Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/guiahome/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/guiahome/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1246
Está a visualizar medicamentos medicamentos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa para que serve belladonna ch5. Encontre os melhores tratamentos através da homeopatia! calcarea carbonica, ignatia amara, histaminum, nux vomica para que serve, argentum nitricum, mercurius solubilis, nux vomica.

Exemplos de Casos Parte I

30 Nov -0001
0 Comment
Exemplos de Casos Parte I

Exemplo 1: se tiver febre Primeiro caso Suponhamos que encontrou todos os sinais de Belladonna que estão indicados na terceira parte deste guia no capítulo) sobre a febre. O medicamento corresponde então a todos os sintomas que sente tomará Belladonna em 15CH Do mesmo modo se conhecer a causa exata dessa febre, uma insolação por […]

Belladonna

30 Nov -0001
0 Comment
Belladonna

Origem A beladona, Atropa Belladonna, é uma planta vivaz – exclusivamente da área medica – da família das solanáceas, originária da Europa, da Africa do Norte e a Ásia. Esta planta alta (60 a 180 cm) está espalhada nas clareiras e à beira dos caminhos florestais. Muito tóxica, dez a quinze destas bagas vermelho-preto representam […]

Como é que se tomam os medicamentos homeopáticos

30 Nov -0001
0 Comment
Como é que se tomam os medicamentos homeopáticos

Como tomar os grânulos homeopáticos? Fácil 10 antes das refeições. Não utilize os dedos, deite os grânulos na tampa que serve para isso. Sozinhos, sem agua. Sob a língua. Simples Dois ou três, uma ou varias vezes pro dia, para os grânulos O tubo inteiro, uma vez por semana, para as doses. Pratico Pode tomar […]

O Placebo

30 Nov -0001
0 Comment
O Placebo

Medicamento e placebo O placebo é uma substancia neutra, muitas vezes açúcar, que não tem teoricamente qualquer atividade farmacológica e, portanto, não pode teoricamente curar um doente. Serve de referência, é o nível zero do mar, o meridiano de Greenwich, é em relação a ele que a eficácia de um medicamento é avaliada. Tem todas […]

Os medicamentos homeopáticos

30 Nov -0001
0 Comment
Os medicamentos homeopáticos

Seleciones os medicamentos que lhe são uteis em função das doenças e dos seus modos de reação a estas últimas. Reabasteça-o logo que um tubo acabou, para evitar ser apanhado de surpresa. No caso de Tenha à mão Contusões musculares Arnica montana 5CH em tubos-grânulos. Arnica montana 9CH em doses. Entorses Arnica montana 5CH, Ruta […]

Nux moschata

30 Nov -0001
0 Comment
Nux moschata

Origem Nux moschata, a noz-moscada, é o fruto do moscadeiro, uma árvore da família das miristicáceas, descoberta pelos portugueses em 1512 nas Molucas de onde é originária. Atualmente, parece que desapareceu desta região no estado selvagem, mas é aí cultivada assim como na ilha de Grenada nas Antilhas. Composição A amêndoa do fruto que serve […]

30 Nov -0001
0 Comment

A partir de 1993, o método de preparação em frasco único, criado pelo conde Korsakov em 1832, ficou novamente disponível em Franca. Este modo de fabricação – embora utilizado vulgarmente no estrangeiro – foi durante muito tempo proibido em França porque era considerado demasiado impreciso pelo legislador. Esta técnica permite obter o conjunto das diluições […]

Tratamento da Escarlatina

30 Nov -0001
0 Comment
Tratamento da Escarlatina

Ao repouso na cama e à antibioterapia pode associar: Medicamentos da angina Belladonna 5CH. se a dor de garganta for intensa, a garganta vermelho vivo, a deglutição muito dolorosa, e se a febre for acompanhada por transpiração e sede. Apis mellifica 5 CH. se a mucosa laríngea estiver vermelha, luzidia, com um edema na úvula, […]

Qual forma e qual diluição?

30 Nov -0001
0 Comment
Qual forma e qual diluição?

“Quando optar por uma dose ou por grânulos?” Conforme os hábitos, a utilização de doses ou de grânulos tanto se justifica nos casos agudos como nas doenças crónicas. De uma maneira geral, a utilização de doses faz-se pontualmente: nos casos agudos, por ocasião de uma picada de abelha, uma dose de Apis mellifica 15CH pode […]

Anginas Parte II

30 Nov -0001
0 Comment
Anginas Parte II

Se a angina for multo dolorosa Acrescentará à Belladonna e ao Mercurius solubilis: Mercurius corrosivos 5CH, quando estão associadas na angina as dores intensas ardentes das amígdalas e a impossibilidade de engolir Lachesis mutus é muitas vezes complementar a este medicamento. Posologia (para todos estes medicamentos); 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, […]