Artigos

headache woman - Tratamento de Enxaquecas

Tratamento de Enxaquecas

Enxaquecas sem aura

Enxaquecas direitas

Ou seja, aquelas que aparecem no lado direito.

  • Sanguinária 5CH é indicado quando a dor de cabeça começa no occipício e fixa-se por cima do olho direito. A dor começa ao levantar, é maximal ao meio-dia e acalma-se à noite A enxaqueca é acompanhada por uma vermelhidão no rosto, principalmente nas bochechas, e por vezes de náuseas e de vómitos gástricos e/ou biliosos. Tem tendência para aparecer de sete em sete dias, por vezes no dia ou na véspera da menstruação,
  • Iris versicolor 9CH também é um medicamento de enxaquecas oftálmicas. A dor situa-se por cima do olho direito, e é sobretudo acompanhada por uma sensação de ardores esofagianos e digestivos, por uma diarreia ardente e uma salivação abundante. A crise e por vezes anunciada por uma sensação de “visões”, nevoeiro diante dos olhos. É hebdomadária e manifesta-se principalmente nos fins de semana ou nos dias de descanso.
  • Chelidonium majus 7CH, para a enxaqueca que aparece num contexto digestivo, nos sujeitos “hepáticos”, que se queixam de dores ao nível do fígado e que se espalham a ti à omoplata direita.

Posologia (para todos estes medicamentos): 5 grânulos logo ao principio da crise, depois passada meia hora, a seguir 2 grânulos todas as horas até ao fim da crise, ou menos vezes em funçao da intensidade da dor.

Enxaquecas esquerdas

Ou seja, aquelas que aparecem no lado esquerdo:

  • Spigelia 5CH é indicado na enxaqueca occipital que se fixa a seguir por cima do olho esquerdo. Tal como para Sanguinária, segue a curva solar, ou seja, começa ao levantar, é maximal ao meio-dia, e diminui no final da tarde. Não há náuseas nem vómitos, mas por vezes uma ansiedade acompanhada por uma sensação de batidas fortes no coração.
  • Ginkgo biloba 5CH é uma medicamento de enxaquecas localizadas por cima do olho ou na têmpera esquerda, pioram com o frio.
  • Niccolum metallicum 5CH, quando a enxaqueca aumenta até ao meio-dia, piora num quarto quente, e melhora em pleno ar e com uma merenda.

Posologia (para todos estes medicamentos): 5 grânulos logo ao principio da crise, depois passada meia hora, a seguir 2 grânulos todas as horas até ao fim a crise, ou menos vezes em função da intensidade da dor.

Enxaquecas com aura neurológica

  • Gelsemium sempervirens 7CH: os formigueiros e entorpecimentos podem ser acompanhados por paralisias motrizes reversíveis da face.

Tratamento de terreno

O tratamento das enxaquecas necessita de um tratamento de terreno para espaçar as crises e atenuá-las quando aparecem, e ao mesmo tempo para diminuir as consequências das circunstâncias que as desencadeiam.

Os principais medicamentos são Gelsemium sempervirens. Lachesis mutus, Lycopodium clavatum, Natrum muriaticum, Psorinum, Sepia, Sulfur.

Note que Lycopodium clavatum 7CH é também um medicamento de enxaqueca digestiva indicado sobretudo nos sujeitos que respondem bem, e que Lachesis mutus 9CH convém às enxaquecas que aparecem durante a menopausa, e evoluem da esquerda para a direita.

Originally posted 2014-04-01 09:47:03.

fundo02 - Os limite de compromisso da homeopatia

Os limite de compromisso da homeopatia

Nos doentes que sofrem de doenças graves

De uma maneira geral, nestas doenças, os pacientes têm um tratamento pesado, ou seja, relativamente tóxico e portanto dotado com efeitos secundários. Estes últimos levam muitos doentes a consultar o médico, a fim de, no melhor dos casos, limitarem os efeitos secundários, no pior, para pararem o tratamento.

A posição mais sensata consisto em convence-los a consolidarem este ultimo associando-lhe a homeopatia, mesmo quando esta atitude do “meio termo” é combatida por vezes por pacientes que estão convencidos de que a homeopatia pode fazer tudo sozinha, e querem abandonar definitivamente o seu tratamento clássico.

Nas pessoas sãs que sofrem de futuras doenças graves

A mediana atual permite, graças aos exames biológicos, descobrir doenças antes de o paciente sentir o mais pequeno sintoma. Esta benéfica medicina de prevenção deteta as doenças precocemente. Tem, no entanto, o “inconveniente” de “tomar” doentes pessoas que no entanto se sentiam bem de saúde, viste que não apresentavam qualquer sinal de sofrimento.

Este fenómeno toma-se ainda mais verdadeiro devido às terapêuticas utilizadas atualmente para tratar essas pessoas porque têm numerosos efeitos secundários que acentuam esta impressão fazendo-as entrar na doença.

Por vezes, em alguns desses futuros doentes, há um outro motivo de reticência que emana da sua incerteza quanto à eficácia do tratamento que lhe propõem, da sua convicção de nocividade, mas sobretudo da dificuldade para apreenderem os prazos longínquos das complicações da sua doença.

Por isso, naturalmente, têm tendência para pararem essas terapêuticas das quais não obtêm a eficácia imediata. É por isso que muitas vezes é necessária uma verdadeira negociação para os tomar lúcidos, responsáveis, e incitá-los a continuar o seu tratamento.

Originally posted 2014-03-24 13:11:20.

homeopathbottles - Inchaços e Tratamento Parte II

Inchaços e Tratamento Parte II

Conforme a causa

As pessoas que comem habitualmente muito

  • Aloe 9CH.
  • Antimonium crudum 9 CH é o medicamento das pessoas que comem muito na maioria das vezes obesas e irritáveis Digerem mal os excessos que fazem, sobretudo a charcutaria e os alimentos ácidos que, no entanto, apreciam. Esta má digestão provoca aerofagia, regurgitações com o sabor dos alimentos, diarreia e/ou vómitos, até mesmo cefaleias. A sua língua está completamente coberta por um revestimento esbranquiçado e espesso.
  • Sulfur 9 CH. num sujeito alérgico cujo inchaço abdominal é doloroso. É acompanhado por cefaleias. gases nauseabundos, hemorroides, por vezes prisão de ventre ou diarreia quando acorda no dia seguinte.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar

A seguir ou em prevenção de excessos alimentares ocasionais

  • Antimonium crudum 5CH. se a língua estiver completamente branca.
  • Nux vomica 5CH, apenas a parte posterior da língua está branca e quando as náuseas melhoram com os vómitos que o doente provoca.
  • Ipeca 5CH, se a língua estiver limpa, ou seja, normal, e quando os vómitos não acalmam as náuseas.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos de duas em duas horas ao principio, depois 5 vezes por dia no dia seguinte.
Em prevenção (antes de uma festa, por exemplo).

Nux vomica 15 CH ou Antimonium crudum 15CH, uma dose meia hora antes da refeição. A escolha dos medicamentos faz-se em função dos sintomas que sentimos habitualmente nestas circunstâncias.

A seguir a perturbações hepáticas

  • Lycopodium clavatum 9CH, em tratamento de fundo: 2 grânulos ao levantar.
  • Juglans regia 5 CH, quando o inchaço se associa a uma sensação de mal-estar e cefaleias.

Posologia: 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

  • Taraxacum 6DH, nos sujeitos inchados que têm uma língua dolorosa e despapilada com a forma de um mapa geográfico.

Posologia: 20 gotas antes do almoço e do jantar.

Durante a gravidez

Os medicamentos já citados podem ser indicados para a mulher grávida. Existem outros medicamentos mais específicos que são descritos no capítulo “Gravidez”.

A seguir a perturbações nervosas.

Em tratamento de terreno.

Originally posted 2014-03-28 10:55:16.

caderno especial homeo opt - Calvície

Calvície

A alopecia, ou calvície, aparece no homem em idades variáveis. Pode começar de vinta a sessenta anos.

Diagnóstico

  • A perda de cabelo é sempre progressiva; começa normalmente com as entras frontais, depois propaga-se, gradualmente para trás. A evolução é muito variável, podendo estabilizar-se em alguns anos ou dezenas de anos.
  • A calvície é muitas vezes hereditária: encontra-se no pai ou no avô.

Tratamento

O tratamento homeopático é muitas vezes dececionante. Os medicamentos que podem ter um interesse são:

  • Selenium 7CH, no adolescente com acne e pele oleosa, com caspa, que perde precocemente o cabelo, sobretudo nos períodos de estudo.
  • Phosphoricum acidum 9CH: a mesma indicação que a precedente, mas a calvície aparece precocemente nestes que não têm a pele oleosa.
  • Thallium 7CH, nas calvícies precoces sem causa determinada.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante pelo menos 3 meses.

Originally posted 2014-03-26 14:56:14.

caderno especial homeo opt - Tratamento da Diarreia Parte III

Tratamento da Diarreia Parte III

Diarreias de origem alimentares

Diarreias provocadas por alimentos mal suportados

Frutos

  • Colocynthis 5CH: a diarreia é muito dolorosa, as dores abdominais são violentas, tipo cãibras. Melhoram quando nos dobramos ao meio assim como com a pressão da região
  • China rubra 5CH aparece no Verão depois de termos abusado de frutos.
  • Ipeca 5 CH: após uma ingestão de frutos verdes no Outono.
  • Podophyllum 5CH: depois de abusarmos de frutos frescos.
  • Phosphoricum acidum 5CH: o abuso de frutos está na origem de uma diarreia acompanhada por inchaços e gases.
  • Rheum 5CH. depois de frutos verdes em excesso, quando a diarreia de odor azedo predomina e subsiste no corpo apesar de todos os cuidados de limpeza.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de -banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois o desaparecimento dos problemas.

Alimentos gordurosos

  • Carbo vegetabilis 5CH, nas diarreias fétidas acompanhadas por inchaços logo por cima do umbigo, que aparecem imediatamente depois das refeições.
  • Pulsatilla 5CH: as diarreias aparecem durante a noite a seguir à ingestão de alimentos gordurosos ou gelados. São acompanhadas por inchaços e regurgitações com o sabor dos alimentos.

Posologia. 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Leite

  • China rubra 5 CH.
  • Magnesia carbónica 5 CH: nestes sujeitos, o leite está na origem de uma diarreia de fezes esverdeadas e de espasmos abdominais que aliviam quando se dobram ao meio.
  • Natrum carbonicum 5CH, quando o leite provoca inchaços e uma diarreia grumosa alaranjada.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

• Ostras

  • Lycopodium clavatum 5CH: a diarreia é acompanhada por um inchaço da parte inferior do abdómen que aparece logo a seguir à refeição e reproduz-se 16 horas depois.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar» dois dias. depois 3 vezes por dia Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de bolos

  • Pulsatilla 5CH.
  • Carbo vegetabilis 5CH.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de açúcar

  • Argentum nitricum 5CH: a diarreia verde, explosiva, ruidosa, dolorosa complica-se cor náuseas, vómitos, ardores no estômago.

Posologia: 2 grânulos 3 a 5 vezes por dia, em função da importância dos sintomas.

Após excessos alimentares ocasionais

  • Antimonium crudum 5CH: com náuseas, vómitos, aerofagia e língua completamente branca.
  • Nux vomica 5CH: com náuseas, vómitos que o doente provoca para ficar mais aliviado, e língua branca na sua metade posterior.
  • Ipeca 5 CH: quando as náuseas não são aliviadas com os vómitos e a língua continua limpa (cor-de-rosa) e húmida.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias.

  • Em previsão de uma boa refeição, tomar antes uma dose em 15CH de um destes três medicamentos em função dos sintomas aos quais está habituado nestas circunstâncias.

Originally posted 2014-03-28 09:47:36.