fundo02 - Eczema atópico

Eczema atópico

Ou dermatite atópica, não deve ser confundido com o eczema de contacto que é desencadeado por uma substancia colocada diretamente em cima da pele. As causas são múltiplas, os fatores psíquicos também desempenham um papel

Diagnostico

  • Na maioria das vezes, o eczema atópico ataca a criança, mas não pouco o adulto. Aparece num terreno geneticamente predisposto, o terreno atópico, no qual outras manifestações alérgicas – asma, febre-dos-fenos, conjuntivite alérgica – podem aparecer. Neste ultimo caso, encontramos com frequência alergias nos pais.
  • Um sinal constante do eczema: a comichão que desencadeia um circulo vicioso prurido-coçadela-erupção-prurido.
  • No bebé, situa-se sobretudo nas bochechas, nos refegos dos cotovelos e dos joelhos, no couro cabeludo e no traseiro; na criança pequena, predomina nos cotovelos, por detrás dos joelhos, nas mãos e à volta da boca.

Principais Complicações

As sobre-infeções das lesões devido às coçadelas

Regras de higiene, prevenção
Para o seu filho:

  • Não lhe vista roupa de fibras sintéticas
  • Não aplique perfuma ou agua de toilette
  • Não utilize amaciadores na lavagem da roupa, passe bem a roupa por agua limpa~limite se possível o contacto com os animais
  • Não o tape demasiado, coloque-lhe um humidificador no quarto;
  • Não lhe dê banho numa agua que ultrapasse 36ºC; utilize um sabonete sobre-gorduroso, acrescente à agua óleos vegetais ou extratos de aveia com propriedades amaciadores, enxague-o sem esfregar a pele com a talha. Corte-lhe as unhas no máximo.
  • No Inverno, proteja-lhe as mãos no rosto com um creme tipo Cold-Cream.

Tratamento homeopáticos

Logo ao início

  • Belladonna 7 CH. logo ao principio do eczema quando a pele está vermelha, quente e dorida.

Logo que a comichão aparece

  • Apis mellifíca 7CH, quando o eczema começa por um ligeiro edema da pele, com comichão que arde e que melhora com aplicações frias.
  • Urtica urens 7CH, se a comichão piorar com aplicações frias.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Quando as vesículas surgem

As vesículas, ou seja, as bolhas com o tamanho de uma cabeça de alfinete cheias de um liquido transparente, picam e ardem.

  • Cantharis vesicatoria 7CH é indicado quando estas sensações melhoram com aplicações frias.
  • Rhus toxicodendron 7CH, quando as vesículas pequenas melhoram com as coçadelas e com as aplicações de água muito quente.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Na fase do corrimento e das crostas

  • Graphites 9 CH, se as crostas forem grossas e colarem deixando sair um líquido viscoso e amarelado. As lesões predominam nos ouvidos, no couro cabeludo, na boca, nos joelhos e nos cotovelos. A comichão piora com o calor, a lavagem e o calor da cama, e melhora com aplicações frescas. É o eczema do Verão.
  • Petroleum 7CH, muito próximo de Graphites, mas distingue-se dele através do corrimento claro e fluido das vesículas. As lesões prevalecem não só no rosto, como também nas mãos, nos órgãos genitais e nos dedos dos pés. A comichão piora com o frio e o Inverno, e melhora com o calor e o Verão. É o eczema do Inverno.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante 1 mês.

Quando a pele começa a recuperar

  • Arsenicum album 7CH, quando o eczema se torna seco, quando a pele escama e as crostas caiem “em pó”. Persistem sensações de queimaduras e comichão que melhoram com aplicações quentes, pioram com as coçadelas – que provocam sangue -, com o frio, e durante a noite entre 1 e 3 horas da manhã.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante 15 dias.

No caso de infecções cutâneas

Enquanto não vai ao médico:

  • Mezereum 7CH, 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Tratamentos termais

Avène-les-Bains, La Bourboule, Les Fumades-les-Bains, Molitg-les-Bains, Neyrac-les-Bains, La Roche-Posay, Rochefort-sur-Mer, Sail-les-Bains, Saint-Gervais, Saujon, Uriage-les-Bains.

Originally posted 2014-03-26 16:27:25.

Homeopatia para adelgazar 2 - Zona

Zona

A zona é uma infeção neurológica provocada pelo vírus varicela-zona. Aparece na maior parte das vezes através da reativação deste vírus nas pessoas que tiveram a varicela.

De facto, o vírus que ficou nos gangliões do crânio ou da espinal medula espalha-se na pele por intermédio tios nervos sensitivos. Ataca cerca de 10 a 20% da população e é inquietante nas pessoas de idade cuja imunidade está diminuída ou nas pessoas que tomam corticóides devido a uma doença grave.

Diagnóstico

  • Distinguimos principalmente duas espécies de zonas: a zona intercostal (50 % dos casos) que ataca o tórax, e a zona oftálmica que ataca o rosto. De facto, o vírus pode estar localizado em qualquer nível da medula. Portanto, a zona pode situar-se no abdómen, nos lombos, nas nádegas, e nos membros.
  • Caracteriza-se por uma erupção unilateral de vesículas — pequenas bolhas cheias de líquido — idênticas às da varicela, mas circunscritas ao território do nervo atacado, e por nevralgias ligadas à infeção do ou dos nervos sensitivos. As dores aumentam com o aparecimento das vesículas, a sensação de queimadura é intensa e não deixa dormir. No fim de quatro ou cinco dias, as vesículas secam e formam-se crostas.
  • A chegada da zona é muitas vezes precedida por dores ou ardores no território atacado, as erupções evoluem por crises.

Na zona oftálmica, um exame oftalmológico é indispensável.

Principais complicações

  • Na zona intercostal, a sobre-infeção e a generalização da erupção são raras. As cicatrizes são mais ou menos importantes.

A principal complicação é a persistência das dores depois da cura da zona. Estão presentes em 25 a 50% dos sujeitos com mais de cinquenta anos; a sua frequência aumenta mais com a idade.

A dor nem sempre desaparece com o tempo, visto que 50% dos sujeitos ainda sofrem um ano depois.

  • Na zona oftálmica, as principais complicações são oculares: a conjuntivite é frequente, e a ceratite aparece em 35% dos casos.

Regras de higiene

  • Corte as unhas muito curtas.
  • Tome um banho todos os dias, depois aplique uma solução de eosina aquosa a 1% ou de hexamidina.
  • Se estiver a tratar um doente, deve sempre lavar as mãos depois de cada contacto.

Tratamento homeopático

No início
Se o diagnostico for feito precocemente, deve tomar com seis horas de intervalo:

  • Um dose de Vaccinotoxinum 30CH
  • Uma dose de Stephylococcinum 30CH
  • Um dose de Sulfur 15CH

Originally posted 2014-03-27 10:43:41.

remedio - Comichão Parte II

Comichão Parte II

Comichões ligadas a causas identificadas

Provocadas por lombrigas (oxiurose)

As comichões do nariz e do ânus são facilmente notadas na criança. Dois medicamentos são principalmente indicados:

  •  Cina 9CH., nas crianças muito nervosas, caprichosas, que rangem os dentes de noite e acordam cheias de medo a meio da noite.
  •  Sabadilla 9CH, quando a oxiurose se manifesta através de côltcas abdominais, e as comichões aparecem e/ou pioram na Lua Nova ou na Lua Cheia.

Posologia (para lodos estes medicamentos) 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante 1 mês.

De origem alérgica

  • Apis mellifica 7CH: lesões de urticárias que pioram com o calor e melhoram com agua fria ou aplicações frias.
  • Urtica urens 7CH: lesões de urticária que pioram com a água e com as apbcaçoes frias

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos de cinco em cinco minutos de uma meneira repetida, depois espace logo que haja melhoras.

  • Dolichos pruriens 7CH, medicamento de prurido ou de comichão que piora à noite o calor da cama.

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias

  • Muriaticum acidum 9CH, em prevenção das alergias provocadas pelo sol, as lucites solares.

Posologia 2 grânulos ao levantar e ao deitar. Comece o tratamento 15 dias antes de partir de férias e continue o tratamento durante a primeira semana

Provocadas por doenças de pele

  • Lycopodium clavatum 7CH, no eczema acompanhado por comichões que o doente coça até fazer sangue, nos sujeitos que sofrem de perturbações digestivas
  • Staphysagria 9CH, em toda as doenças de pele características por comichões que mudam de lugar quando coçamos, ou seja, passam de uma zona para a outra logo que o paciente se atinou num sitio.

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos ao levantar e ao deitar durante 1 mês

Originally posted 2014-03-26 16:03:27.

fundo02 - Cicratizaçao

Cicratizaçao

Diagnóstico

A cicatrização termina a cura de uma fenda através de um tecido fibroso que substitui o que foi destruído. Esta última faz-se normalmente bem e só deixa uma cicatriz quase invisível; algumas vezes, a cicatrização tarda, a fenda fecha-se lentamente.

Mais raramente, faz-se excessivamente: a cicatriz toma-se quelóide – ou seja, forma-se um refego duro na pele. mais ou menos ramificado em patas de lagostim – e por vezes vermelho e inflamatório.

Tratamento homeopático

Nas pessoas que cicatrizam mal

  • Arnica montana 9 CH, depois de uma intervenção cirúrgica, favorece a cicatrização e limita as hemorragias

Para as pessoas que cicatrizam lentamente, cujas feridas supuram durante muito tempo e/ou são multo dolorosas

  •  Hepar sulfur 9CH, nos sujeitos muito sensíveis à dor quando o pus se mistura com o sangue nas feridas.
  • Silicea 9CH, nos sujeitos magros e friorentos, cujas feridas são acompanhadas por dores do género daquelas que sentimos quando enfiamos uma lasca na pele. Medicamento muito eficaz nas feridas que supuram muito tempo devido a sujidade ou corpo estrangeiros incluídos, ate mesmo há muito tempo enquistados, e muito difíceis de eliminar.
  • Sulfur 9CH, nos sujeitos alérgico, que transpiram facilmente e que têm sempre muito calor.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar ate a supuração parar.

Se os sujeitos não responderam em, utilizaremos sistematicamente

  • Hepar sulfur 5CH
  • Silicea 5CH

Posologia: 2 grânulos 3 vezes por dia durante 8 dias, deverá ir consultar um médico na ausência de melhoras.

Cuidado

Estes dois medicamentos aumentam a supuração no principio da sua utilização. Utilize-os enquanto o pus puder sair. Pare logo que a fenda estiver limpa e/ou começar a fechar-se.

Se não seguir estes conselhos, corre o risco de provocar uma supuração sob a pele e portanto agravar e retardar a cura da ferida
Em todo o caso, assegure-se do asseio da ferida.

Para lutar contra a dor

  • Hypericum perforatum 5CH acalma a dor, sobretudo nas feridas das extremidades (dedos) ricas em pequenos fios nervosos

Posologia: 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Para lutar contra as quelóides

  • Graphites 7 CH, sistematicamente.
  • Causticum 7CH, nas cicatrizes quetóides dolorosas.
  • Radium bromatum 7CH, quando as cicatrizes quelóides estão inflamadas, ou seja, vermelhas, dolorosas, e que pequenos vasos aparecem à volta.
  • Lachesis mutus 7CH, quando a cicatriz se toma vermelha e deita sangue
  • Tuberculinum residuum 9 CH, nas cicatrizes de acne.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 3 vezes por dia pelo menos durante 1 mês.

Tratamentos termais

São ainda mais eficazes se forem feitos precocemente. São principalmente indicados para as cicatrizes de queimaduras e quando houve enxertos na pele.

Avène-les-Bains, La Bourboule, Les Fumades-les-Bains, Molitg-les-Bains, Neyrac-les-Bains, La Roche-Posay, Rochefort-sur-Mer, Sail-les-Bains, Saint-Christau, Saint-Gervais, Saujon, Uriage-les-Bains.

Originally posted 2014-03-26 15:32:56.

curare bambini omeopatia - Verrugas

Verrugas

São tumores benignos contagiosos, que atacam cerca de 10% da população. São provocadas por papilomavírus dos quais mais de sessenta tipos são hoje conhecidos. Cuidado para não confundir com outros tumores cutâneos.

Diagnostico

Existem vários tipos de verrugas

  • as verrugas vulgares são as mais espalhadas na população. Rugosas, com os limites nítidos, indolores, estão localizadas na maioria das vezes nos dedos (à volta das unhas), nos cotovelos, nos joelhos, no rosto, no couro cabeludo. As crianças e os adolescentes são especialmente atacados, a proliferação das verrugas é favorecida pela manipulação incessante e pelos traumatismos dos joelhos e dos cotovelos.
  • as verrugas plantares, as mirmécias, situadas na planta dos pés, são achatadas, dolorosas e tem tendência para sangrarem facilmente, estão engastadas na pele e são difíceis de eliminar. As verrugas em mosaico, uma outra forma de verrugas plantares, são pequenas, múltiplas, muito próximas. Multiplicam-se graças ao chão das piscinas e aos seus duches.
  • as verrugas filiformes, pequenas excrescências estreitas e compridas, situam-se nas pálpebras, no rosto, no pescoço e nos lábios.

Tratamentos

Verrugas vulgares

Verruga das mãos

  • Das palmas das mãos
  • Antimonium crudum 7CH, se as verrugas forem córneas e duras.
  • Natrum sulfuricum 7CH, se os sujeitos responderam bem.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 granulos, ao levantes e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

  • Das costas das mãos
  • Dulcamara 7CH, se a verrugas forem moles, largas, planas, transparentes, pouco ou nada dolorosas.
  • Natrum carbonicum 7 CH, se os sujeitos responderem bem.
  • Thuya occidentalis 7CH, se as verrugas duras e dolorosas sangrarem facilmente

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

  • Dos dedos
  • sob ou à volta das unhas, largas e que sangram facilmente: Causticum 7 CH
  • à volta das unhas e dolorosas: Graphites 7CH (por vezes com deformação nas unhas).

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Verrugas do rosto

  • do nariz: Causticum 7 CH, se sangrarem facilmente
  • das faces: Dulcamara 7 CH.

Posologia (para todos estes medicamentos) 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pato menos 2 meses.

Seja qual for a sua localização

Se as verrugas forem:

  • córneas e duras: Antimonium crudum 7CH.
  • dolorosas e sangrarem facilmente: Thuya occidentalis 7CH
  • indolores e moles: Dulcamara 7CH.
  • amareladas (ou a pele à volta), pontiagudas e sangrarem facilmente: Nitricum acidum 7CH

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Verrugas plantares

  • Antimonium crudum 7CH.
  • Dulcamara 7CH, verrugas plantares contraídas numa piscina.
  • Thuya occidentalis 7CH.
  • Nitricum acidum 7CH. se as verrugas – ou a base na qual estão implantadas – forem amareladas, córneas e sangrarem facilmente

Posologia 2 grânulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses.

Verrugas filiformes

  • Nitricum acidum 7CH, se a verrugas pontiagudas causares comichão e sangrarem.
  • Ferrum pitricum 7CH, se a verrugas forem menos pontiagudas e sobretudo estiverem agrupadas.

Posologia: 2 granulos, ao levantar e ao deitar, durante pelo menos 2 meses

Excrescências genitais

É indispensável ir consultar um médico.

Tratamento local

Aplique nas verrugas, duas vezes por dia. com a ajuda de uma compressa:

  • Thuya occidentalis tintura-mãe, se as verrugas forem duras, dolorosas e sangrarem facilmente.
  • Chelidonium majus tintura-mãe, medicamento popular eficaz no tratamento das verrugas, em aplicação local.

Originally posted 2014-03-27 10:31:36.