1dandelion3

Os medicamentos homeopáticos soo provenientes principalmente, tal como acabamos de ver, de todos os reinos da natureza: animal, vegetal ou mineral

As substâncias vegetais

As substancias vegetais, as plantas, as mais numerosas, aproximadamente 1 500 estão na origem doe medicamentos homeopáticos.

A legislação impõe a apanha de plantas frescas {com as suas raízes), de manha cedo, no seu habitat natural. De preferência selvagens, estes vegetais devem ter crescido o máximo possível ao abrigo da poluição, ou seja, sem a utilização de adubos químicos, pesticidas, herbicidas, fungicidas, inseticidas. As plantas cujo habitat está afastado dos laboratórios homeopáticos são transporta- das secas.

Conforme os medicamentos, utilizamos tudo ou uma parte da planta, sendo a base uma tintura-mãe que provem da maceração desta última em álcool.

As substancias de origem animal

Tem por origem:

  • Um animal inteiro, tal como a abelha ou a formiga vermelha
  • Uma parte ou uma secreção intestinal de cachalote; ou Vípera, a víbora, cujo veneno é utilizado no medicamento homeopático.
  • Microrganismos derivados do bacilo tuberculoso Aviaire, Tuberculinum ou TK, Tuberculinum residuum ou TR; VAB o BCG, provenientes de bactéria patogênicas retiradas do homem ou do animal, Anthracinum, lisado de fígados de coelhos aos quais foi inoculado o carvão; Luesinum, serosidade do cancro primitivo sifilítico retirada antes de qualquer tratamento. Estes medicamentos provenientes desta área são chamados bioterápicos (antigamente nósodos). São fornecidos aos laboratórios homeopáticos pelo Instituto Pasteur ou Mérieux. Os mais conhecidos são Influenzinum, preparado a partir da vacina anti gripe e utilizado na prevenção da gripe, e colibacilinum, que é um lisado de várias bases de colibacilos, muito útil na prevenção das infecções urinárias a repetição.

Para os animais, também aqui a base é uma tintura-mãe, o veiculo é o álcool, ao passo que, no geral, os venenos ou os microrganismos são eles próprios a base e o veiculo da lactose.

As substancias de origem mineral

As bases de origem mineral provem:

  • De corpos naturais tal como o sal de mar, ou o calcário da concha de ostra, a sílica ou o petróleo.
  • De corpos compostos definidos pelo seu modo de preparação: é o caso de Causticum, mistura de cal e de bissulfato de potássio, ou de Hepar sulfur, mistura de calcário de ostra e de flor de enxofre purificado.

Classificamos nesta categoria substancias puramente químicas, tais com o enxofre, o Sulfur, o iodo, Iodum.

As substancias de outras origens

Colocamos neste grupo não só os bioterápicos que acabamos de descrever, como também uma classe especial destes últimos, os isoterápicos. São derivados de substancias:

  • que provem do próprio doente: o sangue, as fezes, as urinas, os escarros;
  • transportados pelo doente: por exemplo uma substancia alérgica, pólen ou pelos de gato, que desencadeia sistematicamente a doença neste doente.

Também aqui, são as substancias que constituem diretamente as bases dos medicamentos homeopáticos.

Originally posted 2014-03-25 10:57:28.

Comments

comments