homeopathbottles - Inchaços e Tratamento Parte II

Inchaços e Tratamento Parte II

Conforme a causa

As pessoas que comem habitualmente muito

  • Aloe 9CH.
  • Antimonium crudum 9 CH é o medicamento das pessoas que comem muito na maioria das vezes obesas e irritáveis Digerem mal os excessos que fazem, sobretudo a charcutaria e os alimentos ácidos que, no entanto, apreciam. Esta má digestão provoca aerofagia, regurgitações com o sabor dos alimentos, diarreia e/ou vómitos, até mesmo cefaleias. A sua língua está completamente coberta por um revestimento esbranquiçado e espesso.
  • Sulfur 9 CH. num sujeito alérgico cujo inchaço abdominal é doloroso. É acompanhado por cefaleias. gases nauseabundos, hemorroides, por vezes prisão de ventre ou diarreia quando acorda no dia seguinte.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar

A seguir ou em prevenção de excessos alimentares ocasionais

  • Antimonium crudum 5CH. se a língua estiver completamente branca.
  • Nux vomica 5CH, apenas a parte posterior da língua está branca e quando as náuseas melhoram com os vómitos que o doente provoca.
  • Ipeca 5CH, se a língua estiver limpa, ou seja, normal, e quando os vómitos não acalmam as náuseas.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos de duas em duas horas ao principio, depois 5 vezes por dia no dia seguinte.
Em prevenção (antes de uma festa, por exemplo).

Nux vomica 15 CH ou Antimonium crudum 15CH, uma dose meia hora antes da refeição. A escolha dos medicamentos faz-se em função dos sintomas que sentimos habitualmente nestas circunstâncias.

A seguir a perturbações hepáticas

  • Lycopodium clavatum 9CH, em tratamento de fundo: 2 grânulos ao levantar.
  • Juglans regia 5 CH, quando o inchaço se associa a uma sensação de mal-estar e cefaleias.

Posologia: 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

  • Taraxacum 6DH, nos sujeitos inchados que têm uma língua dolorosa e despapilada com a forma de um mapa geográfico.

Posologia: 20 gotas antes do almoço e do jantar.

Durante a gravidez

Os medicamentos já citados podem ser indicados para a mulher grávida. Existem outros medicamentos mais específicos que são descritos no capítulo “Gravidez”.

A seguir a perturbações nervosas.

Em tratamento de terreno.

Originally posted 2014-03-28 10:55:16.

placebo - Psicoterapia

Psicoterapia

De acordo com o seu paciente, o médico pode decidir uma psicoterapia apropriada.

Tratamentos termais

São de uma eficácia discutida.

Originally posted 2014-03-27 16:41:58.

caderno especial homeo opt - Tratamento da Diarreia Parte III

Tratamento da Diarreia Parte III

Diarreias de origem alimentares

Diarreias provocadas por alimentos mal suportados

Frutos

  • Colocynthis 5CH: a diarreia é muito dolorosa, as dores abdominais são violentas, tipo cãibras. Melhoram quando nos dobramos ao meio assim como com a pressão da região
  • China rubra 5CH aparece no Verão depois de termos abusado de frutos.
  • Ipeca 5 CH: após uma ingestão de frutos verdes no Outono.
  • Podophyllum 5CH: depois de abusarmos de frutos frescos.
  • Phosphoricum acidum 5CH: o abuso de frutos está na origem de uma diarreia acompanhada por inchaços e gases.
  • Rheum 5CH. depois de frutos verdes em excesso, quando a diarreia de odor azedo predomina e subsiste no corpo apesar de todos os cuidados de limpeza.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de -banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois o desaparecimento dos problemas.

Alimentos gordurosos

  • Carbo vegetabilis 5CH, nas diarreias fétidas acompanhadas por inchaços logo por cima do umbigo, que aparecem imediatamente depois das refeições.
  • Pulsatilla 5CH: as diarreias aparecem durante a noite a seguir à ingestão de alimentos gordurosos ou gelados. São acompanhadas por inchaços e regurgitações com o sabor dos alimentos.

Posologia. 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Leite

  • China rubra 5 CH.
  • Magnesia carbónica 5 CH: nestes sujeitos, o leite está na origem de uma diarreia de fezes esverdeadas e de espasmos abdominais que aliviam quando se dobram ao meio.
  • Natrum carbonicum 5CH, quando o leite provoca inchaços e uma diarreia grumosa alaranjada.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durante dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

• Ostras

  • Lycopodium clavatum 5CH: a diarreia é acompanhada por um inchaço da parte inferior do abdómen que aparece logo a seguir à refeição e reproduz-se 16 horas depois.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar» dois dias. depois 3 vezes por dia Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de bolos

  • Pulsatilla 5CH.
  • Carbo vegetabilis 5CH.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia sistematicamente e depois de ir à casa-de-banho durar dois dias, depois 3 vezes por dia. Pare o tratamento um dia depois do desaparecimento dos problemas.

Após um abuso de açúcar

  • Argentum nitricum 5CH: a diarreia verde, explosiva, ruidosa, dolorosa complica-se cor náuseas, vómitos, ardores no estômago.

Posologia: 2 grânulos 3 a 5 vezes por dia, em função da importância dos sintomas.

Após excessos alimentares ocasionais

  • Antimonium crudum 5CH: com náuseas, vómitos, aerofagia e língua completamente branca.
  • Nux vomica 5CH: com náuseas, vómitos que o doente provoca para ficar mais aliviado, e língua branca na sua metade posterior.
  • Ipeca 5 CH: quando as náuseas não são aliviadas com os vómitos e a língua continua limpa (cor-de-rosa) e húmida.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias.

  • Em previsão de uma boa refeição, tomar antes uma dose em 15CH de um destes três medicamentos em função dos sintomas aos quais está habituado nestas circunstâncias.

Originally posted 2014-03-28 09:47:36.

1dandelion3 - Geriatria

Geriatria

O envelhecimento da população constitui, com toda a evidência, uma formidável parada de saúde pública visto que aproximadamente 20% dos franceses têm mais de sessenta anos (cerca de 11,5 milhões), 13% mais de sessenta e cinco anos e 10% de setenta e cinco a orientamos.

Os últimos números publicados mostram que a esperança de vida ao nascer vai até aos oitenta e dois anos nas mulheres francesas e aos setenta e quatro anos nos homens

Só estes números bastam para explicar a importância socioeconómica das pessoas de idade na área da saúde, as quais consomem em media duas vezes mais de tratamentos do que o resto da população.

No decorrer dos anos, a pessoa de idade vê muitas vezes aumentar o números dos sintomas dos quais sofre. Assim à hipertensão arterial podem acrescentar-se a diabetes, os reumatismos, depois uma diminuição da visão, do ouvido, perdas de memória.

Estas diferentes perturbações estão por vezes na origem de uma redução progressiva das suas atividades em sociedade, de um isolamento, e finalmente de uma dependência difícil de aceitar.

Assim, a prevenção tem sobretudo por objetivo, para além dos tratamentos das doenças propriamente ditas, evitar a dependência dos sujeitos de idade A prevenção da dependência situa-se em três níveis:

  •  evitar as grandes doenças responsáveis por mortes prematuras: doenças cardiovasculares, diabetes, cancros;
  •  tratar as perturbações que podem incomodar a vida social; perturbações urinárias, perturbações dos órgãos dos sentidos, dores nas costas e nas articulações;
  • preservar a vida de relação perda de memória. depressões demências

Os doentes com muita idade necessitam da intervenção de uma equipa pluridisciplinar coordenada pelo médico generalista. Esta colaboração engloba as especialidades e os profissionais paramédicos tais como as enfermeiras, os fisioterapeutas, os ergo-terapeutas.

A ajuda social, a tonta, os amigos, os vizinhos também fazem parte desta intervenção. Todo este ambiente ajuda o doente a sair do seu isolamento, retarda ao máximo a dependência e dá-lhe uma vida social indispensável para o seu equilíbrio mental e físico.

No entanto, o tratamento das diversas afeções também implica um crescimento em número e “em intensidade” dos medicamentos, com o seu lote inevitável de efeitos secundários. Ainda é mais surpreendente quando sabemos que é o sujeito mais sensível ás medicações e aos seus efeitos que consome mais.

A propósito disso, é interessante constatar que mais de 10% das pessoas com mais de oitenta anos são hospitalizados devido a um acidente iatrogénico, ou seja, provocado por medicamentos.

Prevenção

Começa cedo e não diz respeito só ao campo da homeopatia. Quase que não ousamos falar da menopausa e da osteoporose ao abordarmos este tema, porque estas últimas dizem respeito às mulheres jovens que ainda estão longe da terceira idade.

Mas é necessário saber que o capital ósseo (quantidade de ossos) é em parte determinado geneticamente e em parte adquirido através do consumo de cálcio na adolescência. Compreendemos então por que razão a prevenção deve ser precoce.

Concebemos assim o papel de educação das nossas avós numa época em que, à merenda, o copo de Coca-Cola é dado mais vezes aos nossos filhos do que o copo de leite.

Originally posted 2014-03-28 11:40:36.

1dandelion3 - Inchaços e Tratamento Parte I

Inchaços e Tratamento Parte I

Diagnostico

  • Os inchaços dão uma impressão de dilatação do estômago e do abdómen. Traduzem muitas vezes um meteorismo — que o médico sabe reconhecer através de um exame – ou seja, um aumento de volume do abdómen provocado por um excesso de gases nos intestinos.
  • Podem passar despercebidos em certos sujeitos e, noutros, provocar dores abdominais importantes, eructações e gases intestinais abundantes e/ou nauseabundos.

Regas dietéticas

  • Diminua os feculentos.
  • Previna e/ou limite a aerofagia.

Tratamentos

Conforme a localização

Inchaço de todo o abdómen

  • Aloe 5 CH 6 um medicamento de meteorismo importante de todo o abdómen dos sujeitos obesos, sedentários, que comem muito com predisposição para as colites e sujeitos a diarreias.
  • China rubra 5CH é indicado quando o abdómen está esticado, muito doloroso, ruidoso, com borborigmos e um sabor amargo na boca. Os inchaços não melhoram com a emissão de gases ou de eructações. Muitas vezes, são acompanhados por uma diarreia pós-prandial quando bebemos leite, ou no Verão depois de uma ingestão excessiva de frutos.
  • Kalium carbonicum 5CH, no inchaço de todo o abdómen que aparece durante ou logo a seguir a uma pequena refeição. É acompanhado por aerofagia com eructações azedas e regurgitações todas na boca.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

Inchaço localizado por cima do umbigo

  • Carbo vegetabilis 5 CH, se o meteorismo for desencadeado ou agravado com a absorção de alimentos gordurosos ou de álcool, e aparecer logo a seguir ás refeições. As perturbações agravam-se se o sujeito se deitar, e melhoram com as eructações e com os gases
  • Nux vomica 5 CH e indicado para o inchaço epigástrico que aparece uma ou duas horas depois das refeições nos sujeitos que ficam sonolentos com a digestão. A sua língua, característica, fica coberta por um revestimento esbranquiçado na parte posterior. Para se sentirem melhor, desapertam o cinto das calças ou da saia e fazem, se puderem uma boa caminhada.

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

Inchaço localizado por baixo do umbigo

  • Lycopodium clavatum CH convém aos sujeitos cujo inchado é desencadeado ou agravado com a mais pequena refeição ou mudança de hábitos alimentares. E acompanhado por regurgitações ácidas e por cefaleias. Agrava-se logo a seguir ás refeições, depois das 16 às 20 horas. Não acalma com os gases e as eructações, mas melhora quando desapertamos o cinto das calças ou do vestido Estas pessoas digerem muito mal as ostras, os doces, as cebolas.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos antes do almoço e do jantar.

Inchaços não especificas

Ou seja, sem localização precisa, ou, mais exatamente, quando a localização pode variar

  • Bryonia alba 7CH. quando o inchaço, mais do lado de cima do abdómen, é acompanhado por uma sensação de peso no estômago
  • Thuya occidentalis 9CH, no inchaço com o qual pessoa tem a impressão bizarra de que algo mexe nos seus intestinos. No geral, o abdómen está completamente esticado e faz muitos ruídos.

Posologia para Bryonia alba, 2 grânulos antes do almoço e do jantar; para Thuya occidentalis 2 grânulos ao levantar.

Originally posted 2014-03-28 10:37:46.