Artigos

mujer bebe varicela - Dentes a romper

Dentes a romper

Os dentes a romper são um problema benigno que pode estragar a vida da criança e a dos pais. Os tratamentos homeopáticos são muito eficazes neste indicação.

Tratamento

  • Chamomilla vulgaris: as mães que conhecem o “truque” dão, muitas vezes com êxito e eficácia, de uma maneira quase sistemática, Chamomilla vulgaris quando a criança tem dor de dentes. Saiba que este medicamento é ainda mais indicado e portanto ativo quando as crises aparecem:
  1. numa criança normalmente — ou que se tornou devido à dor que não tolera insuportável, colérica, caprichosa.
  2. e/ou são acompanhadas por sinais gerais: febre com suores quentes no rosto.

A bochecha do lado do dente a romper está vermelha e quente, ao passo que a outra está fria. As dores pioram quando o biberão está quente (gritos); e melhoram quando andamos de criança ao colo ou a embalamos.

  • Chamomilla vulgaris também é indicado quando a crise provoca:
  • uma otite média aguda;
  • e/ou uma diarreia esverdeada com um cheiro fétido de ovos podres, e uma colite reconhecida pela agitação (“se se torcer como uma cobra”) e os gritos da criança;
  • e/ou uma rinofaringite com uma tosse noturna que não acorda a criança.

Posologia:

  • Se utilizar Chamomilla vulgaris a titulo sistemático sem a presença dos sinais supracitados, dará: Chamomilla vulgaris 5CH, 2 grânulos de quarto em quarto de hora, depois espace a dose logo que começam a aparecer melhoras.
  • Se encontrar os sinais precedentes, a criança deve tomar Chamomilla vulgaris 15CH; 2 grânulos de quarto em quarto de hora fazem ceder rapidamente a dor.

Acrescentará

  • Coffea cru da 7CH, se, para além disso, a criança tiver dificuldades para dormir, porque, tal como para Chamomilla vulgaris, as dores pioram com as bebidas quentes, mas melhoram com água fria (o molho de chaves dos pais está muitas vezes na boca).
  • Ferrum phosphoricum 7CH, no caso de otite associada.
  • Mercurius solubilis 7CH, se a criança babar na almofada e tiver a língua branca e febre.
  • Rheum 5CH. quando a diarreia torna a criança caprichosa e agitada, quando grita antes de ir à casa-de-banho e o cheiro azedo das fezes se espalha pelo corpo apesar aos cuidados de limpeza.
  • Staphysagria 9CH, se ficar com muito mau humor.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia se necessário.

Originally posted 2014-04-02 14:16:52.

banner2 - O que é o tuberculinismo?

O que é o tuberculinismo?

O tuberculinismo, ou modo reacional tuberculínico, define a terceira diátese. Ainda utilizado no “mundo homeopático”, este termo “tuberculínico” é impróprio e obsoleto e corresponde provavelmente a um subgrupo do modo psórico.

Não há qualquer relação a procurar com a tuberculose; este termo inadequado é conservado erradamente por razões históricas.

Os sujeitos predispostos

Este modo reacional encontra-se sobretudo na criança ou no adulto jovem.
Estes sujeitos predispostos são longilíneos, altos e magros nervosos, hipersensíveis e depressa cansados. Friorentos, não suportam a falta de ar.

São propensos a infecções a repetição (que traduzem um modo de eliminação especial):

  • ORL, na criança: otites sinusites, rinofaringites, bronquites, traqueites.
  • genitais, no adolescente: perturbações da menstruação (dolorosa e/ou espaçada) e leucorreias (corrimento)

Têm tendência para picos febris inexplicados (muitas vezes apresentados como crises de crescimento), perturbações venosas (pernas com marcas finas e longas na pele, veias aparentes), epistaxes (hemorragia no nariz).

Normalmente, o estado geral destes sujeitos piora com as eliminações e com as estadias
à beira do mar. e melhora na montanha.

Fatores desencadeantes

Este modo é desencadeado por:

  • fatores infecciosos a contaminação tuberculosa viragem de cutirreacao, BCG, IDR repetidas, vacinações repetidas ou as antibioterapias a repetição,
  • as doenças ditas “anergizantes”: sarampo, coqueluche, hepatite viral, mononucleose infecciosa:
  •  as infecções a repetição ORL, principalmente uro-genitais;
  • fatores da congestão venosa (aquecimento através do chão), fatia de ar
  • as dietas “dietéticas”; com medicações à base de extratos tiroidanos, de anfetaminas, de anfetaminas, de diuréticos: ou dietas vegetarianas ou vegetalianas.
  • fatores psíquicos os choques afetivos, esgotamento cerebral.

Originally posted 2014-03-25 12:42:35.

o SLEEP facebook -

Diagnóstico

Extremamente frequentes, manifestam-se na criança, nas primeiras horas do sono, por um despertar brutal com gritos e um estado de pânico incontrolável.

Neste contexto, a criança é inconsolável e já não tem qualquer recordação na manhã seguinte. Desaparecem progressivamente com a idade, mas a sua persistência na adolescência deve incitar a procurar uma perturbação psicológica subjacente.

Tratamento

Os principais medicamentos homeopáticos são:

  • Stramonium 9CH é o medicamento típico do terror noturno das crianças que só conseguem adormecer com uma luz indireta e a presença de um dos pais. Este estado também se manifesta logo que a criança tem febre.
  • Hyoscyamus niger 9CH é adaptado às crianças desconfiadas, ciumentas, que riem, soltam gritos ou rangem os dentes enquanto dormem. Ou então àquelas que acordam de noite em sobressalto, trémulas, transtornadas e muito ansiosas, não reconhecendo ninguém.
  • Kalium bromatum 9CH convém às crianças cuja ansiedade se revela através da agitação constante das mãos e dos dedos, e da trituração incessante de pequenos objetos.
  • Borax 9CH corresponde a crianças que acordam de noite aos gritos. Têm regularmente aftas ou herpes. O seu estado piora com o movimento de descida — por exemplo quando as deitamos no berço – que lhes provoca vertigens.
  • Cina 9CH é adaptado às crianças regularmente infestadas pelas lombrigas, que rangem os dentes durante a noite.
  • Tarentula hispana 9CH, para as crianças ansiosas, extremamente agitadas que, mesmo sentadas, mexem os membros sem parar. Devido a este estado, têm grandes dificuldades de concentração.
  • Calcarea carbónica 9CH é um medicamento de terreno que diz respeito às crianças com terrores noturnos.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao deitar.

Originally posted 2014-04-07 09:36:52.

fundo02 - Rinofaringites

Rinofaringites

Os medicamentos das rinofaringites do adulo e da criança são idênticos. Para escolher os medicamentos referentes à sua constipação, aconselho o leitor a rever o artigo sobre as rinofaringites da criança. Se a sua temperatura estiver muito alta, consulte o artigo as “Febres da criança”.

Originally posted 2014-03-27 15:20:52.

vaikas gydo pacientas 61806523 - Tratamento das Diarreias

Tratamento das Diarreias

Diarreias simples

Sem dentes a romper

  • China rubra 5CH. se a diarreia de fezes amareladas for indolor, acompanhada por muitos gases e um inchaço importante, seguida por um grande cansaço.
  • Hepar sulfur 5CH. se a diarreia de fezes brancas ou esverdeadas, com um cheiro ácido ou azedo, piorar com bebidas frias.
  • Ipeca 5CH, quando a diarreia tem fezes esverdeadas, com vómitos, língua limpa, ou seja, cor-de-rosa e húmida. A criança mais velha dirá que continua com náuseas apesar dos vómitos.
  • Nux vomica 5CH; diarreia com pequenas fezes e vómitos, língua branca na sua parte posterior. Nesse caso, a criança que pode exprimir-se dirá que a diarreia não alivia as suas dores abdominais, mas que. em contrapartida, as suas náuseas acalmam com os vómitos. A sesta favorecida pela sonolência a seguir às refeições ajuda a criança a recuperar.
  • Dulcamara 5CH. diarreia verde-amarela no Verão ou quando o tempo arrefece ou se toma húmido.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Com dentes a romper

  • Chamomilla vulgaris 5CH, no caso de diarreia com um cheiro fétido, de “ovos podres”, e de uma colite que reconhecemos pelos gritos da criança e pela maneira como se torce. A bochecha está vermelha no lado em que o dente está a romper.
  • Podophyllum 7CH, se a criança ficar mais aliviada quando aperta os maxilares ou os dentes, “mordendo” objetos com força, se tiver as bochechas vermelhas e uma diarreia amarelada, fétida e indolor.
  • Rheum 5CH, quando a diarreia torna a criança caprichosa e agitada, quando esta última grita antes de ir à casa-de-banho e quando o cheiro azedo das fezes predomina e subsiste no corpo apesar dos cuidados de limpeza.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

No caso de indigestão

Para os bebés que não digerem o leite

  • Aethusa cynapium 5CH: o leite provoca uma gastroenterite com fezes esverdeadas e vómitos precoces de leite ou tardios de coágulos.
  • China rubra 5CH: diarreia liquida indolor, fétida, com muitos gases, que aparece num bebé com o ventre muito inchado.
  • Magnesia carbónica 5CH, para os bebés nos quais o leite de vaca — ou o excesso de lacticínios — provoca colites (o bebé torce se todo enquanto toma o biberão) com flatulência, acompanhadas por uma diarreia de fezes esverdeadas com um cheiro azedo e vómitos ácidos,
  • Natrum carbonicum 5CH, quando o leite provoca inchaço e uma diarreia gromosa alaranjada “como polpa de laranja”, sem vómitos.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois; 3 vezes por dia durante 6 dias.

Atenção!

Se a diarreia persistir, aconselho o leitor a consultar um médico, porque alguns bebés apresentam intolerâncias ao leite que é necessário tratar.

Originally posted 2014-04-02 15:07:41.