O luetismo, ou modo reacional luético, é considerado como o modo reacional:

  •  inicial do individuo, quando anomalias genéticas ou congénitas subnormais predominam;
  • terminal das diáteses psóricas e sicóticas, quando o ataque dos órgãos prevalece.

Sujeitos predispostos

Aviso:
O quadro do modo reacional luético apresentado aqui é caricatural. Felizmente que só raramente se manifesta sozinho; está por vezes presente a mínima nas crianças perfeitamente equilibradas que apresentam, por exemplo, formas menores de insónias, dificuldades escolares e uma agitação física excessiva.

Os sujeitos predispostos são na maioria das vezes instáveis nervosamente e sentem dificuldades para conseguirem uma vida regular. Esta instabilidade manifesta-se através de um excesso na vida profissional.

De facto, a sua grande capacidade de trabalho, aliada a uma inteligência viva, contrasta com períodos prolongados de inatividade ou de lentidão intelectual.

Do mesmo modo, a sua imaginação criadora é por vezes desperdiçada por uma análise deficiente e uma dispersão de ideias. O medo da noite pode estar na origem de uma agitação noturna e de insónias difíceis de tratar.

Fisicamente, o sujeito apresenta por vezes, com mais ou menos intensidade, uma e/ou outra
das imperfeições seguintes: olhos vairões (olhos de cores diferentes), genu velgum (joelhos virados para fora), pés chatos, uma hiperlassidâo ligamentar (entorses a repetição, luxações fáceis) e
anomalias dentárias.

Muitas vezes, o desenvolvimento psicomotor do bebé é ligeiramente retardado. A criança, por vezes sobredotada, torna-se, num meio desequilibrado, caracterial, agitada, instável, má aluna, muito fraca em matemática. Quanto ao adolescente, no mesmo meio, pode tomar-se fugitivo ou delinquente.

Adulto, pode ser inadaptado socialmente, ou fóbico, com a necessidade de se lavar continuamente as mãos; é frequentemente psicótico ou nevrótico. Por vezes alcoólico, tem então tendências perversas: sexuais, crueldade em relação aos animais, sadismo.

O seu estado geral agrava-se à noite, à beira-mar, e melhora na montanha.

Fatores desencadeantes

O modo reacional inicial é aquele que ê encontrado com mais frequência quando o desenvolvimento fetal foi perturbado:

  • durante a gravidez por infecções virais ou microbianas (rubéola, papeira, sífilis, toxoplasmose, sida), por intoxicações (álcool, drogas, medicamentos),
  • ou pela velhice dos genitores, ou por antecedentes familiares característicos (doenças venéreas).

Originally posted 2014-03-25 13:05:12.

Comments

comments