fundo02 - Cicratizaçao

Cicratizaçao

Diagnóstico

A cicatrização termina a cura de uma fenda através de um tecido fibroso que substitui o que foi destruído. Esta última faz-se normalmente bem e só deixa uma cicatriz quase invisível; algumas vezes, a cicatrização tarda, a fenda fecha-se lentamente.

Mais raramente, faz-se excessivamente: a cicatriz toma-se quelóide – ou seja, forma-se um refego duro na pele. mais ou menos ramificado em patas de lagostim – e por vezes vermelho e inflamatório.

Tratamento homeopático

Nas pessoas que cicatrizam mal

  • Arnica montana 9 CH, depois de uma intervenção cirúrgica, favorece a cicatrização e limita as hemorragias

Para as pessoas que cicatrizam lentamente, cujas feridas supuram durante muito tempo e/ou são multo dolorosas

  •  Hepar sulfur 9CH, nos sujeitos muito sensíveis à dor quando o pus se mistura com o sangue nas feridas.
  • Silicea 9CH, nos sujeitos magros e friorentos, cujas feridas são acompanhadas por dores do género daquelas que sentimos quando enfiamos uma lasca na pele. Medicamento muito eficaz nas feridas que supuram muito tempo devido a sujidade ou corpo estrangeiros incluídos, ate mesmo há muito tempo enquistados, e muito difíceis de eliminar.
  • Sulfur 9CH, nos sujeitos alérgico, que transpiram facilmente e que têm sempre muito calor.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar ate a supuração parar.

Se os sujeitos não responderam em, utilizaremos sistematicamente

  • Hepar sulfur 5CH
  • Silicea 5CH

Posologia: 2 grânulos 3 vezes por dia durante 8 dias, deverá ir consultar um médico na ausência de melhoras.

Cuidado

Estes dois medicamentos aumentam a supuração no principio da sua utilização. Utilize-os enquanto o pus puder sair. Pare logo que a fenda estiver limpa e/ou começar a fechar-se.

Se não seguir estes conselhos, corre o risco de provocar uma supuração sob a pele e portanto agravar e retardar a cura da ferida
Em todo o caso, assegure-se do asseio da ferida.

Para lutar contra a dor

  • Hypericum perforatum 5CH acalma a dor, sobretudo nas feridas das extremidades (dedos) ricas em pequenos fios nervosos

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Para lutar contra as quelóides

  • Graphites 7 CH, sistematicamente.
  • Causticum 7CH, nas cicatrizes quetóides dolorosas.
  • Radium bromatum 7CH, quando as cicatrizes quelóides estão inflamadas, ou seja, vermelhas, dolorosas, e que pequenos vasos aparecem à volta.
  • Lachesis mutus 7CH, quando a cicatriz se toma vermelha e deita sangue
  • Tuberculinum residuum 9 CH, nas cicatrizes de acne.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia pelo menos durante 1 mês.

Tratamentos termais

São ainda mais eficazes se forem feitos precocemente. São principalmente indicados para as cicatrizes de queimaduras e quando houve enxertos na pele.

Avène-les-Bains, La Bourboule, Les Fumades-les-Bains, Molitg-les-Bains, Neyrac-les-Bains, La Roche-Posay, Rochefort-sur-Mer, Sail-les-Bains, Saint-Christau, Saint-Gervais, Saujon, Uriage-les-Bains.

Originally posted 2014-03-26 15:32:56.

curare bambini omeopatia - Verrugas

Verrugas

São tumores benignos contagiosos, que atacam cerca de 10% da população. São provocadas por papilomavírus dos quais mais de sessenta tipos são hoje conhecidos. Cuidado para não confundir com outros tumores cutâneos.

Diagnostico

Existem vários tipos de verrugas

  • as verrugas vulgares são as mais espalhadas na população. Rugosas, com os limites nítidos, indolores, estão localizadas na maioria das vezes nos dedos (à volta das unhas), nos cotovelos, nos joelhos, no rosto, no couro cabeludo. As crianças e os adolescentes são especialmente atacados, a proliferação das verrugas é favorecida pela manipulação incessante e pelos traumatismos dos joelhos e dos cotovelos.
  • as verrugas plantares, as mirmécias, situadas na planta dos pés, são achatadas, dolorosas e tem tendência para sangrarem facilmente, estão engastadas na pele e são difíceis de eliminar. As verrugas em mosaico, uma outra forma de verrugas plantares, são pequenas, múltiplas, muito próximas. Multiplicam-se graças ao chão das piscinas e aos seus duches.
  • as verrugas filiformes, pequenas excrescências estreitas e compridas, situam-se nas pálpebras, no rosto, no pescoço e nos lábios.

Tratamentos

Verrugas vulgares

Verruga das mãos

  • Das palmas das mãos
  • Antimonium crudum 7CH, se as verrugas forem córneas e duras.
  • Natrum sulfuricum 7CH, se os sujeitos responderam bem.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 granulos, ao levantes e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

  • Das costas das mãos
  • Dulcamara 7CH, se a verrugas forem moles, largas, planas, transparentes, pouco ou nada dolorosas.
  • Natrum carbonicum 7 CH, se os sujeitos responderem bem.
  • Thuya occidentalis 7CH, se as verrugas duras e dolorosas sangrarem facilmente

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

  • Dos dedos
  • sob ou à volta das unhas, largas e que sangram facilmente: Causticum 7 CH
  • à volta das unhas e dolorosas: Graphites 7CH (por vezes com deformação nas unhas).

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Verrugas do rosto

  • do nariz: Causticum 7 CH, se sangrarem facilmente
  • das faces: Dulcamara 7 CH.

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pato menos 2 meses.

Seja qual for a sua localização

Se as verrugas forem:

  • córneas e duras: Antimonium crudum 7CH.
  • dolorosas e sangrarem facilmente: Thuya occidentalis 7CH
  • indolores e moles: Dulcamara 7CH.
  • amareladas (ou a pele à volta), pontiagudas e sangrarem facilmente: Nitricum acidum 7CH

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Verrugas plantares

  • Antimonium crudum 7CH.
  • Dulcamara 7CH, verrugas plantares contraídas numa piscina.
  • Thuya occidentalis 7CH.
  • Nitricum acidum 7CH. se as verrugas – ou a base na qual estão implantadas – forem amareladas, córneas e sangrarem facilmente

Posologia 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

Verrugas filiformes

  • Nitricum acidum 7CH, se a verrugas pontiagudas causares comichão e sangrarem.
  • Ferrum pitricum 7CH, se a verrugas forem menos pontiagudas e sobretudo estiverem agrupadas.

Posologia: 2 granulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Excrescências genitais

É indispensável ir consultar um médico.

Tratamento local

Aplique nas verrugas, duas vezes por dia. com a ajuda de uma compressa:

  • Thuya occidentalis tintura-mãe, se as verrugas forem duras, dolorosas e sangrarem facilmente.
  • Chelidonium majus tintura-mãe, medicamento popular eficaz no tratamento das verrugas, em aplicação local.

Originally posted 2014-03-27 10:31:36.

lirio3 - Frieiras

Frieiras

Diagnostico

  • As freiras são lesões provadas pelo frio, caracterizadas por uma tumefação vermelha, violácea e dolorosa das zonas atacadas: os dedos das mãos, dos pés, as orelhas ou o nariz são os sítios que são mais atacados.
  • Na fase seguinte, por exemplo muito frio (gelo) e se não tivermos a possibilidade de nos aquecermos, a frieiras gela; um consulta médica urgente impões-se logo que possível.
  • Recentemente, Affca mostrou que as vitimas das frieiras são mulheres jovens, que não fumam, não estão expostas ao frio no local de trabalho, e cujas mães apresentam o mesmo problema.

Principais complicações

Os enregelamentos com as sua complicações: bolhas (flictenas), rachas e escaras.

Prevenção

  • Quando o tempo está frio ou muito frio, a cabeça deve ser agasalhada, as luvas ou as meias devem manter-se o mais secas possível, e os sapatos não devem ser demasiados apertados para não incomodarem a circulação.
  • Mexa as mãos e os pés logo que a sensação de entorpecimento aparecer.

Tratamento local

  • Aquecer as partes atacadas molhando as mãos ou os pés em agua quente com uma temperatura suportável (entre 38ºC e 43ºC).
  • Pomada de Calendula: aplicação em massagem leve, até encontrar as sensações normais na ponta dos dedos das mãos ou dos pés.

Tratamento homeopático

Sistematicamente

  • Agaricus 7CH, em todas as fases: no inicio, quando as partes atacadas têm formigueiro e começam a tornar-se vermelhas e violáceas. A seguir, quando as frieiras ou os enregelamentos são acompanhados por comichão e dores que picam e ardem. Tanto ataca os dedos das mãos e dos pés, como o nariz e as orelhas.

Posologia: 2 grânulos de cinco em cinco minutos togo que possível, depois 5 vezes por dia durante 2 dias no caso de urgência. Senão, 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante os períodos de frio.

Associado a

  • Petroleum7CH, se as frieiras começarem a ficar com gretas e aparecerem todos os Invernos.
  • Nitricum acidum 7CH, se a pele tiver gretas e deitar sangue.
  • Ranunculus bulbosus 7CH, se a dor predominar
  • Urtica urens 7CH, se a comichão ganhar
  • Secale comutum 7CH, se os formigueiros e as queimaduras melhorarem com o frio.

Posologia: 2 grânulos de cinco em cinco minutos logo que possível, depois 5 vezes por dia durante 2 dias no caso de urgência. Senão, 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante os períodos de frio.

Originally posted 2014-03-26 16:41:45.

homeopatia1 - Urticárias Agudas

Urticárias Agudas

Doença benigna a não negligenciar devido às suas complicações, excecionais mas graves.

Diagnóstico

A urticaria define-se através da erupção fugaz de pápulas ou borbulhas edematosas rosadas ou esbranquiçadas – parecidas com picadas de urtiga – que causam muita comichão e mudam de lugar com frequência. É muitas vezes de origem alérgica.

Principais complicações

  • Edema de Quincke, ou seja, um edema que dói e causa comichão nas pálpebras, nos lábios e por vezes no rosto todo. A sua gravidade reside no risco de aparecimento de um edema na garganta que pode bloquear a respiração. É uma verdadeira urgência médica.
  • Choque anafiláctico com risco de morte em menos de uma hora (um caso em cada dois milhões). Nunca hesite em consultar um médico à mais pequena inquietação.

Prevenção

Tente eliminar os fatores que a desencadeiam:

  • alguns medicamentos, tais como, por entre os mais conhecidos, a aspirina, a penicilina, as sulfamidas, a insulina, e os produtos iodados radiológicos;
  • alimentos: as nozes, o marisco, os moluscos, os peixes, os morangos, as framboesas, os pêssegos, os tomates, o chocolate.

Tratamentos

Posologia: 2 granulos de cinco em cinco minutos de uma maneira repetida, depois espace os medicamentos logo que haja melhoras.

Acrescente

Apis mellifica 7CH, se a urticária melhorar com aplicações frias.
Urtica urens 7CH, se, ao contrário, o calor acalmar a comichão e se as aplicações frias a agravarem.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos de cinco em cinco minutos de uma maneira repetida, depois espace os medicamentos logo que haja melhoras.

Não hesite em consultar um médico se os problemas persistirem.

Originally posted 2014-03-27 09:58:38.

116639 Papel de Parede Dia de sol 1400x1050 1 - Alergia solar

Alergia solar

As alergias, ou lucites solares, estão ligadas à exposição ao sol.

Diagnóstico

  • Aparece muitas vezes na mulher jovem, depois de uma ou duas horas de exposição importante ao sol.
  •  Manifesta-se através de uma erupção de pápulas. ou borbulhas vermelhas, que causam comichão nas regiões mais expostas: mãos, pés, antebraços, decote. O rosto é poupado.
  • Desaparece espontaneamente no fim de duas ou três semanas de exposição solar, mas recomeça todos os anos espalhando-se progressivamente.

Prevenção

  • Cubra-se com roupas de algodão grosso que protegem a pele nos primeiros dias (mangas compridas, calças).
  • Evite a exposição solar entre 10 e 14 horas “hora solar” (12 às 16 horas no relógio), prote- ja-se com uma T-shirt mesmo quando o céu está enevoado, ou na água. Evite também o sol no princípio do mês de Julho onde a irradiação é mais intensa, em altitude, e na neve.
  • Evite as aplicações de perfumes ou de águas de toilette que contenham bergamota ou óleo de alcatrão assim como certas plantas (poa, salsa).
  • Alguns medicamentos aumentam a sua sensibilidade ao sol, fale disso com o seu médico.

Tratamento

Regra de bom senso

Fique à sombra um ou dois dias.

Tratamento preventivo

Muriaticum acidum 9CH, nos indivíduos que se queimaram nos anos anteriores e nos quais a mais pequena exposição ao sol desencadeia tumescencias cutâneas, vermelhas, ardentes, acompanhadas por comichão intensa. Medicamento típico das lucites solares.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

  • Histaminum 9 CH: comece o tratamento quinze dias antes de partir de férias e continue o tratamento durante a primeira semana.

Posotogia: uma dose por semana

Tratamento curativo

Logo ao princípio, desde o aparecimento da vermelhidão
Tome sistematicamente os três medicamentos seguintes:

  • Apismellifica 5CH.
  • Belladonna 5CH.
  • Poumon Histamine 7CH.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias. depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Se a comichão começar
Acrescente imediatamente:

  • Urtica urens 5CH.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias

Tratamento de terreno

Há um medicamento que sobressai muitas vezes, o Natrum muriaticum mas será o seu médico homeopata quem decidirá ou não do seu interesse.

Originally posted 2014-03-26 14:46:33.