391475_4738

A homeopatia e utilizada há muito tempo para prevenir e lutar contra as consequências de um ato cirúrgico ou de uma anestesia que aparecem ou a seguir a uma operação, ou durante um parto, ou no enquadramento de um exame médico tal como uma coloscopia uma fibroscopia ou uma celioscopia.

Antes da intervenção

Contra a ansiedade

  • Causticum 9CH é sobretudo indicado nas pessoas de idade que apreendem muito tempo antes os riscos da intervenção.
  • Gelsemium sempervirens 9CH, quando o medo e acompanhado, nos dias que procedem a operação, por tremores nas extremidades, diarreias ou vontade urgente de urinar.
  • Ignatia amara 9CH, se o doente se queixar de palpitações, taquicardia, no na garganta. A este estado associam-se perturbações digestivas, suspiros ruidosos e um sono açuda.
  • Argentum nitricum 9CH, quando dominam a diarreia, ardores de estômago e aerofagia.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia do medicamento má indicado alguns dias antes da intervenção e no próprio dia.

Em prevenção de hemorragias

Tome sistematicamente os três medicamentos seguintes:

  • Arnica montana 9CH, que favorece a reabsorção das equimoses e a cicatrização das feridas. Tem o interesse de atenuar as dores musculares consecutivas a uma operação e ajudar o restabelecimento do doente.
  • China rubra 5CH atua em prevenção das hemorragias que aparecem a seguir a uma intervenção cirúrgica.
  • Phosphorus 9CH completa vantajosamente os dois medicamentos precedentes nesta indicação.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 2 vezes por dia alguns dias antes da intervenção e no próprio dia.

Depois da intervenção

Continue os medicamentos precedentes durante alguns dias.

Contra os efeitos nefastos da anestesia

  • Tome uma dose de Nux vomica 30CH para lutar contra os efeitos nefastos da anestesia.

Contra a fadiga

  • China rubra 7CH, se perdeu muito sangue antes ou durante a intervenção cirúrgica.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante 1 mês.

Se o trânsito tardar a restabelecer-se normalmente

Acrescente se necessário:

  • Opium 15CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante alguns dias.
  • Raphanus 5CH, sobretudo, quando, após uma intervenção cirúrgica na região do abdómen ou da pélvis, o ventre estiver inchado e muito dorido.
  • Nux vomica 5CH pode ser acrescentado pelo seu papel na prisão de ventre e como desintoxicante do organismo.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia até à primeira ida à casa de banho.

Para favorecer a cicatrização

Para favorecer a cicatrização e evitar as dores nas cicatrizes consecutivas a incisões ou a um ato cirúrgico, tome:

  • Hypericum perforatum 5CH, quando as dores persistem no ponto de penetração na pele, por exemplo a seguir a uma punção lombar, um cateterismo ou uma biopsia.
  • Staphysagria 5CH acelera a cicatrização das incisões cirúrgicas e acalma a dor localmente.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia até ao desaparecimento da dor.

Para evitar as queloides (ou cicatrizes dilatadas):

  • Sistematicamente: Graphites 7CH.
  • Se se formarem queloides e se forem dolorosas: Causticum 7CH.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia durante pelo menos 1 mês.

Originally posted 2014-04-08 08:24:53.

Comments

comments