Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/guiahome/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/guiahome/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1246
Está a visualizar medicamentos homeopatia e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa formula homeopatica para pingar no nariz para denoide. Encontre os melhores tratamentos através da homeopatia! calcarea carbonica, ignatia amara, histaminum, nux vomica para que serve, argentum nitricum, mercurius solubilis, nux vomica.

Sinusites frontais

30 Nov -0001
0 Comment
Sinusites frontais

Ao princípio quando o nariz está seco e entupido Sticta pulmonaria 5CH é indicado nas sinusites frontais que aparecem durante uma gripe. O nariz seco e entupido torna o assoar impossível; as dores na raiz do nariz e as cefaleias frontais melhoram logo que o nariz começa a pingar. Aparece uma tosse seca, dolorosa, que […]

Os Exames Complementares

30 Nov -0001
0 Comment
Os Exames Complementares

Por experiência, os médicos homeopatas constataram que alguns resultados de exames complementares eram úteis para a escolha do medicamento. Vamos dar alguns exemplos: os pacientes que necessitam da prescrição de Lycopodium clavatum têm predisposição para a hiperuricemia, para a hipercolesterolemia e para a acetonuria, aqueles que têm necessidade de Sulfur. para a diabetes; os sujeitos […]

Tratamento da gripe

30 Nov -0001
0 Comment
Tratamento da gripe

Tratamento preventivo O tratamento homeopático preventivo da gripe não pode ser assimilado a uma vacinação, foque não provoca – como nas vacinações clássicas – o aparecimento de anticorpos específicos desta doença. Embora não se conheça o seu modo de ação, a prevenção antigripal homeopática é eficaz. O esquema mais utilizado é o seguinte Influenzinum 9CH, […]

Sangrar do nariz

30 Nov -0001
0 Comment
Sangrar do nariz

Diagnóstico Para além dos casos em que os corrimentos nasais (epistaxes) podem revelar uma doença geral, tal como a hipertensão arterial, as epistaxes aparecem na maioria das vezes num sujeito jovem, depois de um golpe no nariz, um espirro, uma corrida, uma exposição ao sol, ou uma arranhadela digital. Tratamento Os gestos que deve fazer […]

Os excessos de alopatia não virão também dos proprios doentes?

30 Nov -0001
0 Comment
Os excessos de alopatia não virão também dos proprios doentes?

A utilização excessiva da alopatia lambem é consecutiva, é verdade, ao pedido dos doentes. De facto, os pacientes, em nome do modernismo, querem ser tratados com uma rapidez fulgurante. Não aceitam ter o nariz a pingar mais de três horas, recusam o repouso na cama receitado pelo médico para um lumbago agudo, depois ficam admirados […]

Tratamento das Rinites alérgicas

30 Nov -0001
0 Comment
Tratamento das Rinites alérgicas

Quando o corrimento nasal é irritante e a lacrimação doce O que significa que o nariz, ao pingar, irrita as narinas e a parte situada por cima dos lábios, e que as lágrimas provocadas pela alergia não são corrosivas para o contorno dos olhos. Allium cepa 5CH, se os espirros frequentes, em descarga, começarem ao […]

Rinofaringites

30 Nov -0001
0 Comment
Rinofaringites

As rinofaringites agudas são necessárias para a aquisição progressiva de uma imunidade local e geral na criança de seis meses a sete anos, consideramos que antes desta idade todas as tiveram uma rinofaringite. A infeção e a inflamação das vias respiratórias provocam um tento nasal e faríngeo — ou seja, pelo nariz e pelo fundo […]

Sticta pulmonaria

30 Nov -0001
0 Comment
Sticta pulmonaria

Origem Sticta pulmonaria, o líquen pulmonar, da família das estictáceas, cresce agarrado aos carvalhos, às faias e aos rochedos das montanhas da Europa. Era utilizado tradicionalmente para acelerar o trânsito intestinal, contra os vómitos, as dores gástricas e o enjoo de barco. Composição A tintura-mãe é preparada com o talo (aparelho vegetativo dos líquenes, constituído […]

Aconitum napellus

30 Nov -0001
0 Comment
Aconitum napellus

Origem Aconitum napellus, o acónito, é uma planta vivaz da família das ranunculáceas que floresce, no estado selvagem ou nos nossos jardins, de Junho a Agosto. Muito tóxica, está presente nas nossas regiões entre 500 e 1,800m de altitude, é originária da Europa, da Ásia e da América do Norte. O seu caule com cerca […]

Sabadilla

30 Nov -0001
0 Comment
Sabadilla

Origem Sabadilla, a cevadilha, da família das liliáceas, é uma planta herbácea vivaz originária da América central e do México onde se serviam dela sob a forma de pó para lutar contra os piolhos. Composição A tintura-mãe, preparada a partir da semente seca, contém alcaloides tóxicos. Indicações Rinite alérgica Caracterizada: pelos seus espirros em descarga; […]