Artigos

iStock 000008995103Medium - Complexista

Complexista

Complexista: médico homeopata que prescreve numerosos medicamentos sob a forma de preparação magistral.

Originally posted 2014-04-17 09:17:38.

orando - Tratamento da Angústia

Tratamento da Angústia

Estas atitudes necessitam muitas vezes de um tratamento de terreno. A título de exemplo, eis os medicamentos que encontramos mais vezes:

Os coléricos

As fúrias só devem ser tomadas em consideração quando são muito frequentes ou só aparecem por futilidades. Os medicamentos mais característicos das fúrias da chança são:

  • Chamomilla vulgaris 9CH.
  • Cina 9CH.
  • Nux vomica 9CH.
  • Hepar sulfur 9CH convém às crianças indolentes, hipersensíveis, mas precipitadas na ação. Durante os seus ataques de fúria — violentos e fulgurantes -, as crianças tornam-se más e procuram fazer mal. Com predisposição para as rinofaringites a repetição, as suas feridas cicatrizam lentamente e supuram facilmente.
  • Lycopodium clavatum 9CH: estas pequenas crianças autoritárias escondem a sua ansiedade e a sua falta de confiança em si próprias através de fúrias durante as quais perdem completamente o controlo. Procuram a solidão, mas têm medo de estarem sozinhas, têm necessidade de “sentirem” — na sala ao lado por exemplo — a presença de um próximo. Ficam facilmente furiosas, sobretudo ao acordar, que é sempre um período difícil para elas.
  • Staphysagria 9CH.
  • Tuberculinum 9CH.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar.

A instabilidade psicomotriz

Para além da agitação puramente motriz, as crianças podem reagir através de diversas atitudes, mais “psíquicas” do que “motrizes”, que têm o mesmo significado.

As reações de recusa ou de oposição, passiva ou ativa, o amuo ou ciúmes excessivos, ou então uma timidez exagerada são comportamentos reacionais frequentes, menores, e banais na criança.

Esta última cede muitas vezes espontaneamente se os pais fizerem prova de bom senso e de tolerância, e se a criança for um pouco acessível à razão. Um tratamento homeopático pode ser encarado nos casos mais difíceis.

Os oponentes

Os oponentes passivos

Não se opõem diretamente, mas não ouvem os pais verdadeiramente. São crianças inteligentes na maioria das vezes, que dizem muitas vezes “sim” e fazem mais ou menos o que têm na cabeça, transformando subtilmente a instrução dada para não ficarem completamente em falta.

Na maioria das vezes andam amuadas (o que lambem pode ser considerado como uma forma ativa de oposição):

  • Natrum muriaticum 9CH é adaptado às crianças secretas, amuadas ou contraditoras, que preferem a solidão e recusam o consolo.
  • Platina 9CH convém a crianças orgulhosas, altivas, que tratam com desprezo as injunções parentais. Felizmente, são excecionais, mas o seu número poderá aumentar se a tendência atual da criança-rei — à qual deixamos fazer tudo e perdoamos tudo – persistir.
  • Sepia 9CH corresponde a crianças que nestas fases são, ao contrário, indiferentes a tudo, tanto aos castigos como às solicitações. Recusam a companhia e querem ficar sozinhas. Esta atitude, se persistir ou se se repelir muitas vezes, deve levá-lo a consultar um médico, porque é, por vezes, anunciadora de uma depressão da criança. Esta última não é excecional, mas é difícil de detetar.
  • Staphysagria 9CH.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar.

Os oponentes ativos

Já falámos dos coléricos, o ciúme é uma outra forma da oposição ativa que permite à criança ser tomada em consideração:

  • Lachesis mutus 15CH (uma dose) ajuda as crianças passageiramente ciumentas do nas-cimento de um irmãozinho ou de uma irmãzinha. As crianças que respondem bem são muitas vezes ciumentas sem razão.
  • Hyoscyamus 9CH corresponde a crianças receosas, desconfiadas, com ciúmes doentios, sujeitas aos tiques, aos terrores noturnos e ao ranger de dentes durante a noite.
  • Ignatia amara 9CH é indicado nas crianças ávidas de afeição, de humor variável, passando facilmente do riso às lágrimas e inversamente, na mais pequena ocasião. Já suspiram e não gostam de ser consoladas.
  • Lycopodium clavatum 9CH.
  • Platina 9CH.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar.

Originally posted 2014-04-03 15:25:43.

875113852 - Tratamento das dores abdominais das criança

Tratamento das dores abdominais das criança

Tratamento

Dores abdominais de origem digestiva

Provocadas por uma gastroenterite (sem vómitos)

A escolha do medicamento depende de duas modalidades:

  1. se a criança se sentir melhor dobrada ao meio:
  • Colocynthis 5CH: se a criança sofrer de dores tipo cãibras, de espasmos (que melhoram quando se dobra ao meio. com o calor, com a pressão no abdómen) e de uma diarreia muito dolorosa.
  • Cuprum metallicum 5CH: dores tipo cãibras que começam e acabam brutalmente, melhoram temporariamente com bebidas frias, e são acompanhadas por uma diarreia líquida.
  • Magnesia phosphorica 5CH, a associar a Colocynthis quando as dores apresentam as mesmas modalidades.
  1. se a criança se sentir pior dobrada ao meio:
  • Dioscorea villosa 5CH: as dores melhoram quando se inclina para trás e são acompanhadas por uma diarreia matinal e inchaço.

Posologia: pelo menos 5 vezes por dia durante 2 dias e a seguir a cada cãibra abdominal: espaçar sempre os medicamentos togo que a frequência das crises dolorosas diminuir.

Provocadas por lombrigas

Os oxiúros revelam-se na maioria das vezes através de comichão no ânus e/ou na vagina na menina. Por vezes, estão na origem de dores abdominais ou insónias.

É uma infestação intestinal benigna que ataca cerca de 20% da população infantil; as regras de higiene (lavagem meticulosa das mãos, unhas curtas) parecem ter pouco eleito sobre esta parasitose:

  • Cina 9CH, nas crianças regularmente infestadas pelas lombrigas, que sofrem de cólicas que se acalmam quando estão deitadas da barriga para bano e de comichão no ânus ou no nariz.
  • Teucrium marum 7CH: a criança tem comichão nas narinas e no ânus que piora depois depois de ir à casa-de-banho e ao deitar.
  • Sabadilla 7CH, quando o apetite e perturbado e os problemas pioram na Lua Nova e na Lua Cheia.
  • Spigelia 7CH: as dores abdominais situadas a volta do umbigo e a irritabilidade dominam as perturbações.
  • Silicea 9CH, nas crianças que respondem bem, normalmente infestadas pelos oxiúros na Lua Nova.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar durante 3 meses.

Atenção!

Estes medicamentos evitam a reinfestação. No entanto, na presença de oxiúros, é necessário fazer um tratamento clássico para tratar as crises. Saiba que os americanos não tratam esta afeção devido à sua benignidade, à sua frequência elevada e ao seu carácter reincidente.

Tratamento de terreno: Cina, Silicea.

Originally posted 2014-04-02 15:56:25.

bigstock homeopathic medication 3253704 e1508772469577 180x180 - Homeopatia

Homeopatia

Homeopatia: palavra inventada por Hahnemann a partir do grego omoios, semelhante, e phatos, sofrimento, é uma terapêutica que consiste em tratar a doença com medicamentos que têm a propriedade de produzirem sintomas semelhantes a essa doença. Os medicamentos são administrados em doses infinitamente pequenas tomando em consideração o indivíduo e as suas reações à doença.

Originally posted 2014-04-17 09:35:42.

livro2 - Matéria médica

Matéria médica

Matéria médica: dicionário que contém as indicações dos medicamentos homeopáticos. É o equivalente do Simpósio para os medicamentos alopáticos.

Originally posted 2014-04-17 09:43:12.