718085 25072577 - Doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares

A homeopatia, nesta área nitidamente orgânica, tem um papel importante, infelizmente ainda demasiado limitado a uma medicação de complemento, porque é desconhecida dos terapeutas. A sua eficácia ganharia em ser avaliada a fim de constituir uma ajuda preciosa para as pessoas de idade.

Veremos o seu papel nas hipertensões arteriais e o interesse de um tratamento de fundo que permite um regresso ao normal dos números da tensão nas hipertensões arteriais limites (< a 16/9,5), e evita recorrer aos ansiolíticos, ou às medicações hipertensivas de primeira intenção.

Do mesmo modo, nas hipertensões arteriais moderadas ou severas, em adjunção aos medicamentos clássicos, a homeopatia impede ou retarda a escalada terapêutica – ou seja a adição de um ou de vários medicamentos suplementares para regularizar a tensão arterial – considerada sempre como pejorativa pelos cardiologistas.

Para além disso, nas doenças cardíacas graves, tais como as insuficiências cardíacas direitas ou esquerdas, as perturbações do ritmo, a angina de peito, a terapêutica homeopática tem um papel de complemento que não deixa de ser importante. Também é o caso nas arterites dos membros inferiores.

Originally posted 2014-03-28 11:59:30.

116639 Papel de Parede Dia de sol 1400x1050 1 - Hipertensão arterial

Hipertensão arterial

A hipertensão arterial essencial, sem causa reconhecida, é a mais frequente das causas de hipertensões. Embora não produza qualquer sintoma, o eu tratamento é indispensável, porque reduz as complicações desta doença, sobretudo as hemorragias cerebrais.

Diagnóstico

Um sujeito é definido como hipertenso quando a pressão arterial sistólica, ou PAS (número mais elevado), é superior ou igual a 160mm Hg e/ou quando a pressão arterial diastólica. ou PAO
(número mais baixo), é superior ou igual a 95mm Hg.

A tensão arterial é tomada em condições bem precisas no fim de dez minutos, deitado, aos dois braços, depois de pé.
No adulto jovem, definimos a hipertensão arterial em função do número da pressão arterial diastólica (PAD); chamamos-lhe:

  • Hipertensão arterial limite quando a PAD é 90 e £ 95 mm Hg, e a PAS é 140 e £ 169mm Hg;
  • Hipertensão arterial ligeira quando a PAD é 95 e £ 105 mm Hg;
  • Hipertensão arterial moderada quando a PAD é «105 e £ 115mm Hg;
  • Hipertensão arterial severa quando a PAD é 115mm Hg

Na mulher grávida e na criança, os valores são diferentes; no sujeito de idade, uma PAS mais elevada é aceite.

  • Uma tensão arterial elevada, na maioria das vezes, não dá nenhum sintoma. No entanto, alguns sintomas devem atrair a atenção e levá-lo a uma consulta ao seu médico. Estes sinais são dores de cabeça, batidas rápidas no coração, vertigens, zumbidos nos ouvidos, sangrar do nariz.
  • Se a descoberta da hipertensão for feita durante um controlo sistemático – medicina do trabalho, enfermeira, farmacêutico, verificação pessoal da sua tensão arterial -,uma consulta médica e indispensável. De facto, o médico fará um balanço da doença procurará, por um lado, os fatores de riscos suplementares e a presença de complicares e, por outro, uma doença subjacente responsável ou medicamentos culpados. Tratará esta doença, expecto urgência, depois de ter verificado varias vezes, e durante a mesma consulta – a persistência da elevação dos números tencionais.

Principais complicações

  • Cardíacas: insuficiência cardíaca, insuficiência coronária.
  • Neurológicas: acidentes vasculares cerebrais.
  • Renais: insuficiência renal.
  • Vasculares: arterite dos membros inferiores.
  • Hipertensão arterial maligna: urgência médica.

Prevenção

  • Pratique uma dieta alimentar correta ou hipocalórica no caso de peso a mais ou de obesidade.
  • Recomece uma atividade física regular se possível, marcha para as pessoas de idade bicicleta, natação para os outros.
  • Deixe de fumar
  • Encare uma contraceção diferente da pílula.

Tratamento

Hipertensões arteriais limites ou ligeiras

 

  • Nux vomica 15CH medicamento típico da hipertensão ligeira que encontramos no homem ou na mulher modernos, dinâmicos, atarefados e hiperativos, mas sedentários e demasiado “Bons vivants”, que só se “aguentam” graças aos estimulantes dos quais abusam. Nux vomica pode tornar se um medicamento de fundo nas hipertensões moderadas ou severas se os sujeitos não acalmarem os seus ardores e os seus temperamentos.
  • Ignatia amara 15 CH é indicado quando a hipertensão aparece a seguir a uma emotividade mal controlada. É um medicamento de complemento muito benéfico que evita, associado a um tratamento de fundo, recorrer aos ansiolíticos.

Natrum muriaticum 15CH, na hipertensão arterial progressiva dos sujeitos jovens, que respondem bem e muito emotivos.

Originally posted 2014-03-27 11:46:08.

Conheca a terapia floral2 - Varizes

Varizes

As varizes são a segunda fase da insuficiência venosa superficial. Podem aparece concomitantemente ao fenómeno das pernas pesadas ou suceder-lhe. O custo global da doença venosa é avaliada em dois biliões de francos.

Diagnostico

As varizes resultam da associação de uma dilatação e de uma elongação de uma veia cujo trajeto se tomou tortuoso. O diagnóstico é evidente visto que as varizes são visíveis nos membros menores.

Principais complicações

Na fase seguinte aparecem as varizes, e perturbações cutâneas tais como comichões, eczema, modificações da cor da pele em relação aos trajetos venosos, úlceras

Prevenção

Reveja o paragrafo sobre as pernas pesadas

Tratamento

Varizes

  • Aesculus hippocastanum 6DH também convém a esta fase da doença. O doente tem uma sensação de batidas e de peso nas pernas, pioram ao levantar, de pé e com o calor, e melhoram com a atividade física e duches frios nas pernas

Posologia: 30 a 50 gotas de manhã e à noite

  • Calcarea fluorica 9CH, se as varizes, reagrupadas num monte volumoso, forem dolorosas, dilatadas e tortuosas. As dores pioram com o principio do movimento, a mudança de tempo e a humidade, e melhoram com a continuação do movimento. Nesta fase, podem aparecer as primeiras perturbações cutâneas
  • Fluoricum acidum 9CH tem as mesmas indicações que o medicamento precedente, mas as comichões fazem-se sentir, e por vezes as perturbações cutâneas já estão presentes Em contrapartida, as dores pioram com o calor e melhoram com o tempo frio, os duches e as aplicações frias.
  • Hamamelis 5CH, quando as varizes e varicosidades estão dilatadas, dolorosas, sensíveis ao tocar, pioram com o ar quente e húmido ou com traumatismos mínimos que ocasionam equimoses, ou então melhoram com o repouso.
  • Vipera redi 7 CH, se as varizes melhorarem com as pernas alteadas, e piorarem com a posição de pé prolongada ou pernas penduradas.

Posologia; (para todos estes medicamentos); 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

No caso de perturbações cutâneas associadas

Consulte o seu médico.

Tratamento de terreno

  • Graphites: nos sujeitos que respondem bem.
  • Lachesis mutus: nas mulheres durante a menopausa.
  • Lycopodium clavatum: nos sujeitos que respondem bem e que sofrem de perturbações digestivas.
  • Pulsatilla: nas jovens que respondem bem.
  • Sepia: nas mulheres que respondem bem cujas dores nas pernas melhoram com a dança ou a ginástica.
  • Sulfur é um medicamento de varizes complicadas com comichões e ardores intensos que pioram com o calor e a posição de pé, e por vezes com perturbações cutâneas. É indicado na mulher durante a menopausa, no alcoólico, e nos sujeitos que respondem bem.
  • Thuya occidentalis: nas mulheres com uma tendência marcada para a celulite.

Outros tratamentos

Meias para varizes

São sempre indicadas nesta fase.

Originally posted 2014-03-27 11:57:50.

heart in hands - Doenças Cardiovasculares

Doenças Cardiovasculares

As doenças cardiovasculares estão entre as mais frequentes e as mais graves, visto que representam um terço dos falecimentos (176.000) em França.
Reagrupamos sob este termo:

  • as cardiopatias isquémicas, como as doenças do coração tal como o enfarte do miocárdio;
  • as afeções vasculares cerebrais das quais os acidentes vasculares cerebrais (hemorragias e isquemias cerebrais) são a primeira causa de doença (entre 100 000 e 150 000 por ano) e a terceira causa de mortalidade 110 (a seguir às afeções cardíacas e aos cancros), estão muitas vezes na origem de sequelas importantes, principalmente de paralisia;
  • a hipertensão arterial e as doenças venosas.

Estas doenças, que atingem mais os homens do que as mulheres, aparecem mais na classe operária do que na classe dos quadros superiores e nas profissões liberais.

São afeções plurifactoriais nas quais a higiene de vida desempenha um papel muito importante. A Alta Comissão da saúde pública recomenda a propósito disso:

  • a adoção de uma alimentação equilibrada com o controlo do excesso de peso através da moderação do fornecimento calórico, incluindo sob a forma de álcool, o controlo do torneamento total em gorduras, a redução dos ácidos gordos saturados, do colesterol alimentar, do sódio, e o aumento do consumo de gorduras vegetais, peixes, frutos, legumes e cereais ricos em fibras;
  • a redução do tabaco e do álcool;
  • a atividade física regular, adaptada à idade e à condição física, principalmente na segunda metade da vida.

Sublinha o papel dos profissionais da saúde:

  • na descoberta das hipercolesterolemias e das dislipoproteinemias aterógenas, ocupando-se delas.
  • na descoberta e na terapêutica das hipertensões arteriais, insistindo sobre a normalização dos números e na observância do tratamento;
  • no apoio psicológico à privação de tabaco;
  • na descoberta da diabetes com açúcar, ocupando-se dela;
  • na ajuda à redução de excessos ponderais através de conselhos personalizados.

A homeopatia desempenha um papel pouco conhecido no que se refere à sua maneira de se ocupar globalmente destas afeções. Por exemplo, nas hipertensões arteriais, justifica-se um tratamento homeopático de fundo.

Nas hipertensões arteriais limites ou ligeiras, o tratamento homeopático sozinho, em complemento de medidas higieno-dietéticas, permite um regresso ao normal dos números tencionais e evita muitas vezes recorrer imediatamente aos medicamentos contra a hipertensão ou aos ansiolíticos prescritos quando é descoberta.

Nas hipertensões arteriais moderadas ou severas, a terapêutica alopática é indispensável. O tratamento homeopático é um suplemento precioso, porque evita ou atrasa a escalada terapêutica – ou seja, a adição de vários medicamentos anti-hipertensores para obter uma tensão arterial normal -. considerada sempre como pejorativa pelos cardiologistas.

Pode ajudar nos casos de hipertensões que resistem aos tratamentos clássicos, e desempenha um papel de primeiro plano nas hipertensões que aparecem durante a menopausa.

Originally posted 2014-03-27 11:09:48.

718085 25072577 - Cianose das mãos e/ou dos pés

Cianose das mãos e/ou dos pés

Algumas pessoas têm em permanência uma acrocianose, ou seja, uma cianose (coloração azul-arroxeada da pele) provocada por uma perturbação circulatória constante, simétrica indolor das mãos, dos pés, dos dedos das mãos e dos pés, acompanhada por suores nas extremidades.

A cor dos dedos varia do vermelho ao negro, passando pelo azul-arroxeado, conforme a intensidade da cianose. A acrocianose associam-se por vezes frieiras.

O fenómeno de Raynaud aparece durante o tempo frio ou por ocasião de estados emocionais intensos. Manifesta-se através de uma descoloração dos dedos que se tornam branco-lívidos entorpecidos, como mortos, depois cianosam-se, ficam com formigueiro e piadas. Este fenómeno pode sobreacrescentar-se a uma acrocianose.

Acrocianose e fenómeno de Raynaud aparecem sobretudo na mulher, começam na puberdade e pioram sempre com o frio.

Principais complicações

A maioria dos sintomas não tem uma causa reconhecida, expecto o fenómeno de Raynaud que tem várias origens e impõe uma consulta ao médico tanto mais que só é conhecido há pouco tempo, ou aparece num homem, ou não é simétrico, ou seja, só ataca um único lado.

Para alem disso, há certos medicamentos que podem provocá-lo.

Prevenção

Proteja as extremidades do seus membros contra o frio sobrepondo as camadas se possível: dois pares de luvas ou de meias de lã.

Tratamento

Quando as mãos e os pés estão frios e a cor da pele é normal

Encontramos sobretudo medicamentos de terreno:

  • Pulsatilla 9CH, nas mulheres que respondem bem que têm sempre frio nas mãos e nos pés
  • Silicea 9CH, nas mulheres magras, friorentas, muito sensíveis ao frio. Nunca chegam a aquecer as mãos e os pés (nem mesmo quando os encostam aos do companheiro durante a noite).

Posologia: 2 grânulos ao levantar.

Acrocianose

  • Agaricus 7CH: medicamento da acrocianose quando os dedos ficam vermelhos e arroxeados ou quando também ataca os dedos dos pés, o nariz ou a orelhas. Também é um medicamento de frieiras
  • Arnica montaria 7 CH: pela sua atividade sobre os vasos e os músculos e sobre todas as formas de traumatismos (até mesmo os traumatismos provocados pelo frio) comporta-se eficazmente nesta indicação.
  • Hamamelis 7 CH atua sobre as veias das extremidades.

Posologia 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Fenómeno de Raynaud

Só pode tomar este medicamento se o diagnóstico tiver sido feito pelo seu médico. Em todos os outros casos, deve consulta-lo.

Acrescente aos medicamentos precedentes:

  • Arsenicum álbum 15 CH, se as dores ardentes dos dedos melhorarem com o calor.
  • Secale cornutum 15CH, quando, ao contrario, as dores ardentes das extremidades melhorarem com o frio, e isto apesar da frieza objetiva destas ultimas.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar
Nestas indicações, o tratamento de terreno é indispensável.

Originally posted 2014-03-27 11:24:41.