hires45531 - Tratamento de Cefaleias Parte II

Tratamento de Cefaleias Parte II

Outros tipos de cefaleias

Existem numerosos outros tipos de cefaleias que necessitam de uma consulta consulta médica. No entanto, algumas dores de cabeça, que aparecem em circunstancias especiais ou no seguimento de fatores desencadeantes, têm o interesse de orientarem logo para medicamentos precisos.

Cefaleias ritmadas pela menstruação

Quando a menstruação está na origem das dores de cabeça ou quando as agrava:

  • Antes da menstruação: Cyclamen, Lachesis mutus, Sanguinaria, Sepia;
  • Durante a menstruação: Actea racemosa, Sepia;
  • Depois da menstruação: Sepia;
  • Por supressão da menstruação (se saltar um ciclo): Bryonia alba, Cyclamen, Melilotus.

Cefaleias por esgotamento ocular

O trabalho ocular minucioso (costura, bordados, trabalho finos) ou o esgotamento ocular (leitura de trabalho em ecrãs excessivos, má iluminação) indicam os medicamentos seguintes:

  • Lac caninum, Onosmodium, Pais quadrifolia, Physostigma, Ruta graveolens, Spigelia.

Cefaleias que aparecem durante uma sinusite aguda ou crónica

  • Hepar sulfur, Kalium bichromicum, Kalium iodatum, Lachesis mutus, Sticta pulmonaria.

Originally posted 2014-04-01 09:16:03.

African Mango Side Effects - Tratamento de Cefaleias

Tratamento de Cefaleias

Em caso dos estudantes esgotados ou nas pessoas com stress

O stress, o esforço intelectual, a falta de sono, uma má posição no trabalho, a fadiga física e psíquica, concorrem, no estudante esgotado para desencadearem ou aumentem a frequência das dores de cabeça. Os medicamentos mais vezes indicados são:

  • Anacardium orientale 9CH, quando o esgotamento se manifesta através de uma perda brutal de memória antes dos exames, com cefaleias e uma bulimia que melhoram com a comida, e por vezes com uma depressão.
  • Calcarea phosphorica 9CH é um medicamento de terreno indicado nos sujeitos que respondem bem, ou seja, convém aos estudantes longilíneos, sonhadores, criativos, instáveis, cujo estado piora com o esforço intelectual.
  • Kalium Phosphoricum 9CH tem características próximas e complementares de Anacardium orientale.
  • Natrum muriaticum 9CH, medicamento de terreno, corresponde aos estudantes longilíneos que têm tendência para emagrecerem e desenvolverem um herpes labial ou eczema. Estas perturbações aparecem durante os períodos de exames, visto que estes jovens cansam-se depressa física e intelectualmente.
  • Niccolum metallicum 9CH convém aos intelectuais cansados e esgotados que se tornam irritáveis e sofrem de insónias.
  • Phosphoricum acidum 9CH é adaptado quando, antes dos exames, os estudantes apresentam dores de cabeça no cimo do crânio e na nuca acompanhadas por vezes por uma depressão caracterizada por uma indiferença marcada pelos estudos, uma falta de compreensão e uma perda da memória.
  • Picricum acidum 9CH, nas cefaleias occipitais dos estudantes cansados que se tornam incapazes do mais pequeno trabalho intelectual. Ficam aliviados quando apertam a cabeça.
  • Silicea 9CH, medicamento dos sujeitos que respondem bem, nos quais o esgotamento intelectual, para além das cefaleias crónicas, é essencialmente marcado por uma perda da memória e sobretudo da concentração, o estudante não consegue ouvir nem memorizar.
  • Tuberculinum 9CH, quando as cefaleias aparecem nos estudantes instáveis nervosamente, de humor variável, muito emotivos, espasmófilos.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Em caso dos sujeitos com stress que têm uma má posição no trabalho

As cefaleias de tensão estão em relação com uma má posição: é o caso das pessoas que trabalham durante muito tempo e/ou de uma maneira tensa diante de um ecrã informático (secretária, introdução de dados).

  • Actea racemosa 9CH é indicado nas pessoas, mas mais especialmente nas mulheres, que respondem bem e que exercem estas profissões. Apresentam cefaleias acompanhadas por dores na nuca que se manifestam atraves de espasmos de cãibras. Pioram durante a menstruação.
  • Lachnantes 7CH: cefaleias com rigidez e contracturas dos músculos da nuca dos sujeitos com artrose cervical.
  • Gelsemium sempervirens 9CH é indicado nas pessoas com stress, que tremem facilmente, com cefaleias occipitais que se prolongam nos músculos do pescoço e dos ombros.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Originally posted 2014-04-01 09:06:42.

stress22 - Tratamento do Stress

Tratamento do Stress

A reação ao stress provoca doença quando as capacidades de defesa ou as possibilidade de adaptação do individuo são ultrapassadas.

Estas perturbação da adaptação são na maioria das vezes transitórias, podem durar mais se o stress foi muito intenso ou repetido.

Repercussão do stress sobre o psiquismo

Ansiedade e doença depressiva são as duas principais consequências do stress sobre o psiquismo.

Perturbações ansiosas

Manifestam-se sob diferentes formas.

  • Ansiedade reacional

Esta diretamente em relação com o stress: é a componente psíquica natural do stress, aparece e desaparece com o agente angustiante.

Perturbações ansiosas e fóbicas

A repetição ou a persistência de um stress pode fazer com que a ansiedade se prolongue. Estas situações necessitam de uma consulta médica.

Síndroma de stress pós-traumático

A ansiedade aparece muitas vezes dois a seis meses depois de um acontecimento angustiante, ou físico, tal como um traumatismo craniano num acidente muito grave, ou psíquico, consequência de um acontecimento inesperado e súbito do qual o sujeito foi testemunha, tal como um grande incêndio uma explosão, um assassinato.

A ansiedade deve ser tratada muito bem e imediatamente para evitar que se organize em “nevrose autónoma”, ou seja. em doença individualizada.

Esta síndroma reconhece-se através de de sobressalto a um estimulo qualquer e inesperado (barulho por exemplo), através da revivescência situação (ruminação, pesadelos), através de uma diminuição da vontade própria, dificuldades para pensar e uma baixa da atividade física,

A título preventivo a seguir a qualquer traumatismo físico ou psíquico:

  • Arnica montana 15CH, uma dose.

Enquanto não vai a uma consulta:

  • Arnica montana 15CH.
  • Hypericum perforatum 15CH, nas pessoas que apresentam, alguns meses depois um stress muito importante, para alem de ansiedade, de cefaleias, de vertigens, de perturbações da memória e de insónia.
  • Natrum sulfuricum 15CH. quando estes mesmos sintomas aparecem nos sujeitos que respondem bem, ou seja, quando são motes, obesos, com tendência para os reumatismos, infecções ORL (rinofaringites, asma).

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Originally posted 2014-04-01 11:06:59.

Jetlag Woman in bed looking at alarm clock - Insónias

Insónias

Na maioria dos países industrializados, a prevalência da insónia é de 25 a 30%. O último estudo realizado em 1987 mostra que 10% dos franceses absorvem hipnóticos, dos quais 6,17% de uma maneira crónica.

O seu consumo em França é o mais elevado de Europa. O custo socioeconómico em termos de tratamento médico e de repercussão sobre o trabalho (absentismo), sobre o risco cada vez maior de acidentes, sobre o desencadeamento de outras doenças (depressão por exemplo), embota sem números concretos é, secundo a opinião de todos os perito, enorme.

O que é o sono?

No geral, o sono manifesta-se por um estado de bem-estar que se repercute sobre o dia todo. Um bom sono, é um bom dia; todas as pessoas que sofrem de insónias “sonham” com isso.

O sono é normalmente composto por cinco a seis a ciclos. A sucessão de um período de sono lente e de um período de sono paradoxal constitui um ciclo de sono.

O sono lento compreende cada uma das fases seguintes:

  • A fase 1, transição entre a vigília e o sono, é acompanhada por uma perda de controlo das faculdade de atenção e dos movimentos voluntários dos olhos. Ocupa 10% da duração do sono.
  • A fase 2, é uma fase de sono ligeiro que engloba metade da duração total do sono.
  • A fase 3, período de sono profundo durante o qual o despertar é difícil.
  • A fase 4, fase mais profunda do sono, corresponde a 20% do tempo do sono.

O sono paradoxal, cuja duração aumenta durante a noite, é a fase do sonho em que o sono é mais difícil.

O que é a insónia?

A insónia é uma queixa de mau sono que se traduz por dificuldade de adormecimento por despertares em série ou a horas fixas, e/ou por um despertar precose que não é sempre um novo adormecimento.

Para alem de qualquer doença psiquiátrica, a acumulação nervosas (o “stress”), a hiperatividade intelectual ou física, a ansiedade crónica são a insónia.

Originally posted 2014-04-01 10:06:06.

stress1 - Stress

Stress

O Petit Robert define o stress como uma “resposta do organismo aos fatores de agressão fisiológicos e psicológicos assim como às emoções (agradáveis ou desagradáveis) que necessitam de uma adaptação”.

Clinicamente, o stress é definido como uma reação fisiológica normal do individuo a um estimulo interior ou exterior. Qualquer estimulo, qualquer emoção desencadeia um stress: a tristeza, a alegria, uma tensão, uma atenção continua, uma esperança, um desespero, um êxito, um luto, nascimento, uma doença, um esforço excessivo.

Uma reação normal ao stress retém a atenção mobiliza a energia e provoca a ação. Esta reação comum é no entanto individual, e variável tempo para um mesmo sujeito.

A estimulação excessiva em duração ou em intensidade ou pelo seu modo de repetição e na origem de um stress dito patológico, porque esta sobrestimulação ultrapassa as capacidades de adaptação do indivíduo e provoca uma doença mais ou menos prolongada.

A reação ao stress é especifica: depende em primeiro lugar do sujeito e das suas capacidades em adaptar-se mas também da natureza e da intensidade do acontecimento, assim como contexto social que pode ser um fator de proteção ou de risco.

Os medicamentos homeopáticos de terreno mais próximos são: Lycopodium clavatum, Nux vomica, Sepia e Sulfur, se forem equilibrados.

Pacientes do tipo C tem um perfil comportamental oposto no qual o papel do ambiente social é primordial visto que foi constatado nestes sujeitos, muitas vezes hipertensos, que a gravidade do seu enfarte dependia, claro, a intensidade do stress, mas também do grau de isolamento social e da qualidade de apoio das pessoas do seu meio.

São sujeitos submissos, conciliantes. que evitam os conflitos e recusam qualquer manifestação agressiva: é a empregada de escritório ou a criança “amiga” de toda a gente. São pacientes, perseverantes, prontos a esperar.

De facto, têm uma fraca estima por si próprios, são pessimistas isentem dificuldades para suportarem, embora estejam independentes, qualquer afastamento ou abandono. Não conformistas, procuram experiências sexuais variadas, abusam dos tóxicos (álcool, droga, tabaco, medicamentos), correm riscos de carro, praticam desportos perigosos dos quais do muitas vezes vitimas.

Os medicamentos homeopáticos de terreno mais próximos são: Arsenicum álbum, Calcarea carbonica, Natrum muriaticum, Pulsatilla, Sepia, Staphysagria, Thuya occidentalis.

Originally posted 2014-04-01 10:48:57.