116639_Papel-de-Parede-Dia-de-sol_1400x1050 (1)

A cistite na mulher é extremamente frequente. É uma infeção benigna de evolução habitualmente favorável. É muitas vezes rebelde e tem tendência para recomeçar.

Diagnostico

Quando tem uma cistite, a mulher queixa-se principalmente de ardores urinários. Sente necessidades frequentes e imperiosas de urinar, por vezes só algumas gotas. De tempo em tempos, há um pouco de sangue nas urinas e dores surdas na parte inferior do ventre.

A presença de febre e de dores lombares faz temer a propagação da infeção até aos rins. Nesse caso, deve ir a uma consulta sem demora, do mesmo modo na presença de um corrimento vaginal anormal, ou seja. perdas irritantes, coloridas e com mau cheiro.

Também pode acontecer que os homens tenham ardores urinários, é necessário nesse caso ir a uma consulta.

Principais complicações

As cistites, embora banais, têm tendência para recomeçarem. Na maioria das vezes nenhuma causa explica estas recaídas; por vezes, estão na sua origem mínimas malformações do aparelho urinário.

No caso de cistites reincidentes – definidas pelo aparecimento de mais de quatro crises por ano-, o seu médico pedirá exames complementares a fim de determinar a sua origem.

Regras de higiene

  • Beba pelo menos um litro e meio de água por dia.
  • Urine regularmente, ou seja, quando tem vontade; “retenha-se” o menos possível.
  • Urine a seguir às relações sexuais. As cistites consecutivas às relações sexuais desaparecem depois do primeiro filho.
  • Não faça duches vaginais.
  • Quando se lavar depois de ter ido à casa-de-banho, enxugue-se de diante para trás.
  • Lave-se com sabão de Marselha.

Originally posted 2014-03-28 14:37:54.

Comments

comments