placebo

A prisão de ventre é um sintoma extremamente frequente. Muitas pessoas, sobretudo mulheres, pensam que têm prisão de ventre quando o funcionamento dos seus intestinos é estritamente normal. Não é indispensável ir à casa-de-banho todos os dias.

Diagnostico

  •  A prisão de ventre é caracterizada por uma diminuição da frequência das fezes – menos de três por semana —. e/ou fezes difíceis de emitir, e/ou fezes duras, secas e de fraco peso. Portanto, não é indispensável ir à casa-de-banho todos os dias. Do mesmo modo, a sensação de evacuação incompleta, as dores, o inchaço abdominal não são sinais de prisão de ventre.
  • A prisão de ventre pode ser ocasional quando aparece em circunstâncias bem precisas mudança de hábitos alimentares, clima, viagem, tomar certos medicamentos, gravidez, antes à menstruação.
  • A prisão de ventre pode aparecer brutalmente sem razão e persistir durante alguns dias de seguida. Nesse caso, deve absolutamente ir consultar um medico, porque a prisão de vem torna-se um sintoma revelador de uma doença.

Principais complicações

A obsessão de algumas pessoas que pesam que têm prisão de ventre e querem ir â casa-de-banho todos os dias. Utilizam laxativos que lhes provocam lesões intestinais na origem da “doença dos laxativos” que origina uma falsa diarreia enganosa.

Regras de higiene

O tratamento da prisão de ventre não existe sem estas regras de higiene:

  1. Higiene de vida:
  • lute contra a sedentariedade com uma caminhada quotidiana ou andando de bicicleta;
  • reforce a faixa abdominal fazendo ginástica;
  • vá à casa-de-banho a horas fixas e se possível quando a vontade se faz sentir; coma devagar, de preferência a horas fixas e num ambiente calmo;
  • mastigue corretamente;
  • evite petiscar;
  • as técnicas de relaxação são aconselhadas.
  1. Conselhos dietético
  • Beba um litro e meio de água. Comece o dia bebendo em jejum um grande copo de água fresca;
  • ao pequeno almoço, opte por doces em vez de mel porque são mais ricos em frutos e em fibras;
  • faca uma dieta rica em fibras vegetais. Coma por ordem crescente: frutos frescos, pão e arroz completos, legumes secos, frutos secos (que deve deixar de molho algumas horas antes de os consumir) e farelo (no iogurte, no queijo branco ou na compota);
  • coma legumes crus e cozidos a cada refeição, expecto no caso de intolerância individual. Coma frutos frescos inteiros mais ricos em fibra do que o seu sumo, e tome uma ou duas colheres de azeite de manhã em jejum. Não utilize quotidianamente o óleo de parafina, porque impermeabiliza a parede intestinal e impede a absorção dos minerais e das vitaminas.
  • Taraxacum 6 DH, se a língua estiver despapilada e dolorosa, 20 gotas antes do almoço e do jantar.

Ligadas a medicamentos

Os medicamentos com mais frequência em causa na prisão de ventre são os tranquilizantes, os soníferos, os anti-depressores, alguns pensos gástricos antiácidos, alguns xaropes contendo
codeína, e os laxativos irritantes que vamos agora abordar.

Originally posted 2014-03-28 11:19:12.

Comments

comments