13949perola

Origem

Hepar sulfur é um medicamento concebido por Hahnemann, contendo em partes iguais calcário de ostras (Calcarea carbónica) e flor de enxofre purificado (Sulfur).

Resulta daí um pó cinzento amarelado, quase insolúvel na água e no álcool, que se decompõe facilmente ao ar. A substância é preparada com lactose até á 2CH, depois com tintura-mãe a partir da 3CH.

Composição

A tintura-mãe contem principalmente enxofre sublimado lavado, carbonato de cálcio, sílica, matérias orgânicas e metais pesados.

Indicações

O pus está mal ligado, as zonas inflamadas têm edemas, são muito dolorosas, com a de uma lasca enfiada.

Supurações agudas

Da pele

Abcessos, furúnculos, eczema purulento, acne purulenta.

Da esfera ORL

  • Rinofaringites com corrimento de pus pelo nariz e na garganta.
  • Traqueítes, bronquites desencadeadas pela mais pequena corrente de ar ou too, o sujeito se destapa. A tossem primeiro seca, toma-se rapidamente grossa.
  • Anginas com supuração das amígdalas.
  • Laringite aguda típica na criança, que aparece quando esta última apanhou frio.
  • Otites, sinusites.

As conjuntivites

Com corrimento de pus e pálpebras inchadas

Supurações crónicas

Da esfera ORL

  • Rinofaringites a repetição.
  • Sinusites crónicas
  • Otites crónicas com tímpanos abertos

De qualquer origem

Perturbações do carácter da criança

Que aparecem nas crianças que respondem bem.

Laringite

Que aparece depois de lermos apanhado frio. com modificação da voz e tosse seca, rouca, dolorosa.

Diarreia da criança

Quando as fezes brancas ou esverdeadas, com um cheiro ácido ou azedo, pioram com as bebidas frias.

Contra-indicações:

Hepar sulfur é contraindicado nos processos supurativos das cavidades fechadas: cavidade sinuosa, dentes, ouvidos.

Hepar sulfur convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • As correntes de ar.

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o mais pequeno contacto, com o frio, local ou geral (o Inverno), com as correntes de ar.
  • Melhoras com o tempo húmido e ameno.

Os sujeitos que respondem bem a Hepar sulfur

Os sujeitos linfáticos, friorentos, hipersensíveis à dor. A sua indolência e a sua moleza fatal fazem contraste com a sua precipitação habitual. O adulto é descrito como um emocional instável, insatisfeito crónico e amuado. A sua extrema irritabilidade é geradora de fúrias súbitas e violentas.

A criança e indolente, hipersensível e irritável, mas precipitada na ação: tem tendência para fazer tudo rapidamente e para responder através de impulsos e tunas violentas e matas. Por vezes é má, procurando lesar e fazer mal.

Crianças ou adultos estão sujeitos as rinofaringites a repetição. Nestas pessoas, a mais pequena fenda supura durante muito tempo e cicatriza lentamente. Têm numerosos gangliões. São atraídas pelo vinagre, os alimentos ácidos ou muito picantes, não gostam de alimentos gordurosos.

Posologia

Atenção: Nas supurações, a utilização de Hepar sulfur requer grandes precauções:

  • Para fazer amadurecer e supurar um abcesso: Hepar sulfur 5 CH, 2 grânulos 5 vezes por dia, depois abrandar as doses quando a supuração começa a atenuar-se.
  • Para parar um abcesso logo ao princípio: Hepar sulfur 30CH, uma dose.

Nas laringites: Hepar sulfur 30CH, uma dose ao deitar

Originally posted 2014-04-10 08:44:49.

Comments

comments