lirio3

A acene rosácea, ou caparrosa, ataca o adulto de idade média sobretudo a mulher entre trinta e cinquenta anos, muitas vezes no momento da menopausa.

Diagnóstico

O ataque inflamatório da pele traduz-se por uma vermilhadão transitória(flush) depois permanente do rosto, do nariz e das maças do rosto em especial. Não há pontos negros, mas haverá a seguir, numerosas pústulas e pápulas.

Principais complicações

Numa fase mas avançada, aparece uma rinofima, ou seja um aumento de volume do nariz que se torna intumescente, vermelho e deformado.

Regras de higiene

  • A mulher com pele seca muito sensível ao sol tem predisposição para a caparrosa. A proteção com os cremes com ecrãs totais é eficaz no caso de exposição.
  • O café, o chá, as nozes, o chocolate, a pimenta, o álcool, as especiarias, os alimentes muno quentes, as refeições copiosas e muito quentes, a ansiedade foram incriminados mas sem que haja uma certeza. É melhor limitar a coexistência destes fatores.
  • É necessário evitar os cosméticos a base álcool que irritam e utilizar sabonetes suaves e cremes gordurosos para lutar contra a agressão dos fatores climáticos que secam a pele.

Tratamento homeopático

Tratamento da caparrosa

  • Carbo animalis 5CH, medicamento sintomático da caparrosa quando predomina nas bochechas e no nariz.
  • Ledum palustre 5CH, na acne rosácea com rinofima dos sujeitos alcoólicos, em complemento de um tratamento clássico.
  • Sanguinária 5CH: acne rosácea com afrontamentos nas mulheres durante a menopausa
  • Arnica montana 5CH medicamento não especifico da acne rosácea mas que pode se acrescentado ao medicamento indicado, devido à sua ação privilegiada sobre os tecidos.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Tratamento de Terreno

É da competência do médico homeopático.

Tratamento local

Loção de Hamamelis

Tratamentos termais

Tratamentos termais com duche filiforme em Saint-Germain-les-Bains ou em Roche-Posay.

Originally posted 2014-03-26 15:13:26.

Comments

comments