3

Diagnóstico

A timidez, ou aquilo que é reconhecido com tal pelas pessoas próximas, é uma forma menor de inibição. Traduz-se por uma falta de audácia e de decisão – na ação ou no pensamento – por dificuldades que a criança encontra nas suas relações com os outros.
A inibição, forma principal deste traço de carácter, necessite de uma consulta médica.

Tratamento

Os principais medicamentos homeopáticos são os seguintes:

  • Baryta carbónica 9CH ajuda as crianças lentas, receosas, cuja timidez é provocada pelas suas capacidades intelectuais que sabem limitadas.
  • Calcarea carbónica 9CH atua nas crianças tímidas, calmas, medrosas, com tendência para os terrores noturnos.
  • Lycopodium clavatum 9CH convém, ao contrário, às crianças inteligentes, brilhantes, cuja timidez está antes de mais ligada a uma falta de confiança em si próprias.
  • Natrum muriaticum 9CH e feito para as crianças solitárias tímidas embora contraditoras, ansiosas e com falta de confiança em si próprias. São muito atraídas pelo sal e têm tendência para emagrecerem apesar de um bom apetite.
  • Pulsatilla 9CH é adaptado às crianças tímidas que coram facilmente logo que tentam tomar a palavra ou quando alguém lha dá. Convém muitas vezes às meninas que brincam entre elas com medo de se divertirem com os seus camaradas masculinos. Choram facilmente mas depressa se consolam
  • Silicea 9CH, tal como Natrum muriaticum, é um medicamento de crianças tímidas, ansiosas, com falta de confiança em si próprias. Estas últimas, fracas e friorentas, cansam-se depressa e transpiram facilmente dos pés à cabeça.

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos ao levantar e ao deitar. Não abordaremos nem as histerias nem as obsessões, que necessitam muitas vezes de uma insulta a um especialista.

Originally posted 2014-04-07 08:33:50.

Comments

comments