Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/guiahome/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/guiahome/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1246
Está a visualizar medicamentos medicamentos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa staphysagria e bom pos operatorio. Encontre os melhores tratamentos através da homeopatia! calcarea carbonica, ignatia amara, histaminum, nux vomica para que serve, argentum nitricum, mercurius solubilis, nux vomica.

Staphysagria

30 Nov -0001
0 Comment
Staphysagria

Origem Delphinium staphysagria, a erva-piolheira, é uma planta da família das ranunculáceas que cresce no sul da Europa e na bacia do Mediterrâneo. Composição A tintura-mãe preparada a partir das sementes secas, contém alcaloides tóxicos que explicam a sua atividade cutânea e vesical (sobre a bexiga). Indicações Espasmofilia Desencadeada: por contrariedades não exprimidas, contidas, recalcadas; […]

Os limites naturais da homeopatia

30 Nov -0001
0 Comment
Os limites naturais da homeopatia

A homeopatia só tem indicações médicas. Quando uma intervenção cirúrgica é necessária, esta terapêutica só pode proporcionar um benefício no período pré e pós operatório Apenas a cirurgia curará uma apendicite ou uma peritonite. No caso em que o órgão e/ou a função estão definitivamente lesionados, por exemplo no caso de cegueira ou de surdez, […]

Phosphorus

30 Nov -0001
0 Comment
Phosphorus

Origem O fósforo branco, P, de número atómico 15 e de peso molecular 31, é um elemento químico metálico extremamente tóxico inscrito no quadro A da nomenclatura. Apresenta-se sob a forma de um sólido branco quase insolúvel na água. É utilizado em oligoterapia como regulador da excitabilidade neuromuscular e intervém a este título, entre outros, […]

Arnica montana

30 Nov -0001
0 Comment
Arnica montana

Origem Arnica montana, a arnica das montanhas, originaria de Europa é uma planta vivaz da família das asteráceas. É uma das mais belas plantas da montanha que liberta um agradável cheiro aromático. Os seus caules ligeiramente peludos com 60 cm têm de um a três pares de folhas amarelas oblongas. Também chamada tabaco dos Vosges, […]

Tratamento de Cistite

30 Nov -0001
0 Comment
Tratamento de Cistite

Tratamento das crises Cantharis vesicatora 5CH é o medicamento das cistites com ardores urinários que aparecem antes, durante e a seguir a cada micção. Equisetum hiemale 5CH, quando a dor na bexiga não melhora urinando e os ardores urinários aparecem em fim de micção e logo a seguir. Formica rufa 5CH, quando as urinas são […]

Pequenas feridas superficiais

30 Nov -0001
0 Comment
Pequenas feridas superficiais

Diagnóstico Avalie o grau de gravidade da ferida. Se a considerar demasiado importante ou se o estado do ferido lhe inspirar a mais pequena inquietude, chame um médico. Na ausência de traumatismo craniano, de localizações especiais (olho) e de corte de una artéria, com um pouco de bom senso e de experiência, todas as pequenas […]

Terçolho

30 Nov -0001
0 Comment
Terçolho

Diagnóstico É um furúnculo de uma pestana de pálpebra, associado ou não a uma inflamação da borda da pálpebra (blefarite). Tratamentos Primeira recomendação: não lhe toque. Logo ao princípio Como nos calázios: Apis mellifica 5CH, quando o edema da pálpebra predomina. Aconitum napellus 5CH, se o terçollho aparecer durante o tempo frio e seco. Belladonna […]

Calázio

30 Nov -0001
0 Comment
Calázio

Diagnóstico Os calázios são pequenos quistos na pálpebra que se sobreinfectam facilmente e, no geral, aparecem espontaneamente ao fim de alguns meses. No principio do seu desenvolvimento, podem assemelhar-se a um terçollho, porque a pálpebra pode infetar e irritar-se durante alguns dias. A seguir, a inflamação desaparece, para deixar lugar a um pequeno quisto redondo […]

Sinais Gerais e Evoluçao

30 Nov -0001
0 Comment
Sinais Gerais e Evoluçao

No modo reacional terminal predominam essencialmente: perturbações cardiovasculares: hipertensão arterial, aortite, coronarite, arterite; ataques reumatológicos tais como artrose patologia discal e radicular;  tendências para as úlceras de pele, para más cicatrizações, para fístulas. manifestações glandulares da parótida, tiroide. próstata; perturbações da senescência tipo psicoses, nevroses, demências. Os principais medicamentos de terreno desta fase são: Luesinum, […]

Tratamento das insónias pontuais

30 Nov -0001
0 Comment
Tratamento das insónias pontuais

No caso de perturbações pontuais, os medicamentos podem ser tomados durante dois ou três dias em doses. Se persistirem, poderá prologar o tratamento durante alguns dias, à razão de 2 grânulos, ao deitar, em 15CH do medicamento mais apropriado. Insónias secundárias Se as insónias aparecerem a seguir a: um esgotamento físico, um esforço físico importante […]