Artigos

shutterstock 13330168 - Tosse

Tosse

No adulto, as tosses têm origens diversas. A persistência de uma tosse para além de três semanas deve levá-lo a consultar um médico, que decidirá, em função do contexto clínico, praticar ou não exames complementares.

As causas mais frequentes de tosses persistentes são: um corrimento nasal tenaz a seguir a uma constipação, a asma, a bronquite crónica, o refluxo gastroesofagiano. Estas últimas aumentam com o tabagismo e a poluição.

É evidente que se estiverem presentes outros sinais – dificuldades para respirar, escarros de sangue, febre persistente -. deve ir a uma consulta antes deste prazo.

A tosse grossa é aquela que, por ocasião de esforços de tosse, traz escarros; é fácil de por em evidência no homem, mas muito mais delicada de reconhecer na mulher que raramente sabe escarrar, ou antes, detesta fazê-lo, e na criança que ingurgita os escarros em vez de os expulsar.

Para mais pormenores, consulte os capítulos seguintes: a “tosse”, as “Rinofaringites” do adulto que são tratadas com as “Rinofaringites da criança”, o “Refluxo gastroesofagiano”, as “Sinusites agudas”, as “Laringites”, a “Asma”, e a “Bronquite crónica”.
Se a sua temperatura estiver alta, consulte também o capítulo sobre as febres da criança.

Originally posted 2014-03-27 15:48:54.

seguro medico - Unicista

Unicista

Unicista: médico homeopata que recomenda a utilização de um único medicamento para tratar o doente.

Originally posted 2014-04-17 10:06:59.

mozg - Neurologia, psiquiatria

Neurologia, psiquiatria

Expecto nas doenças neurológicas ou psiquiátricas graves, a maioria de entre nós tem perturbações “nervosas”, sentidas mais enquanto incómodo ou desconforto do que como doença. Não dormimos bem, temos dores de cabeça, sentimo-nos ansiosos, angustiados, com stress, somos pentes do nosso tempo.

Por vezes, recorremos, em mais ou menos tempo, mais ou menos intensivamente, a soníferos, antálgicos, calmantes, que criam uma dependência e fazem-nos entrar na doença nervosa. Para o professor E. Zarifian, pagamos o preço do bem-estar e a medicação da mais pequena ponta de tristeza, porque, em França, consumimos entre duas e quatro vezes mais de medicamentos psicótropos (ansiolíticos ou tranquilizantes, anti depressores. hipnóticos ou soníferos, neurolépticos) do que nos países vizinhos.

A indústria farmacêutica não é alheia a este fenómeno, porque cria noções falsas que culpabilizam o médico, como: 50 a 70% dos suicídios seriam provocados por depressões não
tratadas, 50% no mínimo dos depressivos não são tratados com anti depressores, há uma recaída na “doença depressiva”, então são necessários tratamentos prolongados ou preventivos, etc.

Procura eliminar qualquer terapêutica que não dependa da sua prescrição medicamentosa fustigando subtilmente a psicanálise.
É o reino do pensamento único no qual o discurso académico universitários, científicos segue o discurso promocional dos laboratórios em vez de o perceber. É o reflexo da nossa sociedade, a predominância do poder (marketing, lucro) sobre o saber (atos intelectuais, investigação).

E Zarifian observa — sem fazer juízos — que em França, contrariamente aos outros países da Europa tudo o que não é medicina oficial não é ensinado aos futuros médicos, porque é considerado não cientifico, portanto sem qualquer valor.

Ao passo que na Alemanha, por exemplo, a familiarização com as medicinas não convencionais é obrigatória, e as perturbações psíquicas menores são principalmente tratadas com a fitoterapia, sem que isso altere de maneira alguma a saúde psíquica das respetivas populações.

Esta relação permite recentrar o debate e encarar com serenidade a terapêutica homeopática, numa época em que a indústria farmacêutica tentará provavelmente, num futuro próximo, transformar a timidez em doença.

Originally posted 2014-03-31 15:46:44.

caderno especial homeo opt - Durante um tratamento, os sintomas podem agravar-se?

Durante um tratamento, os sintomas podem agravar-se?

No geral, não há agravamento no inicio de um tratamento homeopático. Passageiramente, em circunstancias especiais ou com certas pessoas, podem produzir-se manifestações sentidas pelo doente como agravamentos.

Na realidade, traduzem reações exacerbadas do organismo ao tratamento. Portanto, a prudência é obrigatória nas doenças com um grande poder reacional, tal como a asma, porque podem suscitar reações violentas se o tratamento for mal feito.

Do mesmo modo, a utilização imprecisa da alguns medicamentos pode provocar replicações nas infeções que aparecem nas cavidades fechadas, tal como a cavidade sinuosa.

Algumas vezes, se o doente for muito sensível ao medicamento homeopático, os sintomas são agravados temporariamente e, por vezes, outros sintomas dos quais o doente não tinha falado ao medico desaparecem.

Se for este o seu caso, é porque “responde bem” ou é um “tipo sensível”. Fale nisso ao seu médico que adaptará a posologia.

Algumas vezes, os doentes continuam irrefletidamente um tratamento homeopático porque lhe alivia as dores. É um erro que é preciso evitar, porque a continuação intempestiva de um tratamento pode provocar uma reativação dos sintomas e por vezes, nos sujeitos mais sensíveis, desenvolver uma patogenesia, ou seja, os mesmos sinais de doença que aqueles que o medicamento poderia curar.

Ora uma das grandes regras da homeopatia consiste em espaçar as doses dos medicamentos a tomar à medida que a doença regride. Não continue ou não renove o seu tratamento sem a opinião do seu médico.

Originally posted 2014-03-24 11:56:05.

bebê médico - Diarreias agudas

Diarreias agudas

As diarreias agudas da criança são normalmente benignas e tratam-se facilmente. Exceto no bebé com menos de três meses que corre o risco, no caso de diarreia que não foi bem tratada, de ficar com uma desidratação em menos de vinte e quatro horas.

Diagnóstico

As diarreias agudas são caracterizadas pela emissão súbita de fezes frequentes e abundantes.
Saiba que:

  • as fezes normais de um bebé que é alimentado ao leite materno são amarelo-douradas e sem-líquidas ou moles, como “ovos mexidos”.
  • na criança e no bebé, a diarreia é essencialmente provocada por uma gastroenterite, mas esta última pode ter causas extra-digestivas: otite, angina, pneumonia, meningite.

Principais complicações

São em função da origem e da intensidade da diarreia. Nunca hesite em consultar nesta indicação.

Atenção!

Vá imediata mente consultar o seu médico se a criança com menos de nove meses apresentar

  • vómitos associados à diarreia que a impedem de a alimentar corretamente;
  • uma diarreia há mais de vinte e quatro horas, ou se houver sangue nas fezes;
  • uma febre superior a 39° concomitante à diarreia.

Regras dietéticas

Atenção!

Tenha a certeza de que preparou bem os biberões. Verifique se meteu demasiado leite em pó, e se deixou aquecer durante tempo de mais.
A Coca-Cola é desaconselhada devido ao seu fraco teor em sódio e porque atrai a água para o intestino.

Aviso: Que fazer com um bebé?

  • Chame o médico se o bebé tiver menos de três meses.

Senão:

  • Retire-lhe o leite e os lacticínios durante vinte e quatro horas, exceto se o bebé for alimentado ao peito.
  • Dê-lhe água mineral à vontade, e apresente-lhe muitas vezes o biberão.
  • Se perdeu peso. leve-o imediatamente ao médico.
  • Se o seu bebé tiver uma alimentação diversificada, compre frascos de cenouras do comerão, porque o teor em nitrato dos adubos agrícolas dos campos nos quais crescem é controlado, contrariamente às cenouras da praça.
  • Dê-lhe cenouras em quantidade igual ou superior às suas rações de leite habituais.
  • Dê-lhe caldos salgados, arroz sob todas as formas (incluindo farinhas), peixe magro cozido em água, frascos de maçãs e de marmelos, uma banana esmagada à razão de um terço por biberão é um excelente complemento nutritivo.
  • A dieta só deve durar de vinte e quatro a quarenta e oito horas no fim das quais a alimentação normal deve ser retomada, voltando a introduzir os lacticínios muito progressivamente.

Na criança mais crescida

A dieta é a mesma que a do adulto, mas também limitaremos os frutos e os legumes.

Originally posted 2014-04-02 14:47:07.