Artigos

baby - Rinofaringites

Rinofaringites

As rinofaringites agudas são necessárias para a aquisição progressiva de uma imunidade local e geral na criança de seis meses a sete anos, consideramos que antes desta idade todas as tiveram uma rinofaringite.

A infeção e a inflamação das vias respiratórias provocam um tento nasal e faríngeo — ou seja, pelo nariz e pelo fundo da garganta — acompanhado ou não por febre.

Estas doenças benignas muito frequentes são principalmente de origem virai; portanto, recorrer aos antibióticos é raramente justificado. Para além disso, nenhum estudo demonstrou a sua eficácia nesta afeção, nem na redução dos sintomas nem na prevenção das complicações. O tratamento de escolha é a homeopatia.

Diagnóstico

A incubação é rápida (quarenta e oito a setenta e duas horas), o diagnóstico é muitas vezes evidente um corrimento nasal claro e espirros predominam ao principio, mas estes últimos cessam rapidamente. e o corrimento torna-se amarelo-esverdeado.

É muitas vezes acompanhado por uma tosse mais ou menos grossa, febre e gangliões no pescoço.
Teoricamente, a rinofaringite evolui espontaneamente para a cura numa semana, mas as sobre infeções são frequentes

Se a febre persistir para além de quarenta e oito horas ou reaparecer depois de ter desaparecido, a rinofaringite já não é responsável: uma otite é muitas vezes a causa.

Tratamento

Em função de outros sintomas

Na presença de alguns sintomas, facilmente reconhecíveis, ajuda a encontrar o ou os medicamentos apropriadas. No entanto, a sua escolha só será confirmada se encontrar, no dicionários os medicamentos, os outros sintomas do ou dos medicamentos selecionados.

Se constatar que os sintomas da criança

  • Pioram com o ar fresco, pode tratar-se de numerosos medicamentos tais como: Corallium rubrum, Dulcamara, Euphrasia, Hepar sulfur, Hydrastis, Kalium bichromicum, Kalium muriaticum, Mercurius solubilis.
  • Melhoram com o ar fresco, os principais medicamentos são: Allium cepa, Bryonia alba, Nux vomica, Pulsatilla.
  • Pioram com o calor, pense em Allium cepa, Bryonia alba, Euphrasia, Nux vomica, Pulsatilla.
  • Melhoram com o calor: Hepar sulfur, Kalium bichromicum, Kalium muriaticum.

Se tomar em consideração a lacrimação e o corrimento nasal (a rinorreia)

Assim, se houver:

  • lacrimação irritante, rinorreia irritante: Arsenicum iodatum, Kalium iodatum, Mercurius solubilis;
  • lacrimação irritante, rinorreia não irritante: Euphrasia;
  • lacrimação não irritante, rinorreia não irritante: Pulsatilla, Dulcamara, Kalium muriaticum;
  • lacrimação não irritante, rinorreia irritante: Allium cepa, Ammonium muriaticum, Arum triphyllum.

Se o lábio superior estiver escoriado

  • Ou seja, quando as secreções nasais são muito irritantes, dirija-se para Allium cepa ou Arum triphyllum.

Se o nariz estiver entupido durante a noite e pingar durante o dia

  • Lycopodium clavatum, Nux vomica, Pulsatilla são os medicamento que precisa procurar.

Originally posted 2014-04-02 10:42:41.

1271034049831 hz fileserver2 566166 - Kalium muriaticum

Kalium muriaticum

Origem

É o cloreto de potássio KCI, utilizado em alopatia no tratamento das hipocaliemias, ou seja, aos sujeitos que não têm potássio suficiente no sangue. Apresenta-se sob a forma de cristais inodoros insolúveis no álcool e muito solúveis na água.

Indicações

Rinofaringites agudas ou crónicas

São facilmente reconhecíveis através:

  • do corrimento espesso, branco, pegajoso que corre do nariz sem parar;
  • da sensação de ouvidos tapados e barulho de estalidos quando nos assoamos;
  • da tosse acompanhada por escarros pegajosos claros

Anginas

Com as criptas amigdalianas cheias de caseo (substância pastosa com o especto do queijo) esbranquiçado.

Aftas com o fundo acinzentado

Kalium muriaticum convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o tempo frio, com a humidade.
  • Melhoras com o calor seco.

Originally posted 2014-04-10 14:22:24.

MERCURIUS SOLUBILIS - Mercurius solubilis

Mercurius solubilis

Origem, composição

Mercurius solubilis é um composto criado por Hahnemann, definido pelo seu modo de preparação. É um pó preto acinzentado obtido a partir de uma trituração de proto-azotato de mercúrio e de amoníaco.

Indicações

Anginas típicas

  • As amígdalas ficam vermelhas, mais ou menos cobertas de pseudomembranas espessas com:
  1. uma língua branca, mole, que guarda a marca dos dentes:
  2. uma salivação abundante e um sabor metálico na boca:
  3. uma dor de garganta importante ao engolir, e dores que irradiam até aos ouvidos.
  • A febre é alta e é acompanhada por uma:
  1. transpiração noturna viscosa, abundante, que não proporciona qualquer alivio:
  2. sede intensa e arrepios no acme da febre.
  • Mercuríus solubilis é dado a título quase sistemático, em associação com Belladonna, nas amigdalites.

Rinofaringites e sinusites

Agudas ou crónicas, cujos corrimentos e secreções são muco-purulentos (amarelo esverdeado), irritantes e corrosivos.

Conjuntivites

Muco-purulentas.

Gengivites

As gengivas ficam inchadas e sangram facilmente, o hálito é desagradável, a salivação demasiado abundante. As aftas são frequentes.

Risco de piorreia e de dentes descamados.

Papeira

Medicamento típico da papeira com parótidas muito dolorosas e febre característica.

Gastroenterites por intoxicação alimentar

Acompanhadas por diarreia de fezes esverdeadas, com vontade urgente de ir a casa-de-banho e a sensação de nunca ter acabado. A febre já descrita vem juntar-se a estes sintomas.

Cistites

Com micção muito dolorosa, sensação de ardores, falsa vontade de urinar, espasmos da bexiga.

Perturbações caracteriais

Das crianças moles e indolentes, mas também brigonas, suscetíveis, remexidas. Daí os resultados escolares insuficientes por falta de concentração e agitação.

Em complemento dos tratamentos alopáticos

Mercurius solubilis é clássico em:

  • Diarreias febris com fezes viscosas verde-escuras acompanhando icterícias, hepatites, pancreatites.
  • Doenças de Parkinson nas quais os tremores das extremidades e a rigidez predominam.
  • As complicações reumatismais das anginas com estreptococos.
  • As infeções ginecológicas.

Mercurius solubilis convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação durante a noite, com a transpiração, com o tempo frio e húmido, com as mudanças de tempo.
  • Melhoras com as temperaturas moderadas.

Os sujeitos que respondem bem a Mercuríus solubilis

São as crianças com doenças infeciosas frequentes.

Originally posted 2014-04-11 08:15:57.

Potassium - Juglans regia

Juglans regia

Origem

O bicromato de potássio é um sal que se apresenta sob a forma de cristais vermelhos alaranjados solúveis na água e inalteráveis ao ar.

As pessoas que o trabalhavam eram frequentemente atingidas por perfuração das fossas nasais. Também era reputado acelerar a cicatrização das úlceras tuberculosas ou sifilíticas.

Indicações

Rinofaringites típicas, ou seja,

  • Começam com espirros violentos, com o nariz seco, entupido e dorido na raiz.
  • Continuam com um corrimento nasal amarelo-esverdeado muco-purulento, abundante, espesso, viscoso, com formação de crostas nasais que voltam a formar-se logo que as retiramos.
  • Acompanhadas por uma tosse grossa ao levantar.
  • Complicam-se com cefaleias muito localizadas, em pontos por cima dos olhos, que traduzem o aparecimento de uma sinusite.

É o medicamento das rinofaringites que aparecem com o tempo frio e húmido, um tempo que temos muitas vezes nos nosso climas.

Indicações digestivas

Aftas bucais

Com ulcerações com os contornos nítidos e secreções amareladas.

Gastrites

Acompanhadas por ardores no estômago e regurgitações de líquido ácido na boca (pirose). Estas perturbações pioram com a cerveja que, no entanto, o sujeito tem vontade de beber.

Úlceras gástricas ou gastroduodenais

A fibroscopia mostra úlceras com contornos nítidos, à saca-bocados.

Ciática

Na qual a dor é descontinua, ou seja, sentida como pontos dolorosos seguindo o trajeto do nervo.

As dores pioram com o frio e melhoram com o calor, o movimento, a flexão. A ciática ataca preferencialmente o membro inferior esquerdo.

Kalium bichromicum convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o frio, com o ar fresco, com a cerveja.
  • Melhoras com o calor.

Originally posted 2014-04-10 11:39:35.

curly dock - Rumex crispus

Rumex crispus

Origem

Rumex crispus, a paciência frisada, da família das poligonáceas, é uma planta herbácea vulgar que encontramos nas regiões temperadas e utilizada durante muito tempo como tónico e adstringente.

Composição

A tintura-mãe, preparada a partir da raiz fresca, contém taninos e é rica em ferro.

Indicações

Tosses secas

  • Estas tosses são violentas, esgotantes, incessantes.
  • São desencadeadas por uma comichão no fundo da garganta, ou togo que o doente respira o ar frio; é por isso que este último usa constantemente um cachecol diante da boca e do nariz a fim de aquecer o ar que respira.
  • Provocam por vezes uma pequena perda de urina.
  • Encontramo-las nas rinofaringites, nas traqueítes ou nas laringites.

Comichão

  • A comichão produz-se sem razão ou aparece nas pessoas de idade.
  • Manifesta-se sobretudo a noite ao deitar quando o sujeito se despe, e predomina nos membros inferiores.
  • A comichão melhora com o calor e piora com o ar frio, por exemplo quando o sujeito lira as pernas para fora dos cobertores.

Rumex crispus convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação quando respira o ar fresco ou frio.

Posologia

Comichão: Rumex crispus 7CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Originally posted 2014-04-14 08:23:23.