cabeçalho

No entanto, apesar do seu começo difícil, a homeopatia conseguiu desenvolver-se graças à grande energia de Hahnemann e dos seu partidários. Assim , enquanto foi vivo, através da suas numerosas relações e da importante correspondência que mantinha com os seus colegas, Hahnemann participou bastante na difusão da sua terapêutica pelo mundo inteiro. O dinamismo dos seus alunos, E. Stapf, C. Boienninghausen, C. H. G. Jahr, também contribuiu muito.

Na Europa e nos Estados Unidos

O aparecimento da epidemia de cólera que invadiu a Europa naquela época, os fracassos da medicina oficial e os êxitos da homeopatia nesta patologia levaram muitos médicos, principalmente militares, a utilizar e a espalhar neste método. Naturalmente, a homeopatia foi primeiro difundida na Alemanha. A primeira revista homeopática foi editada em 1822.

A viagem para o outro lado do Atlântico de Contantin Hering permitiu o nascimento e o desenvolvimento da homeopatia nos Estados Unidos onde podíamos contar no século XIX mais de treze mil médicos e alguns setenta hospitais homeopáticos. A seguir, alguns homeopatas de grande reputação, Allen, Dunham, Lippe, Farringtom, Nash, Kent, também contribuíram para o seu êxito. Este ultimo esteve na origem do desenvolvimento de um movimento unicista especial, que apareceu nos Estados Unidos no inicio do século XX. Os unicistas oriundos desta corrente receitavam um medicamento único que era suposto curar o doente sozinho. Para os mais extremos, os “Kentistas”, do nome do seu inspirados, bastava tomá-lo um vez, e a repetição do medicamento só se fazia depois de ter sido esgotado o efeito do inicial.

A homeopatia de Inglaterra até tinha o seu medico homeopata pessoal. Ainda hoje existem numerosos hospitais homeopáticos: o mais importante é o Royak Londom Homeopathic Hospital fundado em 1850. Está incluído no National Health Service, o equivalente do nosso sistema de Segurança Social.

 

Originally posted 2014-03-21 10:23:04.

Comments

comments