silicio

Origem

A sílica é uma pedra de uma grande dureza, insolúvel na água e no álcool. As principais indicações em homeopatia são as supurações agudas e crónicas, e as perturbações da mineralização A sua atividade, em altas diluições, sobre o sistema imunitário foi demonstrada experimentalmente.

Indicações

Perturbações do crescimento

Das crianças que respondem bem.

  • Com tendência para o raquitismo devido a uma dieta desequilibrada: demasiados doces, insuficiência de lacticínios, quando os sujeitos que respondem bem têm sobretudo necessidade destes últimos.
  • Perturbações dentárias: dentes a romper lenta e dificilmente, dentes ameados esmalte estragado, cáries precoces.
  • Perturbações dos fâneros: unhas com manchas brancas que se partem facilmente.
  • Fratura nos sujeitos jovens com atraso na formação do calo ósseo.

Perturbações provocadas pelas lombrigas (oxiúros) na criança

Acentuação do lado mau do carácter e do sonambulismo das crianças que respondem bem infestadas pelos oxiúros na Lua Nova.

Esgotamento intelectual

Dos estudantes com:

  • cefaleias crónicas;
  • perda da memória e da concentração: já não conseguem memorizar nem ouvir;
  • depressão com falta de coragem;
  • sono agitado não reparador, com despertar em sobressalto e sonambulismo.

Supurações agudas

  • Da pele abcessos, panarícios, furúnculos, acne supurada.
  • Da esfera ORL:
  1. Rinofaringites, anginas, otites, que aparecem com o mais pequeno frio;
  2. Bronquites: a mais pequena constipação cai sobre o perto.

Estes episódios infeciosos a repetição são muitas vezes desencadeados pela vacinação demasiado precoce, pela BCG ou pela repetição das vacinações nos sujeitos que respondem bem.

Supurações crónicas

Necessitam de uma consulta médica; englobam as:

  • infeções pulmonares a repetição;
  • infeções genitais e as cistites crónicas;
  • feridas supurantes com ou sem corpos estranhos visíveis ou invisíveis;
  • cicatrizações lentas e que se arrastam.

Estas supurações inflamatórias são acompanhadas por dores que picam, tipo espinho ou lasca enfiada na pele.

Prisão de ventre

Dos sujeitos que respondem bem.

As fezes, difíceis de expulsar, têm tendência para subirem no reto depois do esforço.

Posologia

  • Supurações cutâneas crónicas Silicea 15CH, ao levantar e ao deitar até ao desaparecimento completo dos fenómenos supurativos.
  • Fratura nos sujeitos jovens: Silicea 7CH, 3 vezes por dia até à consolidação da fratura e nos três meses seguintes.

Silicea convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • Idênticos às modalidades de agravação.

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o frio, no Inverno, com as vacinações, na Lua Nova.
  • Melhoras com o calor, com agasalhos (as cefaleias).

Os sujeitos que respondem bem a Silicea

São as crianças inteligentes e fatigáveis, com desenvolvimento físico lento.

No bebé, a magreza dos membros faz contraste com a barriga e a cabeça grandes. As bossas frontais sobressaem, os olhos são vivos e brilhantes. As fontanelas fecham-se bastante tarde, o crescimento é lento e retardado. Transpira abundantemente da cabeça ao adormecer, e transpira dos pés em permanência. Tem tendência para fazer chichi na cama até bastante tarde.

Posteriormente, estes aspetos confirmam-se. A criança, fraca, é viva e inteligente, teimosa, tímida e medrosa. Tem falta de confiança em si própria, é ansiosa e tem medo de não conseguir fazer as coisas. Fisicamente, embora remexida, cansa-se depressa. As feridas cicatrizam lentamente e têm tendência para supurarem.

Adulto, é alto, magro, friorento, tem sempre os pés frios durante a noite e aquece-os muitas vezes contra os do seu parceiro. Os traços de carácter persistem e acentuam-se. Uma particularidade que encontramos em qualquer idade: a fobia dos alfinetes.

Originally posted 2014-04-14 10:15:29.

Comments

comments