Artigos

url - Os Unicistas

Os Unicistas

Os unicistas recomendam a utilização de um só medicamento que cobre o conjunto dos sinto- mas da doença, quer seja aguda ou crónica.

Hahnemann utilizou este método, entre outros, não só porque tinha a possibilidade de rever com frequência os doentes e portanto mudar muitas vezes os tratamentos em função da evolução do seu estado (o que já não é possível hoje), mas também porque as numerosas experimentações que efetuou necessitavam deste modo de prescrição.

Este procedimento, ideal no absoluto, supõe que o médico tem a certeza de que prescreveu o
verdadeiro medicamento do doente, que segue com regularidade as variações da doença a fim de mudar o medicamento logo que os sintomas se modificam (o que supõe conhecer a duração de ação dos medicamentos utilizados).

Existe um unicismo a que chamaremos “pragmático”, largamente difundido nos países anglosaxôes, porque os médicos têm a possibilidade de seguirem de perto os seus doentes e modificarem os seus tratamentos em consequência. O unicismo pragmático é utilizado pelos pluralistas quando um único medicamento sobressai verdadeiramente, por vezes nas doenças agudas, mais raramente nas doenças crónicas.

Opõe-se ao unicismo ideológico que consiste em dar um medicamento de três ou de seis em seis meses, e esperar os efeitos do tratamento; e. no extremo, tratar todas as doenças, mesmo as mais graves, unicamente através da homeopatia.

Este unicismo mostrou os seus limites nos Estados Unidos, porque, no inicio do século XX, sob a influência de um homeopata de renome, James Tyler Kent, esta técnica, largamente utilizada, quase provocou o desaparecimento da homeopatia neste país.

Este sistema elitista, que se considera o sistema da “verdadeira homeopatia”, está destinado ao fracasso mais ou menos a longo prazo, porque não responde às realidades da medicina moderna.

Originally posted 2014-03-26 10:34:42.

Homeopatia para adelgazar 2 - Tratamento da Diarreia Parte II

Tratamento da Diarreia Parte II

Diarreia de pessoa constipada

É de origem viral e cura-se depressa. No entanto, se o tratamento não for rapidamente eficaz, deve ir consultar um médico porque estes sinais podem ser anunciadores, entre outros, de uma hepatite virai.

  • China rubra 5CH é indicado para as diarreias líquidas indolores que contêm restos alimentares. São acompanhadas por um inchaço de todo o abdómen, uma febre sem sede, arrepios, tremores, e são seguidas por um esgotamento geral num sujeito pálido.
  • Gelsemium sempervirens 5CH: medicamento de diarreia pouco característica que aparece num sujeito congestionado, extenuado, febril, trémulo, esgotado.
  • Nux vomica 5 CH: nas diarreias formadas por pequenas fezes num doente com dores no corpo que aumentam à norte.
  • Soro de Yersin 15 CH: uma dose pode melhorar a situação.

Posologia 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante as, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia após o desaparecimento dos problemas.

Diarreias de origem medicamentosa

“Doença dos laxativos”

O paciente que toma laxativos de uma maneira incontrolada, abusiva ou excessiva, que sofre ou que pensa que sofre de prisão de ventre origina falsas diarreias.

Diarreia pós-antibiótica

Declara-se três a cinco dias depois de termos começado a tomar antibióticos. Na maioria das vezes é isolada, sem dores, sem febre, sem tocar no estado geral. Existem formas mais graves que necessitam de uma consulta.

  • China rubra 5CH, diarreia liquida indolor esgotante com inchaço global do abdómen
  • Nux vomica 5CH tem um papel de desintoxicante medicamentoso do organismo.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante os dias depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Originally posted 2014-03-28 09:32:05.

placebo - O Exame Médico

O Exame Médico

O exame médico, orientado pelas informações fornecidas pelo doente, permite procurar os sinais patológicos e patognomónicos da doença, e o estudo dos sinais homeopáticos objetivos, com a intenção de confirmar a escolha do medicamento.

Uma vez estabelecido o diagnóstico da doença, o médico homeopata vai portanto explorar os sinais homeopáticos objetivos nesta ótica. O exame do doente é completo nas doenças crónicas, mais limitado nas doenças agudas.

Quanto à duração da consulta, depende mais dos problemas que se encontraram do que da procura do medicamento. A duração prolongada de uma consulta não é sinônimo de competência.

Em contrapartida, o procedimento correto de um interrogatório, de um exame clínico, a clareza de uma receita e dos resultados terapêuticos são-no.

Estes diferentes aspetos associados a outros, que já lhe foram dados, vão permitir-lhe escolher o seu terapeuta, sabendo manter-se paciente e tolerante, porque, como sabe, a medicina é uma arte inexata, difícil e cheia de estratagemas.

A análise dos exames complementares fornece por vezes outros elementos que ajudam a diagnosticar o medicamento. Isso é menos conhecido.

Originally posted 2014-03-26 09:54:17.

remedio - Tratamento da gripe

Tratamento da gripe

Tratamento preventivo

O tratamento homeopático preventivo da gripe não pode ser assimilado a uma vacinação, foque não provoca – como nas vacinações clássicas – o aparecimento de anticorpos específicos desta doença. Embora não se conheça o seu modo de ação, a prevenção antigripal homeopática é eficaz. O esquema mais utilizado é o seguinte

  • Influenzinum 9CH, uma dose por semana durante 1 mês depois uma dose por mês durante os 3 ou 4 mesas seguintes, a fim de cobrir o período invernal.
  • Influenzinum é um bioterápico preparado a partir da vacina antigripal do ano em curso.

Tratamento da gripe

Principais medicamentos

Trata-se dos medicamentos que são indicados com mais frequência;

  • Gelsemium sempervirens 5CH é um medicamento especifico da gripe, reconhecida pela presença de uma febre moderada sem sede, tremores e uma congestão do rosto. Durante esta infeção o doente sente uma grande fraqueza física e nervosa, sonolência, dores no corpo e cefaleias intensas que o entontecem. O medicamento é ainda mais indicado quando a gripe aparece durante o tempo quente e húmido. Dado a seguir à doença, ajuda o paciente a recuperar.
  • Eupatorium perfoliatum 5CH: quando a gripe é anunciada por uma febre e uma grande sede de água fria. O doente sente então dores em todos os músculos, dores ósseas que aumentam com o mais pequeno movimento, e sobretudo dores nos globos oculares que pioram se pressionar os olhos. A gripe pode complicar-se com urna tosse seca e dolorosa e com uma constipação.
  • Nux vomica 5CH, se a gripe for acompanhada por muita sede no acme da febre, se as dores no corpo aumentarem de noite e o doente sentir arrepios logo que se destapa. A doença pode continuar ou ser acompanhada por uma rinofaringite com o nariz a pingar durante o dia. entupido durante a norte e espirros ao levantar
  • Phytolacca 5CH, nas gripes que aparecem no tempo húmido e frio acompanhadas por penosas dores no corpo que pioram durante a noite logo que o doente se mexe. Também estão presentes dores faríngeas vivas que vão até aos ouvidos e ao pescoço.
  • Rhus toxicodendron 5CH: a gripe é caracterizada por dores muito dolorosas no corpo inteiro e uma necessidade constante de se mexer para as aliviar. O doente tem muita sede de água fria, arrepios ao mais pequeno movimento e suores abundantes. A língua fica branca e a ponta vermelha. A afeção é por vezes acompanhada por uma tosse seca dolorosa e um herpes peribucal (borbulha de febre).

Posologia: cada medicamento indicado é prescrito à razão de2 grânulos de 2 em 2 horas no primeiro dia, depois 5 vezes por dia 2 dias e finalmente 3 vezes por dia nos dias seguintes.

Outros medicamentos

Mais raramente administrados nas gripes, não deixam de ser bastante eficazes quando são indicados.

  • Bryonia alba 5 CH; predominam dois sintomas: por um lado, uma temperatura elevada constante, acompanhada por uma sede viva e suores que aliviam o doente; por outro, uma tosse aguda que piora com a mais pequena respiração, e melhora quando carregamos com força no tórax. O doente evita tossir devido à intensidade da dor
  • Sticta pulmonaria 5CH, medicamento de gripe debutante, com dores no corpo e astenia. O nariz está seco e entupido, o doente assoa-se constantemente sem resultado, queixase de dores na raiz do nariz e de cefaleias que desaparecerão quando o nariz começar a pingar. Uma tosse seca e dolorosa, principalmente noturna, manifesta-se a seguir. A associar a Bryonia alba que o completa bem.
  • Arnica montana 5CH é um medicamento de gripe que se distingue através de dores generalizadas muito dolorosas agravadas com o mais pequeno movimento, a tal ponto que a cama até parece demasiado dura. O doente estremece, bebe muito; o seu rosto está vermelho e quente, o nariz e o resto do corpo estão frios.
  • China rubra 5CH. quando a gripe é acompanhada não só por uma febre sem sede. arrepios, tremores, mas também por náuseas, uma palidez do rosto, inchaços e diarreias.

Posologia: cada medicamento indicado é prescrito à razão de 2 grânulos de 2 em 2 horas no
primeiro dia, depois 5 vezes por dia durante 2 dias e finalmente 3 vezes por dia nos dias seguintes.

Para o ajudar a recuperar no fim da doença

Sistematicamente durante 15 dias:

  • uma dose de Sulfur iodatum, 9CH
  • Gelsemium sempervirens 15CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar.
  • E, se teve diarreia acompanhada por um extreme cansaço: China rubra 9CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Originally posted 2014-03-27 13:23:28.

cabeçalho - O exame médico das doenças agudas

O exame médico das doenças agudas

É próximo do precedente, mas, claro, mais orientado para a doença a que diz respeito. Neste tipo de consulta, o doente procura um alivio rápido que a terapêutica homeopática pode proporcionar-lhe. As investigações são sumárias mas precisas conduzidas habilmente, encurtam nitidamente a consulta.

O exame médico repete, se necessário, as mesmas etapas que para o estudo do doente crónico. O seu objetivo é idêntico: a confirmação do diagnóstico da doença e da escolha do medicamento. A procura deste último, embora mais rápida, necessita pelo menos de um bom conhecimento da homeopatia, porque o fracasso é flagrante se o tratamento for errado.

A consulta é mais curta, porque os sinais são mais marcados, mais recentes e mais facilmente reconhecidos pelo médico e pelo doente.

Exemplo de um tratamento de crise num sujeito que sofre de rinite alérgica ou “febre-dos-fenos”

Doutor Renaud Bornymche
18, Boulevard de Paris 27 de Dezembro de 1877,
93600 Aulnay-sous-Bois Raphael C.

Tomar cinco vezes por dia durante dois dias, depois três vezes por dia durante seis dias;

Allium cepa 5CH; 2 grânulos
Sanguinária 5CH; 2 grânulos
Nux vomica 5CH; 2 grânulos

Como compreender esta receita: Allium cepa, Sanguinária e Nux vomica são medicamentos das crises de febre-dos-fenos nas quais os espirros são intensos, e a irritação nasal importante.

A estes sintomas acrescentam-se para:

  •  Allium cepa, uma lacrimação doce, e uma agravação das crises com o calor ou quando entramos numa sala quente, e com as correntes de ar.
  • Sanguinária. uma hipersensibilidade aos odores e às flores; Nux vomica, um nariz seco e entupido durante a noite.

Um tratamento de fundo será iniciado em concomitância para evitar que as crises reapareçam durante este período polínico por exemplo.

Originally posted 2014-03-26 10:16:15.