Artigos

Imagem 773 - Ipeca

Ipeca

Origem

Ipeca anelado menor, Cephaelis ipecacuanha, planta da família das rubiáceas, é um arbusto com cerca de 40 cm de altura, originário do Brasil, muito presente neste país e na Bolívia.

Conhecida desde sempre nestes países pelos seus efeitos vomitivos nos embaraços gástricos. Em fitoterapia, também é utilizada como expetorante, e na coqueluche.

Composição

A tintura-mãe, preparada a partir dos órgãos subterrâneos da planta é rica em alcaloides dos quais o principal, a emetina, deu o substantivo emético: “que provoca o vómito”.

Indicações

Náuseas da gravidez

Estas mulheres, quando estão grávidas, apresentam náuseas persistentes, penosas que não melhoram com os vómitos como e a regra.

A sua língua fica húmida, cor-de-rosa, limpa, ou seja, não está branca como normalmente é o caso quando as náuseas são de origem digestiva. Uma salivação abundante acompanha estas náuseas.

Indigestão

São provocadas pela:

  • Ingestão de frutos não maduros (verdes);
  • Ingestão de alimentos difíceis de digerir, pelos desvios de dieta.

São acompanhadas por:

  • Náuseas com vómitos que não aliviam;
  • Diarreias agudas (infantis) feitas de fezes espumosas, esverdeadas.
  • Caibras dolorosas no abdómen;
  • E sempre, uma língua limpa com uma salivação abundante.

Intoxicação alimentar

Que provoca as perturbações que acabámos de descrever.

Tosses com náuseas

Encontramo-las :

  • nas rinofaringites;
  • nas bronquites, nas traqueítes;
  • na coqueluche;
  • na asma infantil que aparece todos os anos nos mesmos períodos.

As tosses são secas, espasmódicas. Provocam náuseas que os vómitos (de mucos) por vezes estriados de sangue, não aliviam. O sujeito não parece obstruído, não cospe mas pode ter dificuldades para respirar.

Ipeca convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o mais pequeno movimento, com o frio e o calor húmido.

Originally posted 2014-04-10 10:55:20.

asma - Tratamento homeopático da asma

Tratamento homeopático da asma

Tratamento das crises

Não fique à espera que a crise apareça para ler esta rubrica. Selecione os medicamentos que lhe parecem melhor adaptados e tenha-os à sua disposição no caso de crises.

Sistematicamente

  • O mais eficaz, para tratar as crises, consiste em alternar de minuto em minuto Ipeca 5 CH e Antimonium tartaricum 5 CH. Não se esqueça de espaçar os medicamentos logo que a respiração regressar ao normal, e não hesite em utilizar as terapêuticas clássicas na ausência rápida de melhoras:
  • Ipeca 5 CH convém principalmente às asmas da criança que aparecem todos os anos na mesma época. A tosse seca e violenta provoca náuseas e vómitos que não aliviam o doente. A língua está limpa.
  • Antimonium tartaricum 5 CH, quando a crise, na maioria das vezes noturna (cerca das 3 ou 4 horas da manhã), é acompanhada por uma respiração ruidosa e penosa. O paciente sente-se muito incomodado, é obrigado a sentar-se para respirar melhor. Apesar de uma tosse grossa, emite dificilmente escarros. Tem a língua branca e náuseas.

Conforme o caso

Podem ser indicados medicamentos mais específicos:

  • Arsenicum álbum 9CH reproduz a crise de asma típica que acorda o sujeito em plena noite entre 1 e 3 horas da manhã. Durante esta última, o sujeito sente-se muito ansioso, muito agitado e tem medo de morrer. Levanta-se porque não consegue ficar deitado, caminha em todas as direções para tentar ficar mais aliviado. Embora tenha frio, abre a janela para respirar melhor.
  • Aralia racemosa 9CH, quando a asma é desencadeada por uma rinofaringite ou uma rinite alérgica. Traduz-se por dificuldades respiratórias que pioram quando se estende ao comprido, sobretudo ao deitar ou no primeiro sono.
  • Cuprum metallicum 5CH: asma noturna que é acompanhada por uma cianose (coloração azul-arroxeada) do rosto e violentos ataques de tosse seca dificilmente suportáveis. Estes últimos melhoram com bebidas frias. Um tratamento alopático complementar é por vezes necessário.
  • Kalium carbonicum 5CH ó indicado na asma das pessoas idosas que aparece entre 2 e 4 horas da manhã. A expetoração é difícil, o doente fica mais aliviado ao respirar sentado inclinado para a frente.
  • Lachesis mutus 5CH, quando a asma aparece nas mulheres em perimenopausa.
  • Ignatia amara 9CH: asmas dos sujeitos espasmófilos, acompanhada por uma tosse seca que aparece depois de uma contrariedade.

Posologia: se um medicamento sobressair nitidamente, deve prescrevê-lo em 9CH de 2 em 2 minutos, depois espaçá-lo com as melhoras.

Na minha opinião

É preferível ir consultar o seu médico homeopata para que prepare um tratamento individualizado das suas crises. Nunca hesite em utilizar tratamentos clássicos se a crise não ceder rapidamente.

Tratamento de terreno

O tratamento de terreno é da competência do médico homeopata: qualquer doente asmático deve consultá-lo para que possa avaliar a gravidade da doença e da oportunidade ou não de uma terapêutica de terreno.

Este tratamento tem por objetivo ser preventivo, ou seja. limitar a frequência das crises. a sua intensidade quando aparecem, e a evolução da doença.

Tratamentos termais

A opinião dos pneumologistas está dividida sobre a eficácia dos tratamentos termais Têm o interesse de ensinarem aos asmáticos a conhecerem melhor a sua doença e. quando estão situados em altitude, a mais de 1.500-2.000 metros, permitirem uma evicção total dos ácaros que estão ausentes a esta altitude.

Originally posted 2014-03-27 12:51:41.

url - Sanguinaria canadensis

Sanguinaria canadensis

Origem

Sanguinária canadensis, a sanguinária do Canadá, da família das papaveráceas, deve o seu nome ao látex vermelho-sangue que segrega.

É uma planta herbácea vivaz da América do Norte utilizada pelos índios no tratamento dos pólipos e das verrugas.

Composição

A tintura-mãe, preparada a partir do rizoma, é rica em alcaloides (a sanguinarina) com propriedades cardiotónicas e anti-inflamatórias.

Indicações

Enxaqueca direita

Aparece sempre no lado direito da cabeça.

De origem circulatória

  • com vermelhidão no rosto e sensação de batidas na cabeça;
  • começando de manhã, maximal ao meio-dia, e terminando à noite;
  • aparecendo de sete em sete dias Por vezes aparece na véspera ou no dia da menstruação.

De origem digestiva

  • com náuseas e vómitos;
  • melhora com o sono, a escuridão, a expulsão de gases e os arrotos.

Menopausa

  • Com afrontamentos, vermelhidão nas bochechas, até mesmo caparrosa, e cefaleias nas mulheres que sofrem de uma sensação de calor intenso na palma das mãos e na planta dos pés.
  • Hipertensão arterial da menopausa por vezes com hemorragias nasais.

Rinite alérgica

  • Desencadeada pelos cheiros, principalmente das flores, o pólen.
  • Com nariz seco e entupido, espirros frequentes.
  • Um corrimento nasal que irrita as narinas.

Periartrite escapulo-umeral

No lado direito, que piora durante a noite e com o movimento.

Sanguinária canadensis convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com os cheiros, principalmente das flores, com o tempo trio e húmido.
  • Melhoras com o sono.

Originally posted 2014-04-14 09:21:13.

curare bambini omeopatia - Tratamento da Diarreia Parte I

Tratamento da Diarreia Parte I

Gastroenterites agudas

Manifestam-se através de diarreia, vómitos, febre e dores abdominais.

Diarreias por intoxicação

Distinguimos principalmente:

  • A “turista”

Aparece nos primeiros dias de uma viagem num pais exótico, a seguir a ingestão de agua não fervida ou cubos de gelo, legumes crus, frutos com a casca.. Aparece brutalmente, acompanhada por uma perda de apetite, dores abdominais, náuseas e por vezes febre moderada.

  • A intoxicação alimentar às salmonelas

A contaminação é provocada por alimentos estragados (charcutaria, carne, gelados, bolos), muitas vezes no enquadramento de uma restauração coletiva. O diagnóstico é evidente: a gastroenterite aparece nas oito a doze horas após a ingestão da refeição, uma febre a 40ºC, uma diarreia fétida, dores abdominais, por vezes vómitos assinam o diagnóstico.

Os medicamentos principais destas diarreias são:

  • Arsenicum álbum 5CH, medicamento das intoxicações alimentares — carnes ou conquilhas — acompanhadas por fezes irritantes nauseabundas, dores abdominais ardentes que melhoram com bebidas quentes, náuseas e vómitos. A febre faz beber regularmente pequenas quantidades de água e ocasiona uma sensibilidade ao frio importante e uma necessidade de se aquecer.
  • Carbo vegetabilis 5CH, nas diarreias fétidas acompanhadas por inchaços situados logo por cima do umbigo, e cãibras abdominais que obrigam o doente a dobrar-se ao meio. Este último tem necessidade de ar, fica aliviado com as eructações e os gases, mas sente-se pior deitado.
  • Ipeca 5 CH, na presença de uma diarreia de fezes esverdeadas, cãibras abdominais e sobretudo náuseas intensas e persistentes que não melhoram com os vómitos. A língua está limpa, ou seja, cor-de-rosa.
  • Mercurius solubilis 5CH é indicado nas diarreias com fezes esverdeadas, uma vontade urgente de ir à casa-de-banho e a sensação de nunca mais acabar. O hálito é fétido, a língua branca, a febre é acompanhada por uma sede intensa e suores que não aliviam o doente.
  • Podophyllum 5CH, nas diarreias aquosas, abundantes, amareladas, fétidas, em jatos, acompanhadas por gases, dores parecidas com cãibras que melhoram quando nos deitamos de barriga par baixo, e vontade frequente de ir à casa-de-banho. O doente fica esgotado depois de ir à casa-de-banho.
  • Pyrogenium 9 CH não é um medicamento de diarreia, mas, sim, de alteração do estado geral e de febre a seguir a uma intoxicação alimentar com produtos estragados.
  • Paratyphóidinum B 15CH, uma dose potencializa a ação dos medicamentos precedentes.
  • Um pouco à parte: Dulcamara 5 CH, diarreia de fezes esverdeadas no regresso de uma viagem a um país quente, sem noção de infeção.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante 2 dias, depois 3 vezes por dia nos 2 dias seguintes. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Originally posted 2014-03-28 09:22:02.

canyougetpregnantafter40 - Tratamento de pequenos males da gravidez Parte I

Tratamento de pequenos males da gravidez Parte I

Náuseas e vómitos
Como preveni-los?

As náuseas acontecem quando a mulher tem falta de glúcidos, ou seja, ao levantar, a meio da manha e à tarde. Para as evitar, siga os conselho seguintes:

  • Prepare os seu pequeno almoço à noite antes de se deitar e tome-o no outro dia antes de se levantar. Para sair da cama, sente-se à borda e lavante-se lentamente para evitar as vertigens.
  • Fracione as refeições.

Coma pequenas refeições, não sobrecarregue o estômago e tenha o cuidado de o comer sempre um alimento rico em glúcidos (cereais, massas, lacticínios, pão, frutos).

Como fazê-los desaparecer?

Escolha um dos medicamentos seguintes:

  • Ipeca 5CH, se as náuseas forem intensas e persistirem durante o dia. São acompanhados por numerosas eructações e não melhoram com os vómitos. A língua está limpa, cor-de-rosa, “normal” apesar das náuseas; a salivação é abundante.
  • Sepia 9CH corresponde a mulheres com náuseas e com pano. As náuseas são acompanhadas por uma aversão a qualquer alimento, um desejo de alimentos como (vinagre, cornichões, mostarda), assim como por uma prisão de ventre e hemorroidas.
  • Cocculus indicus 5CH, quando as náuseas começam à vista e ao cheiro dos alimentos como ao cheiro do tabaco. Melhoram quando se come. A mulher é branca na sua parte posterior.
  • Symphoricarpus 7CH, se as náuseas e os vómitos da gravidez piorarem com qualquer pequeno movimento.
  • Tabacum 5CH, se as náuseas e os vómitos forem acompanhados por uma série de vertigens. Por vezes, uma sensação de mal-estar concomitante faz a pessoa pensar que vai desmaiar. Estas náuseas pioram com o mais pequeno movimento.

Posologia ( para todos estes medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia com as diluições indicadas, expecto para Sepia que só será prescrito uma única vez quotidianamente em alta diluição
(9 ou 15CH).

Fome excessiva, desejos súbitos

Se o seu apetite for demasiado importante, beba água antes, durante e entre as refeições e coma legumes frescos e legumes crus ricos em agua. Corte os seus desejos com queijo branco sem matéria gorda, ou com um iogurte natural sem açúcar, pão, infusões sem açúcar. De facto estes desejos serão raros se tiver o cuidado de fracionar as suas refeições:

  • Antimonium crudum 5CH é o medicamento clássico das mulheres grávidas que comem muito, principalmente aquelas que têm desejos mal suportados de pratos copiosos e indigestos à base de charcutaria e de alimentos ácidos. As náuseas e os vómitos que daí resultam não as aliviam. A língua fica coberta por um revestimento esbranquiçado e espesso característico.
  • Nux vomica 5CH, (para todos estes medicamentos): 2 grânulos antes de cada refeição.

Salivação excessiva

  • Ipeca 5CH.
  • Tabacum 5CH.

Regurgitações ácidas e ardores de estômago

  • Argentum nitricum 5CH é o medicamento dos ardores de estômago das mulheres que abusam de doces durante a gravidez. Os ardores são acompanhados por eructações ruidosas, em descargas, mais ou menos dolorosas.
  • Iris versicolor 5CH é um medicamento de pirose, ou seja, de uma sensação de ardor que parte do estômago, sobe ao longo do esófago e é acompanhada por regurgitações ácidas na boca. A esta pirose estão muitas vezes associadas uma diarreia que arde no ânus e uma salivação abundante.
  • Sulfuricum acidum 5CH também é um medicamento de pirose que irrita a boca e os dentes, e é acompanhada por aftas.

Posologia (para todos os medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia antes das refeições.

Inchaço, aerofagia

Os medicamentos de inchaço mais específicos da gravidez são:

  • Cocculus indicus 7CH: nas mulheres que sofrem de náuseas, vómitos e de inchaços muito dolorosos de todo o abdómen.
  • Nux moschata 7CH: nas mulheres deprimidas, que têm tendência para dormirem todo o dia. Este fenómeno aparece principalmente depois das refeições, que resulta em inchaços de todo o abdómen e uma secura na boca.

Posologia (para todos estes medicamento): 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

Originally posted 2014-03-31 08:36:16.