria das vezes em doses de três Saiba que alguns receitam-nos em doses de dois, outros de cinco com os mesmos resultados.
  • Que diluição devemos escolher?”

Uma vez que determinou o medicamento que quer utilizar, tem de procurar a diluição mas apropriada.

O modo de raciocínio é o seguinte: quanto mais o medicamento corresponder aos sintomas que sente, mais deverá tomá-lo em diluições elevadas. Porquê? Porque corresponde mais à sua maneira de reagir à doença.

Originally posted 2014-03-26 11:14:40.

caderno especial homeo opt - Tratamento da Diarreia Parte III

Tratamento da Diarreia Parte III

Diarreias de origem alimentares

Diarreias provocadas por alimentos mal suportados

Frutos

  • Colocynthis 5CH: a diarreia é muito dolorosa, as dores abdominais são violentas, tipo cãibras. Melhoram quando nos dobramos ao meio assim como com a pressão da região
  • China rubra 5CH aparece no Verão depois de termos abusado de frutos.
  • Ipeca 5 CH: após uma ingestão de frutos verdes no Outono.
  • Podophyllum 5CH: depois de abusarmos de frutos frescos.
  • Phosphoricum acidum 5CH: o abuso de frutos está na origem de uma diarreia acompanhada por inchaços e gases.
  • Rheum 5CH. depois de frutos verdes em excesso, quando a diarreia de odor azedo predomina e subsiste no corpo apesar de todos os cuidados de limpeza.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de -banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois o desaparecimento dos problemas.

Alimentos gordurosos

  • Carbo vegetabilis 5CH, nas diarreias fétidas acompanhadas por inchaços logo por cima do umbigo, que aparecem imediatamente depois das refeições.
  • Pulsatilla 5CH: as diarreias aparecem durante a noite a seguir à ingestão de alimentos gordurosos ou gelados. São acompanhadas por inchaços e regurgitações com o sabor dos alimentos.

Posologia. 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Leite

  • China rubra 5 CH.
  • Magnesia carbónica 5 CH: nestes sujeitos, o leite está na origem de uma diarreia de fezes esverdeadas e de espasmos abdominais que aliviam quando se dobram ao meio.
  • Natrum carbonicum 5CH, quando o leite provoca inchaços e uma diarreia grumosa alaranjada.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

• Ostras

  • Lycopodium clavatum 5CH: a diarreia é acompanhada por um inchaço da parte inferior do abdómen que aparece logo a seguir à refeição e reproduz-se 16 horas depois.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar» dois dias. depois 3 vezes por dia Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de bolos

  • Pulsatilla 5CH.
  • Carbo vegetabilis 5CH.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de açúcar

  • Argentum nitricum 5CH: a diarreia verde, explosiva, ruidosa, dolorosa complica-se cor náuseas, vómitos, ardores no estômago.

Posologia: 2 grânulos 3 a 5 vezes por dia, em função da importância dos sintomas.

Após excessos alimentares ocasionais

  • Antimonium crudum 5CH: com náuseas, vómitos, aerofagia e língua completamente branca.
  • Nux vomica 5CH: com náuseas, vómitos que o doente provoca para ficar mais aliviado, e língua branca na sua metade posterior.
  • Ipeca 5 CH: quando as náuseas não são aliviadas com os vómitos e a língua continua limpa (cor-de-rosa) e húmida.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias.

  • Em previsão de uma boa refeição, tomar antes uma dose em 15CH de um destes três medicamentos em função dos sintomas aos quais está habituado nestas circunstâncias.

Originally posted 2014-03-28 09:47:36.

herbs larger pic - Certo/Errado sobre os grânulos e outros medicamentos

Certo/Errado sobre os grânulos e outros medicamentos

“Posso tomar os grânulos com os oligo-elementos?”

Errado. É melhor espaçar os medicamentos de pelo menos cinco minutos, o tempo que os grânulos sejam completamente absorvidos. Também podemos tomar os oligo-elementos depois das refeições.

“Podemos associar um tratamento homeopático a um tratamento alopático?”

Claro aconselhamo-lo apenas a começar pelos medicamentos homeopáticos

“Podemos associar um tratamento homeopático a uma outra forma de -medicina suave”?”

Claro; também aqui aconselho o leitor a começar sempre pelos grânulos homeopáticos.

A homeopatia e os falsos interditos

Coloca-se aqui a grande questão: ‘Começo a homeopatia, portanto já não posso fumar, já não posso beber, tenho de me privar de café e de chá de menta.
” De facto, tal como já vimos estes interditos vêm da confusão entre as regras de higiene alimentar aconselhadas numa doença e o tratamento médico propriamente dito, homeopático ou não.

Mas também é verdade que os médicos homeopatas foram uns dos primeiros a tomar em consideração esta visão da terapêutica. Isto talvez explique aquilo.

Originally posted 2014-03-26 11:58:08.

vaikas gydo pacientas 61806523 - Tratamento das Diarreias

Tratamento das Diarreias

Diarreias simples

Sem dentes a romper

  • China rubra 5CH. se a diarreia de fezes amareladas for indolor, acompanhada por muitos gases e um inchaço importante, seguida por um grande cansaço.
  • Hepar sulfur 5CH. se a diarreia de fezes brancas ou esverdeadas, com um cheiro ácido ou azedo, piorar com bebidas frias.
  • Ipeca 5CH, quando a diarreia tem fezes esverdeadas, com vómitos, língua limpa, ou seja, cor-de-rosa e húmida. A criança mais velha dirá que continua com náuseas apesar dos vómitos.
  • Nux vomica 5CH; diarreia com pequenas fezes e vómitos, língua branca na sua parte posterior. Nesse caso, a criança que pode exprimir-se dirá que a diarreia não alivia as suas dores abdominais, mas que. em contrapartida, as suas náuseas acalmam com os vómitos. A sesta favorecida pela sonolência a seguir às refeições ajuda a criança a recuperar.
  • Dulcamara 5CH. diarreia verde-amarela no Verão ou quando o tempo arrefece ou se toma húmido.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Com dentes a romper

  • Chamomilla vulgaris 5CH, no caso de diarreia com um cheiro fétido, de “ovos podres”, e de uma colite que reconhecemos pelos gritos da criança e pela maneira como se torce. A bochecha está vermelha no lado em que o dente está a romper.
  • Podophyllum 7CH, se a criança ficar mais aliviada quando aperta os maxilares ou os dentes, “mordendo” objetos com força, se tiver as bochechas vermelhas e uma diarreia amarelada, fétida e indolor.
  • Rheum 5CH, quando a diarreia torna a criança caprichosa e agitada, quando esta última grita antes de ir à casa-de-banho e quando o cheiro azedo das fezes predomina e subsiste no corpo apesar dos cuidados de limpeza.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

No caso de indigestão

Para os bebés que não digerem o leite

  • Aethusa cynapium 5CH: o leite provoca uma gastroenterite com fezes esverdeadas e vómitos precoces de leite ou tardios de coágulos.
  • China rubra 5CH: diarreia liquida indolor, fétida, com muitos gases, que aparece num bebé com o ventre muito inchado.
  • Magnesia carbónica 5CH, para os bebés nos quais o leite de vaca — ou o excesso de lacticínios — provoca colites (o bebé torce se todo enquanto toma o biberão) com flatulência, acompanhadas por uma diarreia de fezes esverdeadas com um cheiro azedo e vómitos ácidos,
  • Natrum carbonicum 5CH, quando o leite provoca inchaço e uma diarreia gromosa alaranjada “como polpa de laranja”, sem vómitos.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois; 3 vezes por dia durante 6 dias.

Atenção!

Se a diarreia persistir, aconselho o leitor a consultar um médico, porque alguns bebés apresentam intolerâncias ao leite que é necessário tratar.

Originally posted 2014-04-02 15:07:41.

DSC 0223 - Atrose

Atrose

A artrose é uma doença benigna, mas dolorosa e invalidante, que constitui um problema de saúde pública devido à sua frequência — 3,5% dos motivos de consulta. 5% da população dos cinquenta e cinco aos sessenta e cinco anos —, ao seu custo e ao envelhecimento da população (mais de 28% da população terá ultrapassado sessenta anos no ano 2020).

É a doença articular mais frequente, principalmente nas pessoas de idade, visto que 80% dos sujeitos com mais de setenta anos apresentam sinais de artrose nas radiografias.

O que é?

A renovação da cartilagem articular é feita pelas suas próprias células (os condrócitos) que mantém um equilíbrio entre a sua formação e a sua destruição. A rutura deste equilíbrio está na origem da artrose.

Esta “condropatia fissuraria” provoca alterações nas funções biomecânicas de deslize, de elasticidade e de amortização da cartilagem que acabam por fazer sofrer toda a articulação. Implantam-se então dores ligamentares, musculares, ósseas que complicam a terapêutica.

É por isso que o tratamento tanto deve englobar a alopatia como a homeopatia, a fitoterapia, a oligoterapia, a acupunctura, as manipulações vertebrais, a cinesiterapia, a fisioterapia. Cada uma destas terapêuticas possui ações eficazes e complementares que variam conforme as fases da doença.

Diagnóstico

A artrose pode ser isolada ou englobar o conjunto das articulações; a sua evolução e progressiva ou rápida.

O primeiro sinal da artrose é a dor. Esta última é em primeiro lugar mecânica, ou seja, acalma com o repouso ou com a continuação do movimento, e começa ao levantar ou durante o arranja da articulação. Fica mais ou menos encoberta durante o dia, aumenta com os esforços, é maximal no fim do dia e cede se o sujeito se repousar ou deitar e de noite.

A seguir, toma-se crónica e obriga, ao levantar ou após um repouso prolongado, a um arranque — um tempo de desenferrujamento — mais ou menos longo das articulações dolorosas. Este arranque é acompanhado por estalidos articulares primeiro indolores, depois dolorosos à medida que a doença progride. Aparece um inchaço na articulação durante as crises (principalmente no joelho). Bastante mais tarde, a dor aparece durante a noite quando mudados de posição na cama.

A artrose pode aparecer ou durante um processo normal de envelhecimento, ou a segura a um traumatismo articular ou movimentos repetitivos excessivos na prática de um desporto ou de uma profissão (trabalhadores de força). As articulações atacadas mais vezes são as ancas, os joelhos e as pequenas articulações dos dedos.

Originally posted 2014-04-08 08:51:47.