medicamentos

Exemplo 1: se tiver febre

Primeiro caso

Suponhamos que encontrou todos os sinais de Belladonna que estão indicados na terceira parte deste guia no capítulo) sobre a febre. O medicamento corresponde então a todos os sintomas que sente tomará Belladonna em 15CH

Do mesmo modo se conhecer a causa exata dessa febre, uma insolação por exemplo, utiliza esta diluição
Nesse caso, uma dose de Belladonna 15 CH pode ser o suficiente.

Para lembrar:

  • um inicio brutal da doença;
  • uma subida súbita e rápida da febre a 39°/ 40°.
  • com uma sede intensa;
  • afrontamentos no rosto:
  • uma transpiração abundante;
  • um desalento importante acompanhado por agitação e exataçâo cerebral, e cefaleias.
  • fica muito incomodado com a luz.

Segundo caso
Se agora encontrar “apenas” os sinais principais, se ignorar a origem dessa febre, tomará Belladonna em 5CH.

Para lembrar:

  • um início brutal da doença;
  • uma febre alta;
  • uma sede intensa
  • uma transpiração abundante;
  • um desalento importante.

Terceiro caso
Agora, se constatar os sinais seguintes, não tome Belladonna, de nada serviria porque não há qualquer sintoma que lhe corresponda.

Para lembrar:

  • início brutal da doença;
  • uma ausência de sede, expecto quando tem arrepios;
  • uma alternância de transpiração e de suores;
  • um estado físico mais ou menos igual.

Nestas duas últimas situações, deve tomar os medicamentos com frequência: todas as horas, ao princípio, até a febre baixar; depois vá espaçando à medida que a temperatura vai baixando.

Por exemplo, tomará 3 grânulos todas as oras ou de duas em duas horas, conforme a intensidade, depois , logo que constatar que a temperatura diminui, deve começar a espaçar.

Não se esqueça:
Tome os medicamentos espaçados à medida que os sintomas se vão atenuando: é um grande principio que nunca deve ignorar senão reativa os sintomas ou perpetua a doença.

Originally posted 2014-03-26 11:28:09.

Comments

comments