Artigos

Strychnos nux vomica 002 - Ignatia amara

Ignatia amara

Origem

Ignatia, ou a fava de Santo Inácio, Strycnos ignati, planta da família das loganiáceas, originaria das Filipinas, é fornecida por uma árvore vizinha da árvore que dá a noz-vómica.

Composição

O grão seco utilizado em homeopatia para preparar a tintura-mãe é muito rico em alcaloides (3 a 4%) 60% dos quais são estricnina associada à brucina.

Indicações

Espasmofilia

As manifestações psicossomáticas clássicas e frequentes desta última estão presentes

  • humor triste, desgostoso, com fadiga pronunciada:
  • tendência para os desmaios;
  • nó na garganta;
  • suspiros ruidosos frequentes,
  • palpitações, taquicardia à mais pequena emoção;
  • cefaleias com a sensação de prego espetado na cabeça;
  • colites espasmódicas, aerofagia;
  • insónia com sono agitado.

Estas manifestações são extremamente inconstantes e variáveis na sua forma e nau intensidade.

Depressão reacional

Aparece a seguir a:

  • um luta, uma deceção sentimental;
  • uma contrariedade, vexames;
  • medos, terrores;
  • emoções fortes e repetidas

É acompanhada por manifestações psicossomáticas do tipo sensível.

Medo

Precede uma data importante pouco habitual e manifesta-se através de perturbações psicossomáticas descritas mais atrás.

Por exemplo, quando um estudante passa um exame, ou quando um adulto vai a uma entrevista profissional importante.

Tosses secas espasmódicas “automantidas”

Aparecem num contexto infecioso; quanto mais o doente tosse mais vontade tem de tossir.

Ignatia amara convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • As emoções fortes de toda a espécie.

As modalidades forem:

  • Uma agravação com as emoções, com o consolo, por volta das 11 horas da manhã.
  • Melhoras com a distração.

Os sujeitos que respondem bem a Ignatia amara

Os sujeitos hiperemotivos, muito sensíveis à dor, extremamente irritáveis, com reações paradoxais e contraditórias que se traduzem da seguinte maneira:

  • risos e lágrimas que alternam facilmente;
  • uma agravação com o consolo que faz chorar em vez de confortar;
  • risos nervosos nos funerais;
  • náuseas ou dores digestivas que acalmam quando comemos;
  • uma digestão fácil de uma pesada refeição de negócios, e uma indigestão a seguir a um lanche leve.

Estas pessoas, com o humor versátil, esquecem logo os seus problemas com a mais pequena distração.

Não suportam os cheiros, tanto de tabaco como de cozinhados.

Posologia

  • Nas depressões reacionais: é necessário dar, imediatamente a seguir ao fenómeno que as desencadeou, 3 dias de seguida ao levantar as doses distribuídas da seguinte forma:
  1. no primeiro dia: Ignatia 9CH, uma dose;
  2. no segundo dia: Ignatia 15CH, uma dose;
  3. no terceiro dia Ignatia 30CH, uma dose.

Em todos os casos, consultar um médico que associará um tratamento de fundo.

  • O medo.

Originally posted 2014-04-10 10:13:06.