Thyme in bowl

O modo tuberculínico evolui em duas fases:

A fase de defesa

É caracterizada pela variabilidade dos sintomas para uma só doença
Revela-se por:

  •  uma congestão venosa periférica (pernas pesadas, hémorroïdes) agravada ao calor;
  • ataques de febre sine matéria, crises de crescimento;
  • palpitações, mal-eslares;
  • menstruação demasiado dolorosa, ou irregular;perturbações da eliminação que se manifestam através de:
  1.  desregramentos digestivos crónicos tais como as intolerância alimentares, ou reincidentes como por exemplo as “crises de fígado” ou enxaquecas,
  2. inflamações repetidas rinofaríngeas, pulmonares ou genito-urinánas.

Estas eliminações, contrariamente ao modo reaccional psorico, não devem ser respeitadas, porque estão na origem da astenia e de alteraçao do estado geral.

Os medicamentos de terreno desta fase são: Calcarea phosphorica, Plsatilla, Ferrum metallicum, Sulfur iodatum, Tuberculinum, VAB.

O tuberculinismo

É antes de mais um sujeito:

  • hipemervoso, alto, magro, que se cansa muito depressa:
  •  que teve doenças infecciosas ou virais: que tem tendência para as infecções a repetição (sobretudo ORL ou genitais).

É por exemplo:

  • uma criança nervosa, agitada, friorenta, hipersensível, sujeita a rinofaringites a repetição:
  • uma criança que, depois de ter tido o sarampo, faz bronquites a repetição.

Os grandes medicamentos são: Natrum muriaticum, Silicea. Phosphorus, Tuberculinum.

A fase de descompensação


A seguir à fase de defesa pode aparecer rapidamente – até mesmo imbricar-se – uma fase de descompensação que se traduz clinicamente por um emagrecimento, uma sensibilidade ao frio, uma desidratação, uma prisão de ventre, uma fadiga anormal, e uma falta de resistência do organismo às agressões diversas, mas um apetite igual.
Os principais medicamentos de terreno são: Natrum muriaticum, Sepia, Phosphorus, Silicea, Tuberculinum.

Originally posted 2014-03-25 12:53:49.

Comments

comments