Daphne_mezereum_Kouvervaara_Kuusamo_29.7.2005

Origem

Daphne mezereum, a madeira gentil, da família das timeleáceas, é uma planta muito venenosa que prefere os solos calcários. Está espalhada em toda a Europa e na Ásia setentrional no meio das moitas, das matas e das florestas frondosas, assim como nos locais pedregosos e nas pradarias de montanha até a uma altitude de 2.000 m.

Este subarbusto tem bagas vermelhas tóxicas – muitas vezes mortais – que não devem ser confundidas com as bagas da groselheira.

Composição

A casca do caule a partir da qual a tintura-mãe homeopática é preparada contém princípios resinosos acres, irritantes e venenosos, com propriedades vesicantes e rubefiantes, ou seja, produz respetivamente bolhas e uma congestão local e passageira quando a aplicamos na pele.

Indicações

Doenças de pele

  • O eczema que se sobreinfeta.
  • Crostas de leite espessas e pegajosas do bebé.
  • O herpes na fase de crostas.
  • A zona quando as vesículas se enchem de um liquido amarelado ou esbranquiçado, ou quando as dores cutâneas se prolongam a seguir à erupção. A sua eficácia é maior na zona oftálmica do que na torácica. Também é muito ativo no caso de persistência das dores no fim da doença.
  • A comichão sine matéria, ou seja, aparece sem lesão aparente ou doença subjacente, e muda de sítio sem parar.

Nevralgias faciais

  • Que pioram com o tempo frio e húmido, melhoram com as aplicações quentes.
  • Pioram com toques ligeiros e durante a noite.

Mezereum convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com toques ligeiros durante a noite.

Originally posted 2014-04-11 08:27:51.

Comments

comments