Artigos

Spigelia marilandica   woodland pinkroot   desc flowers 3 - Spigelia

Spigelia

Origem

Spigelia anthelmia, a espigélia vermífuga (erva lombrigueira), planta herbácea tóxica da família das loganiáceas, originária das Antilhas e da América do Sul, é utilizada tradicionalmente para expulsar os vermes intestinais.

Composição

A tintura-mãe, preparada com a planta inteira florida, possui, graças aos seus alcaloides, uma poderosa atividade cardiotónica.

Indicações

Enxaqueca esquerda

  • Que começa no occipício e vai fixar-se depois por cima do olho esquerdo.
  • A dor segue a curva do sol: começa de manhã, termina à noite e é maximal ao meio-dia.
  • Piora com o tocar, com o movimento.

Nevralgias

  • do rosto englobando:
  1. as nevralgias do trigémeo principalmente;
  2. a zona oftálmica.
  • do tórax.
  1. na zona torácica.

Pioram com o frio e com o movimento.

Perturbações provocadas pelas lombrigas (oxiúros) na criança

Irritabilidade, gaguez, colite.

Palpitações violentas

Com a sensação de que o coração bate mais forte do que depressa nos sujeitos neurotónicos.

Doenças cardíacas

A sua presença necessita de uma consulta médica.

Spigelia convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o frio, com o movimento.

Originally posted 2014-04-14 10:28:45.

fundo02 - Os limite de compromisso da homeopatia

Os limite de compromisso da homeopatia

Nos doentes que sofrem de doenças graves

De uma maneira geral, nestas doenças, os pacientes têm um tratamento pesado, ou seja, relativamente tóxico e portanto dotado com efeitos secundários. Estes últimos levam muitos doentes a consultar o médico, a fim de, no melhor dos casos, limitarem os efeitos secundários, no pior, para pararem o tratamento.

A posição mais sensata consisto em convence-los a consolidarem este ultimo associando-lhe a homeopatia, mesmo quando esta atitude do “meio termo” é combatida por vezes por pacientes que estão convencidos de que a homeopatia pode fazer tudo sozinha, e querem abandonar definitivamente o seu tratamento clássico.

Nas pessoas sãs que sofrem de futuras doenças graves

A mediana atual permite, graças aos exames biológicos, descobrir doenças antes de o paciente sentir o mais pequeno sintoma. Esta benéfica medicina de prevenção deteta as doenças precocemente. Tem, no entanto, o “inconveniente” de “tomar” doentes pessoas que no entanto se sentiam bem de saúde, viste que não apresentavam qualquer sinal de sofrimento.

Este fenómeno toma-se ainda mais verdadeiro devido às terapêuticas utilizadas atualmente para tratar essas pessoas porque têm numerosos efeitos secundários que acentuam esta impressão fazendo-as entrar na doença.

Por vezes, em alguns desses futuros doentes, há um outro motivo de reticência que emana da sua incerteza quanto à eficácia do tratamento que lhe propõem, da sua convicção de nocividade, mas sobretudo da dificuldade para apreenderem os prazos longínquos das complicações da sua doença.

Por isso, naturalmente, têm tendência para pararem essas terapêuticas das quais não obtêm a eficácia imediata. É por isso que muitas vezes é necessária uma verdadeira negociação para os tomar lúcidos, responsáveis, e incitá-los a continuar o seu tratamento.

Originally posted 2014-03-24 13:11:20.

1371627748 cartaz consultas oftalmologia - Oftalmologia

Oftalmologia

As possibilidades da homeopatia nesta área são muitas vezes desconhecidas do grande público e dos profissionais de saúde não homeopatas.

Numerosos medicamentos alopáticos que intervêm nas afeções dos olhos, ou nas doenças mais gerais, comportam efeitos secundários e causam consequências nefastas sobre os olhos. Por exemplo, alguns colírios, ou os corticóides ou outros, atuando sobre a angina de peito ou sobre a pão arterial, podem provocar glaucomas.

A homeopatia associada no tratamento destas doenças tem a vantagem de minimizar os efeitos deletérios destes medicamentos,mesmo modo, atua nas manifestações oftalmológicas rebeldes à terapêutica alopática.

A idade também é interessante nas doenças dos olhos que aparecem nas pessoas de idade. A homeopatia é eficaz tanto nas manifestações infecciosas como nas alérgicas. As afeções febras também podem ser tratadas com esta terapêutica.

Com as diferentes indicações descritas neste capítulo, aconselho o leitor a não deixar persistir as leões mais de quarenta e oito horas e a consultar imediatamente um médico principalmente se os seus olhos estiverem vermelhos, dolorosos e/ou acusarem uma má visão.

Originally posted 2014-04-01 11:15:12.

remedio - Qual forma e qual diluição?

Qual forma e qual diluição?

“Quando optar por uma dose ou por grânulos?”

Conforme os hábitos, a utilização de doses ou de grânulos tanto se justifica nos casos agudos como nas doenças crónicas.
De uma maneira geral, a utilização de doses faz-se pontualmente:

  • nos casos agudos, por ocasião de uma picada de abelha, uma dose de Apis mellifica 15CH pode ser o suficiente para aliviar as dores, imediatamente a seguir a uma queda, uma dose de Arnica montana 15CH atenua as dores e serve de prevenção para as complicações tal como uma equimose (a “nódoa negra”), por exemplo.
  • nas doenças crónicas, os médicos utüzam técnicas muito variadas para a prescrição das doses. Em função das patologias, podem ser receitadas por dia. Por semana ou por mês.
  • Para além destes casos: tanto nas doenças agudas como crónicas, tomará grânulos, na maioria das vezes em doses de três Saiba que alguns receitam-nos em doses de dois, outros de cinco com os mesmos resultados.
  • Que diluição devemos escolher?”

Uma vez que determinou o medicamento que quer utilizar, tem de procurar a diluição mas apropriada.

O modo de raciocínio é o seguinte: quanto mais o medicamento corresponder aos sintomas que sente, mais deverá tomá-lo em diluições elevadas. Porquê? Porque corresponde mais à sua maneira de reagir à doença.

Originally posted 2014-03-26 11:14:40.

O Princípio de Similitude

O princípio de similitude

Hahnemann observou que as doenças ‘naturais’ apresentavam analogias com as
“doenças medicamentosas” provocadas por substâncias medicinais da sua época.

Adicionou-lhes a noção de similitude que consiste em dar ao doente como medicamento
uma substância susceptível de provocar num indivíduo são um: Semelhante(Homeo) = Sofrimento(Pathos).

Por isso, para que a Apis mellifica seja eficaz, é necessário que os sintomas sejam não só similares aos sintomas reproduzidos pela picada de abelha – é o princípio de similitude – mas também que a segunda parte da definição seja cumprida: é a noção de infinitesimalidade.

Originally posted 2014-03-20 12:19:49.