O Método dos frascos separados

12 Ago 2017
0 Comment
O Método dos frascos separados

A diluição O principio é simples: consiste em diluir num frasco uma unidade da substância do inicio em partes de álcool para obter a 1 CH. Depois diluir de novo, num outro frasco, uma unidade da 1 CH em 99 partes de álcool para obter a 2 CH, etc. Por outras palavras, há 1 por 100 da substância de inicio na 1 CH, 1 por 10.000 na 2CH, 1 por 1.000.000 na 3 CH. etc. Se a diluição de uma unidade da substância de inicio se fizer em 9 partes de álcool, obtemos a primeira diluição decimal ou 1 DH. A dinamização Para que os produtos finais sejam ativos, cada diluição.

A Organoterapia

11 Ago 2017
0 Comment

A organoterapia define-se pela utilização terapêutica de órgãos de animais sãos, no estado bruto ou sob a forma de extrato. Sumariamente, damos ao doente extratos de fígado para curar as doenças hepáticas. Esta técnica foi criada e desenvolvida principalmente por Fortier-Bernoville, um medico homeopata de renome. Estes medicamentos, diluídos e dinamizados, apresentam-se sob a forma de grânulos, e são receitados segundo a lei da similitude, tal como os medicamentos homeopáticos. No entanto, contrariamente as aparências esta técnica é totalmente diferente da homeopatia embora estes remédios tenham passado por um modo de preparação idêntico ao dos medicamentos homeopáticos. De facto, falta um elo indispensável à atividade do medicamento homeopático a experimentação.

As profissões paramédicas

10 Ago 2017
0 Comment
As profissões paramédicas

As enfermeiras As enfermeiras estão desde há muito tempo sensibilizadas à homeopatia ou devido à sua experiência pessoal ou através dos seus contactos com os doentes. De facto, são as primeiras a constatar os efeitos secundários, a inutilidade ou o abuso de alguns medicamentos alopáticos. A sua curiosidade natural, o seu pragmatismo, a sua abertura de espírito levou-as muito naturalmente a questionarem-se sobre a terapêutica alopática e sobre a aproximação nova que constitui a homeopatia. Sempre muito próximas dos pacientes, aconselham-nos regularmente a completarem o seu tratamento e dirigem-nos para um médico homeopata. Para além disso, a enfermeira liberal magazine, cuja redactora-chefe e M.-F Guérel, publica regularmente artigos sobre esta.

A Homeopatia e o doente

05 Ago 2017
0 Comment

Embora a homeopatia seja utilizada por 36 % dos franceses, existem muitas zonas escuras quanto à sua destinação e às suas indicações Vamos tentar esclarece-las. “A quem se destina a homeopatia?” A terapêutica homeopática convém a todas as idades e a todos os indivíduos – bebés, pessoas de idade, mulheres grávidas, diabéticas – ou em primeira intenção, ou em complemento de um tratamento. Para os bebés, antes dos seis meses, é aconselhado derreter os grânulos num restode biberão a fim de termos a certeza de que o bebé engole o conteúdo todo. Depoisdesta idade, os grânulos podem ser postos, um ou dois, diretamente na boca; depoisde um tempo de surpresa.

As diferentes formas do medicamento homeopático

02 Ago 2017
0 Comment
As diferentes formas do medicamento homeopático

O medicamento homeopático tem uma forma original, o granulo e o glóbulo, que não encontramos em nenhum outro medicamento alopático. Os tubos-granulo e as doses-glóbulos Tal como já foi mencionado, os grânulos são pequenas esferas de lactose e de sacarose de 50mg; os glóbulos, forma farmacêutica criada por Léon Vannier em 1934, pesam 5mg e são aproximadamente de vezes mais pequenos do que os grânulos. Estas duas formas tem funções diferentes: O tubo-granulo A dose-glóbulos Utilização Quotidiana Raramente quotidiana. Muitas vezes hebdomadária ou mensal Quantidade Dois, três ou cinco O tubo inteiro de uma só vez   As outras formas medicamentosas São vulgarmente utilizadas em homeopatia duas outras formas: A.