Iris_versicolor_018_1280

Origem

O gladíolo azul, planta vivaz da família das iridáceas, é muitas vezes encontrado nos pântanos e pradarias húmidas dos Estados Unidos e do Canadá, e frequentemente cultivado na Europa. É diurético em doses fracas, e purgativo e emético em doses fortes.

Composição

É o rizoma (parte subterrânea do caule) que é utilizado em homeopatia para a fabricação da tintura-Mãe.

Indicações

Enxaqueca oftálmica hebdomadária

É muito característica:

  • aparece sobretudo nos dias de descanso ou nos fins de semana;
  • precedida por uma sensação de ‘vista turva’, de nevoeiro diante dos olhos,
  • situada por cima da órbita direita.

Acompanhada por:

  • ardores no esófago e no estômago, por vezes com refluxo alimentar, até mesmo vómitos,
  • uma diarreia que faz arder o ânus.

Gastrite e hérnia hiatal

Com ardores no estômago e no esófago acompanhados por vezes pelo refluxo de um líquido na boca (pirose).

Diarreia

Diarreia liquida, aquosa, seguida por ardores intensos no ânus.

Refluxo gastroesofagiano do bebé

Acompanhado por vómitos e diarreias ácidas muito dolorosas, identificados pelo choro e pelos gritos do bebé que se fazem sentir nestas ocasiões.

Ciática

Predomina no lado esquerdo e piora com o movimento.

Pancreatite

Necessita de uma consulta médica.

Iris versicolor convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • Os dias de repouso, o descanso.

As modalidades forem:

  • Uma agravação de sete em sete dias.

Posologia

No caso de crises de enxaquecas: Iris versicolor 9CH, 5 grânulos logo que aparecem os primeiros sinais, depois 2 grânulos com muita frequência ao princípio, espaçando as doses à medida que aparecem melhoras.

Originally posted 2014-04-10 11:04:00.

Comments

comments