Artigos

Anamirta cocculus 001 - Cocculus indicus

Cocculus indicus

Origem, composição

A tontura-mãe de Cocculus indicus é preparada a partir do fruto carnudo com semente (drupa) de um arbusto, a coca, da família das menispermáceas originário do Medio Oriente ou da Ásia tropical. O fruto contém a picrotoxina na origem de perturbações motoras e do equilíbrio.

Os autóctones utilizam os frutos na pesca selvagem para entorpecer os peixes e apanhá-los facilmente a seguir, mas o risco de intoxicação é grande quando os peixes não são amanhados imediatamente.

Indicações

Enjoo dos transportes

Com náuseas e/ou vómitos.
Os sujeitos recusam o ar fresco, preterem que os vidros do veículo ou do comboio fiquem fechados

Indicado:

  • nas crianças ou nos adultos que enjoam de carro, de comboio ou de avião.
  • no enjoo de barco;

Vertigens com náuseas

Em altura, de avião, por cima de uma ponte, num carrocel.

Insónia de adormecimento

Tem por origem vigílias prolongadas e diferenças horárias. Resulta daí uma impossibilidade de dormir ao deitar e, durante o sono, despertares frequentes, sonhos, pesadelos, sobressaltos, gritos. O sono não é reparador, o dia é acompanhado por uma sonolência.

O sujeito fica esgotado física e intelectualmente. Convém às pessoas – enfermeiros estudantes, aviadores, hospedeiras, homens de negócios – que sofrem de vigílias prolongadas ou de esgotamento a seguir a grandes viagens com diferenças horárias frequentes.

Náuseas e vómitos da gravidez

Pioram à vista e com o cheiro de alimentos, e nos transportes.
Nas mulheres com um inchaço muito doloroso de todo o abdómen.

Menstruação dolorosa

Espasmódica, abundante de sangue negro. Também é acompanhada por náuseas, até mesmo por má disposição, e inchaço. As mulheres ficam esgotadas no fim da menstruação.

Colites espasmódicas

Muito dolorosas, acompanhadas por um inchaço muito importante de todo o abdómen e náuseas.

Cocculus indicus convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • O transporte (movimento passivo) de carro, de avião ou de comboio.
  • As vigílias prolongadas dos estudantes esgotados, dos enfermeiros, dos trabalhadores que fazem três turnos de oito horas.
  • As diferenças horárias frequentes dos grandes viajantes (pessoal navegante da aviação, homens de negócios).

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o movimento passivo, as vigílias prolongadas.
  • Melhoras com o calor.

Posologia

  • Enjoo dos transportes: Cocculus indicus 9 CH, 2 grânulos na véspera, no dia, e no momento da partida. Renovar as doses durante a viagem conforme a necessidade.
  • Insónia de adormecimento; se a vigília for previsível. Cocculus indicus 15CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar, se for inesperada, tomar o medicamento com a mesma posologia no dia seguinte. Se as vigílias forem habituais, tome Cocculus indicus 9CH, 2 Grânulos ao deitar.

Originally posted 2014-04-09 13:09:20.

surucucu - Lachesis mutus

Lachesis mutus

Origem

O lachesis mudo – crotálido da família dos viperídeos -, cujo tamanho pode atingir 3 a 4 m de comprimento, é a maior serpente venenosa do mundo. Originária das regiões muito húmidas e frescas da América central e do Sul, chegamos a encontrá-la até a uma altitude de 1.000 m. Este animal noturno e mudo (não faz barulho) é raro.

Composição

A tintura-mãe é preparada a partir do veneno que contém substâncias na origem de perturbações da coagulação.

Indicações

Perturbações da perimenopausa

Com o seu cortejo de perturbações circulatórias

  • afrontamentos fortes com suores noturnos e/ou diurnos;
  • uma tendência para a caparrosa, para a hipertensão arterial;
  • uma tendência para as equimoses espontâneas e para as hemorroidas;

Com as suas perturbações da menstruação

  • Na maioria das vezes, menstruação de sangue negro pouco abundante ou ao contrário interminável, com corrimento a meio do ciclo.
  • De facto, todas as perturbações da menstruação que encontramos neste período nas mulheres que respondem bem.

Com as suas perturbações nervosas que se revelam através

  • De perturbações do comportamento, com:
  1. Alternância de logorreia e de mutismo que traduzem um estado nervoso frágil;
  2. Desconfiança, ciúmes, malevolência.
  • De manifestações psicossomáticas, com:
  1. Insónias e excitação cerebral ao deitar que retarda o adormecimento;
  2. Cefaleias batentes;
  3. Um nó na garganta, uma intolerância às golas e às roupas apertadas;
  4. Uma claustrofobia com necessidade de ar apesar de uma sensibilidade ao frio habitual.

Síndroma pré-menstrual

Melhora com o aparecimento da menstruação.

Alcoolismo

O alcoolismo aparece ou piora na menopausa, mas também diz respeito aos homens. A fisionomia toma-se então evocadora: com caparrosa, cianose, um nariz vermelho e os lábios violáceos.

A logorreia acentua-se, os ciúmes tomam-se patológicos, as fúrias também.

Angina

Começa na amígdala esquerda e acaba na direita. A dor faríngea piora com as bebidas quentes.

Sinusite

Torna-se muito dolorosa a seguir a paragem do corrimento nasal.

Ciúmes

  • das crianças com o nascimento do irmãozinho ou da irmãzinha por exemplo;
  • patológicos dos alcoólicos.

Lachesis mutus convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • O álcool.

As modalidades forem:

  • Uma agravação antes da menstruação, com a supressão de um corrimento, depois do sono, com a sesta, com o calor.
  • Melhoras com a menstruação, com um corrimento

Os sujeitos que respondem bem a Lachesis mutus

Este medicamento diz sobretudo respeito às mulheres na perimenopausa, cujas perturbações foram descritas mais atrás.

Neste período da sua vida, se forem atraídas pelo álcool, podem ter a fisionomia com caparrosa, os lábios violetas e o nariz vermelho escuro. Excitadas, têm tendência para a logorreia.

Posologia

Os aumentos com o nascimento de um irmãozinho ou de uma irmãzinha: uma dose de Lachesis mutus 15 CH, a repetir se necessário com uma semana de intervalo durante 1 mês, depois uma dose por mês durante vários meses.

Originally posted 2014-04-10 14:45:26.

heart in hands - Menstruação dolorosa

Menstruação dolorosa

O ciclo hormonal da mulher manifesta-se atraves do aparecimento regular da menstruação. É um corrimento fisiológico que ao deveria incomoda a mulher de modo algum. Ora, a dor durante a menstruação, ou dismenorreia, mais ou menos intensa, poder se muito invalidante nas jovens.

Definição

A dismenorreia designa a dor que aparece durante a menstruação. Distinguimos classicamente espécies de dismenorreias:

  • as dismenorreias primárias da adolescente, ditas “funcionais” ou não orgânicas, não são acompanhadas por doenças subjacentes. Surgem um ou dois anos a seguir ao aparecimento da menstruação, quando os ciclos se tornam ovulatórios, ou seja, quando uma gravidez é possível. Atacam as mulheres de dezoito a trinta anos e acabam por vezes a seguir à primeira gravidez.
  • as dismenorreias secundárias aparecem depois de anos de menstruação indolor na mulher que tem mais de trinta anos. São quase sempre de natureza orgânica e devem obrigá-la a consultar um médico. Mas não vamos falar disso aqui.

Atenção

Não confunda as dismenorreias primarias e as dismenorreias secundarias para as quais o seu médico procurará uma causa orgânica. Deve ir a uma consulta se a menstruação não era dolorosa e agora é, sobretudo se tem mais de trinta anos e já teve filhos.

Diagnóstico

Todos os meses, a jovem sofre dores que se assemelham a espasmos que se aparentam a espasmos muito dolorosos. São muito invalidantes e, no geral, obrigam-na a ficar na cama. Estas dores aparecem um pouco antes da menstruação ou começam com ela.

São acompanhadas por sintomas muito diversos, mais ou menos intensos, tais como náuseas, vertigens, mal-disposições, cefaleias, diarreias e uma grande fadiga.

O tratamento clássico baseia-se em doses de medicamentos antálgicos: anti espasmódicos, anti-inflamatórios; ou de hormonas: pílula ou progestativos na segunda parte do ciclo.

No caso de menstruação pouco abundante

Estes medicamentos dizem-lhe respeito se a menstruação for pouco abundante e dolorosa para ficar mais aliviada. Em contrapartida, as dores pioram com um fúria ou com uma contrariedade.

  • Magnesia carbonica 5CH, quando a menstruação de sangue negro corre sobretudo de noite, ou na posição deitada, numa mulher com tendência para a espasmofilia.
  • Viburnum opulus 5CH, quando as dores da menstruação se manifestam atraves de caibas ou de espasmos brutais e violentos, e se propagam até às coxas, às nádegas e às costas. Habitualmente, a menstruação chega em atraso, com coágulos, e é acompanhada por perturbações urinárias tais como vontade frequente de urinar ou uma pequena incontinência urinária. A mulher tem náuseas, um vazio no estômago e indisposições.

Em caso de dores que melhoram em posição dobrada ao meio

  • Colocynthis 5CH.
  • Magnesia carbonica 5CH apresenta as mesmas características que Colocynthis, numa mulher muito agitada devido à intensidade da dor.

Em caso de dores que piores com a posição dobrada ao meio

  • Dioscorea villosa 5CH é o único medicamento homeopático para os espasmos, as cãibras, que melhoram quando a mulher está em hiperextensão, ou seja, quando está direita como um “L” ou inclinada paa trás, e pioram quando se dobra ao meio.

Originally posted 2014-03-31 13:58:20.

fundo02 - Menopausa

Menopausa

Menopausa é definida pelo cessar definitivo da menstruação depois de um ano. É uma etapa da vida de todas as mulheres, sem exceção, que aparece entre quarenta e cinco e cinquenta e cinco anos e em média por volta dos cinquenta e um, cinquenta e dois anos.

No reino animal, são as únicas a “sofrer” estas paragem da atividade ovariana.
Longe de ser uma questão unicamente médica, a menopausa também é um problema económico e social. De facto, o envelhecimento da população deixa esperar uma sobrevivência pelo menos trinta anos após a menopausa.

Em França, o custo de um tratamento hormonal individual é de cerca de mil francos por ano, o que corresponde a novo biliões de francos.

História natural da menopausa

Distinguimos artificialmente:

A perimenopausa, que traduz a fase de instabilidade hormonal que precede a parte da menstruação e o ano que se segue a esta suspensão;
A menopausa, que corresponde à paragem da menstruação depois de um ano.

Perimenopausa

A perimenopausa começa logo que os ciclos e tornam irregulares e termina um ano depois do aparecimento da ultima menstruação. Esta fase corresponde a um empobrecimento progressivo da secreção da progesterona.
Pode manifestar-se atraves de:

  • Perturbações do ciclo menstrual: os ciclos tornam-se irregulares, muito longos ou muito curtos, a abundâncias da menstruação varia;
  • Uma síndroma pré-menstrual com tensão mamária, nervosismo, insónia, sensação de inchaço geral, edemas;
  • Hemorragias entre as menstruações ou metrorragias:
  • Perturbações do comportamento ligadas a uma “angustia de espera” da menopausa,

Menopausa

A menopausa dita “confirmada” é definida pela paragem definitiva da menstruação depois de um ano. É provocada por uma insuficiente de estrógenos.
Os sinais da menopausa são:

  • Afrontamentos mais ou menos fortes e incomodativos durante cinco anos
  • Perturbações psicológicas; ansiedade; depressão;
  • Insónias, perturbações de memória, enxaquecas, uma astenia;
  • Um aumento de peso com uma modificação da silhueta;
  • Os seios descaem, desidratação da pele, acne;
  • Mais ou menos a longo prazo, as relaxes sexuais podem ser mais difíceis, pois a lubrificação e a extensibilidade das parede vaginais são mais difíceis de obter.

Principais complicações

Num primeiro tempo, são benignas e sem incidências para o futuro, mas perturbam fortemente a vida quotidiana das mulheres. A longo prazo, a menopausa – ou antes, não será muito simplesmente devida à idade – é a fonte de complicações tais como acidentes cardiovasculares e osteoporose.

Por exemplo, esta ultima manifesta-se primeiro atraves de achatamentos vertebrais dolorosos, mas sem gravidade. A seguir, bastante mais tarde, visto que a idade média de aparecimento é de 81,3 anos, a osteoporose pode ser a causa de fraturas do colo do fémur.

Regras dietéticas

São destinadas a prevenir a osteoporose, sabendo que a diminuição fisiológica (normal) do tecido ósseo é difícil de evitar e de avaliar, porque é em função:

  • da herança genética,
  • do exercício físico moderado,
  • de um fornecimento suficiente de leite, lacticínios e queijos.

Também é necessário prevenir os acidentes coronários mais frequentes neste momento da vida da mulher.

Necessidade em cálcio

  • da mulher na perimenopausa: 1.500 mg/dia
  • da mulher de idade: 1.200 mg/dia.

Originally posted 2014-03-31 11:56:05.

1024px Graphit 01 - Graphites

Graphites

O grafite ou plombagina carvão mineral, constitui Juntamente com o diamante uma das duas formas cristalinas principais do carbono. Apresenta-se sob a forma de um pó preto insolúvel na água e no álcool. Constitui o bico dos nossos lápis.

Composição

A variedade natural de carbono cristalizado deve ser formada com mais de 90 % de carbono e menos de 10% de sílica para a utilização homeopática.

Indicações

Eczema atópico

Que escorre com vesículas que ardem e picam, de onde corre um líquido viscoso amarelado parecido com mel, e acaba em crostas espessas e pegajosas.

Localizado sobretudo por detrás das orelhas, nos joelhos, nos cotovelos, no couro cabeludo e à volta da boca, piora com as arranhadelas e a lavagem, e o calor da cama, e melhora com aplicações frescas.

Outras perturbações cutâneas

  • Verrugas dolorosas â volta das unhas.
  • Herpes labial ou genital, sem comichão, quando as crostas aparecem e deixam correr um liquido amarelado viscoso.

A presença de um primeiro episódio de herpes genital impõe uma consulta medica.

  • Cicatrizes queloides (refego duro na pele que pode constituir-se durante uma má cicatrização).
  • Terçolhos e calázios (quistos na pálpebra) a repetição.

Prisão de ventre crónica

A pessoa não tem vontade de ir à casa de banho; as fezes são grossas, reunidas por muco.
O sujeito tem hemorroides e fissuras anais.

Perturbações da menstruação

  • Uma síndroma pré-menstrual, nas mulheres que respondem bem e que sofrem do inchaço do peito antes da menstruação.
  • A menstruação vem em atraso, pouco abundante e dolorosa (como cólicas). As mulheres apresentam uma rouquidão característica durante a menstruação.

Menopausa

Graphites convém às mulheres que respondem bem e q apresentam afrontamento na menopausa.

Graphites convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o calor da cama, com o tempo frio e húmido, durante a menstruação,
  • Melhoras com o movimento, o grande ar.

Os sujeitos que respondem bem a Graphites

Os sujeitos pálidos, gordos, friorentos, apáticos, com tendência para a obesidade. Indecisos, pouco ativos, hesitantes, são tímidos, emotivos, muito sensíveis à música que os torna tristes e lacrimosos.

Têm prisão de ventre e são bulímicos, mas não gostam de doces nem de carne. Têm perturbações venosas (varizes, úlceras varicosas), o seu apetite sexual é fraco. A pele das suas mãos é seca, dura, áspera, espessa, os seus dedos têm fissuras e gretas.

Originally posted 2014-04-09 15:48:44.