Artigos

1271034049831 hz fileserver2 566166 - Kalium muriaticum

Kalium muriaticum

Origem

É o cloreto de potássio KCI, utilizado em alopatia no tratamento das hipocaliemias, ou seja, aos sujeitos que não têm potássio suficiente no sangue. Apresenta-se sob a forma de cristais inodoros insolúveis no álcool e muito solúveis na água.

Indicações

Rinofaringites agudas ou crónicas

São facilmente reconhecíveis através:

  • do corrimento espesso, branco, pegajoso que corre do nariz sem parar;
  • da sensação de ouvidos tapados e barulho de estalidos quando nos assoamos;
  • da tosse acompanhada por escarros pegajosos claros

Anginas

Com as criptas amigdalianas cheias de caseo (substância pastosa com o especto do queijo) esbranquiçado.

Aftas com o fundo acinzentado

Kalium muriaticum convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o tempo frio, com a humidade.
  • Melhoras com o calor seco.

Originally posted 2014-04-10 14:22:24.

Mycobacterium tuberculosis 14313982 1 - Aviaire

Aviaire

Origem

O bioterápico Aviaire é preparado a partir de uma tuberculina bruta obtida a partir de culturas puras de Myobacterium tuberculosis de origem aviar.

Indicações

Perturbações ORL a repetição

Infeciosas:

Rinofaringites, traqueítes, bronquites, anginas, otites, com a presença de gangliões cervicais nas crianças que se constipam quando apanham a mais pequena ponta de frio húmido.

Alérgicas: asma destas mesmas crianças.

Aviaire convém se

Os fatores desencadeantes forem:

O tempo frio e húmido.

As modalidades forem:

Uma agravação com o tempo frio e húmido.

Posologia

Perturbações ORL a repetição: Aviaire 15CH, uma dose por semana em complemento de um tratamento de fundo clássico.

Originally posted 2014-04-09 08:26:06.

atropa belladonna l - Belladonna

Belladonna

Origem

A beladona, Atropa Belladonna, é uma planta vivaz – exclusivamente da área medica – da família das solanáceas, originária da Europa, da Africa do Norte e a Ásia. Esta planta alta (60 a 180 cm) está espalhada nas clareiras e à beira dos caminhos florestais.

Muito tóxica, dez a quinze destas bagas vermelho-preto representam uma dose mortal para o homem. O sumo destas bagas era utilizado pela mulheres, no Renascimento, para fazer brilhar mais os seus olhos. Chamavam-lhe a “pomadas das bruxas”, porque a sua aplicação insensibilizava a pele.

Composição

A tintura-mãe, preparada a partir da planta inteira florida, contém alcaloides – atropina, escopolamina, hiosciamina – e cumarinos

Indicações

Febre com sede Intensa

Súbita e intensa, oscilante, 39°C – 40°C, acompanhada por:

  • Uma sede intensa, afrontamentos, vermelhidão no rosto e uma transpiração abundante;
  • Um desalento importante, por vezes cefaleias;
  • Uma grande sensibilidade à dor e medo da luz forte.

As principais doenças envolvidas são:

  • As perturbações ORL anginas otites, rinofaringites;
  • As doenças infantis: sarampo, rubéola, escarlatina;
  • Os golpes de calor, as insolações.

Este medicamento 6 muitas vezes prescrito a seguir ao Aconitum napellus quando o doente começa a transpirar.

Inflamações debutantes da pele

Quando a pele se torna vermelha, quente e dolorosa, a prescrição de Belladonna pode parar a evolução.

Principais indicações envolvidas

  • Abcessos:
  • Panarícios;
  • Furúnculos.

Afrontamentos da menopausa

Aparecem nas mulheres que apresentam, neste período da sua vida, suores profusos no rosto e sentem batidas nas carótidas.

Conjuntivites

Belladonna é indicada nas conjuntivites alérgicas ou infeciosas quando os olhos estão vermelhos, dolorosos, e que a dificuldade para suportar a luz é importante.

Soluços
Hipertensão arterial

Manifesta-se através de cefaleias com repuxões e impulsos, e obriga a consultar um médico.

Belladonna convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • O frio vivo e seco, principalmente na cabeça (depois de ter ido à cabeleireira ou à piscina).

As modalidades forem:

  • Uma agravação com a luz viva, o barulho, o toque ou o mais pequeno choque, o ar frio, o calor na cabeça.
  • Melhoras com o repouso.

Originally posted 2014-04-09 09:00:59.

1024px Thuja occidentalis qtl1 - Thuya occidentalis

Thuya occidentalis

Origem

Thuya occidentalis, o cedro branco, a árvore de vida, é originária do sudeste do Canadá e dos Estados Unidos. Da família das coníferas, é frondosa, muito cultivada na Europa nas regiões com um Inverno frio. É o medicamento central do modo sicótico.

Composição

A tintura-mãe, preparada a partir dos ramos folhudos, frescos, apanhados no princípio da floração, contém 5% de taninos e uma essência tóxica, a tuiona.

Indicações

Infeções crónicas a repetição

Dos sujeitos que respondem bem.

Infeções ORL

  • Rinofaringites, sinusites, bronquites;
  • Anginas com as amígdalas grossas.

Consecutivas a vacinações (BCG e ROR) ou a tratamentos repetidos de antibióticos.

Infeções cutâneas

Acne, foliculites, furúnculos.

Infeções genitais e urinárias a repetição

Dos sujeitos que respondem bem.

Indicações genitais

Dos sujeitos que respondem bem.

Perturbações da menstruação
Chega:

  • em avanço, abundante, acompanhada por dores no ovário esquerdo;
  • precedida por uma síndroma pré-menstrual caracterizada por uma mastose que piora no lado esquerdo.

Menopausa

Das mulheres que respondem bem e que sofrem de afrontamentos acompanhados por suores abundantes e viscosos sobretudo no rosto.

Infeções e tumores genitais

Thuya occidentalis também é indicado em:

  • Quistos do ovário, fibromas do útero;
  • Infeções genitais a repetição;
  • Micoses genitais que aparecem a seguir a um tratamento de antibióticos por uma causa extraginecológica.

Todas estas doenças necessitam de uma consulta médica.

Indicações cutâneo-mucosas

Verrugas

  • que sangram facilmente, duras, dolorosas;
  • preferencialmente localizadas nas mãos e/ou nos pés;
  • que aparecem nos sujeitos que respondem bem ou não.

Acne juvenil ou rosácea

Dos sujeitos que respondem bem

Calázios

Para informação

As vegetações adenoides, os pólipos nasais, das cavidades sinuosas, do cólon, os papilomas e os condilomas são indicações deste medicamento.

Uma consulta médica é indispensável para fazer o diagnóstico.

Originally posted 2014-04-14 14:11:31.

pl660535 calcium silicon barium with powdered ca si alloy for nodular graphite melting - Baryta carbonica

Baryta carbonica

Origem

Baryta carbónica, o carbonato de bário, é uma substância tóxica que se apresenta sob a forma de um pó branco insolúvel na água e no álcool.

Indicações

Anginas a repetição

Crianças com amígdalas grossas, gangliões endurecidos e volumosos no pescoço.

Atraso das aquisições Intelectuais e físicas da criança

Aprende muito tarde a falar, a andar, a ler, e tem dificuldades escolares

Prevenção do envelhecimento

Nas pessoas que começam a apresentar perturbações da memória, e que raciocinam mais dificilmente.

Transpiração

Fria e fétida dos pés.

Adenoma da próstata

  • Se o diagnóstico já estiver feito

Hipertensão arterial

  • Sob controlo medico.

Baryta carbónica convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o frio, com o tempo húmido.
  • Melhoras com a solidão.

Os sujeitos que respondem bem a Baryta carbónica

Crianças lentas, tímidas, medrosas, que se escondem dos desconhecidos, e sujeitas a dificuldades escolares.

Adultos, parecem mais velhos do que a idade que têm; com uma inteligência abaixo da média, têm predisposição para uma senilidade precoce.

Posologia

Medicamento sobretudo das afeções crónicas, a dar durante um período prolongado (vários meses), não se esquecendo de espaçar as doses à medida que vai obtendo resultados.

Originally posted 2014-04-09 08:32:07.