lirio3 - A homeopatia poderá ser utilizada em prevençao das hepatites?

A homeopatia poderá ser utilizada em prevençao das hepatites?

O exemplo típico e o da hepatite B ou C crónica ativa. É uma doença que começa na maioria das vazes com sintomas banais, tais como uma gripe ou um grande cansaço mais ou menos prolongado. Este período inicial é, no geral, seguido por um longo período de estabilidade – quinze ou vinte anos – ou melhor de evolução insidiosa da doença durante a qual o doente não sente qualquer perturbação.

Depois a hepatite revela-se brutalmente através de uma cirrose ou de um cancro do fígado. Tomados durante decénios “para nada” e sentidos como tóxicos pelos doentes, os tratamentos são difíceis de aceitar.

No entanto, estes últimos, embora variavelmente eficazes, são indispensáveis. Nestas doenças, o tratamento homeopático não deve ser menosprezado, porque permite regularmente, em função do estado clínico do doente, uma redução das posologias alopáticas e/ou dos efeitos nefastos destas últimas.

A diminuição das doses pode ser até a supressão de um ou de vários medicamentos, de acordo, se possível, com o especialista que se ocupa do doente.

Originally posted 2014-03-24 13:17:21.

National Doctors Day 2011 freecomputerdesktopwallpaper 1280 - Os Médicos

Os Médicos

Os números

Em França, segundo um folheio editado pelos diferentes sindicatos homeopáticos.

5.000 médicos são ditos “médicos homeopatas”, ou seja, prescrevem na maioria das vezes em primeira intenção a homeopatia, e recorrem a outras terapêuticas quando o consideram necessário. Estão indicados na rubrica “Orientação homeopática” nos anuários departamentais de França Telecom.

 

  • 500 médicos especialistas são prescritores de homeopatia; entre eles. contamos aproximadamente 10 pediatras. Para além destes últimos, os dermatologistas, os ginecologistas, os ORL e os pneumologistas, os alergiologistas e os geriatras parecem cada vez mais atraídos por esta disciplina

 

  • 13.000 médicos prescrevem a homeopatia ocasionalmente, e não são mencionados na rubrica “Homeopatia” dos anuários.

 

A Caixa Nacional de Segurança Social classifica os médicos homeopatas na categoria “Omniclínicos com modo de exercício especial” (MEE), juntamente, entre outros, com os acupunctores. os alergiologistas, flebologistas e os angiologistas. São classificados nesta categoria, porque exercem práticas especificas não reconhecidas como especialidades pela Segurança Social.

O número total de MEE em 1995 era de 6.806. Para a CNAM. o número dos médicos homeopatas sena mais restrito, visto que conta 1.398, ou seja, 20,5 % do conjunto dos MEE. Por entre outras categorias que também praticam a homeopatia, notamos 30,5 % (2.074) de clínicos acupunctores e 1.056 que pertencem a grupos próximos.

Um estudo mais antigo mas mais completo da CNAM indica que 23,6 % dos médicos homeopatas exercem em sector 1. Efetuam 88% dos seus atos em consulta e, contrariamente ao preconceito segundo o qual os médicos homeopatas não vão a domicilio, as deslocações constituem 9,7% dos seus tratamentos.

A maior parte das patologias é tratada por médicos generalistas homeopatas, as doenças dermatológicas são por uma boa parte tratadas pelos dermatologistas homeopatas (20,7%).

Com todos os atos em conjunto (consultas, consultas a domicílio, medicamentos, exames complementares, baixas, etc), um médico homeopata custa lodos os anos à sociedade 1.366.422 francos contra 2.370.249 francos para um médico generalista, ou seja, aproximadamente um custo menos elevado de 42%.

Originally posted 2014-03-24 16:06:30.

shutterstock 60487504 - A Mesoterapia

A Mesoterapia

Os mesoterapeutas reclamam-se da alopatia e com razão. A mesoterapia é uma técnica inventada paio Dr. Pistor que consiste em infectar, sob a pele, uma quantidade muito pequena de medicamentos clássicos – anti-inflamatórios, corticoides, relaxantes, por exemplo – o mais perto possível de uma dor ou de uma lesão.

Esta técnica é sobretudo conhecida pelo seu interesse nos tratamentos localizados da celulite.

A área de predileção dos mesoterapeutas é a reumatologia e o tratamento das dores da toda a espécie como as tendinites, as entorses, por exemplo. Esta terapia também atua eficazmente nas perturbações venosas e arteriais. Contrariamente à homeopatia, a mesoterapia utiliza injeções e tem um procedimento puramente alopático que não toma em consideração o terreno. Alguns médicos homeopatas praticam contudo a mesoterapia.

Originally posted 2014-03-21 15:04:59.

homeopatia1 - O Progresso da Homeopatia Parte II

O Progresso da Homeopatia Parte II

Em França – no século XIX

Em França, Sébastien Des Guidi – professor de matemáticas, doutor em ciências, doutor em medicina – introduziu a homeopatia em 1830. Formou-se em Nápoles, depois conheceu Hahnemann antes do seu regresso em França. Em 1836, publicou a sua “Carta aos médicos franceses sobre a homeopatia” que explicava e informava os seus colegas sobre a razão de ser da homeopatia. Curou Pierre Dufresne, que levou a homeopatia para a Suíça, e é o fundador em 1832 da primeira publicação periódica homeopática: a Biblioteca homeopática, editada em Londres e em Paris.

No mesmo ano, Pierre Dufresne reuniu a primeira sociedade homeopática, a Sociedade homeopática galicana. Sébastien Des Guidi curou a seguir Benoit Mure, o qual, por sua vez, deu a conhecer a homeopatia na Sicília, no Brasil e em outros Estados da América do Sul, em Portugal, na India, no Egipto, etc.
Em 1832. O professor Mabit, depois dos sucessos da homeopatia sobre a cólera no Hotel-Dieu, tornou-se um dos seus partidários. O desenvolvimento da homeopatia também se fez graças à abertura de consultas nos dispensários, e através da mudança de orientação de alguns médicos dos hospitais que passaram da alopatia para a homeopatia.

Em 1835, Hahnemann participou em Paris na reunião da Sociedade homeopática galicana favorecendo ainda mais o desenvolvimento da homeopatia em França Veio acompanhado por Jahr, foi rapidamente cercado por Petroz e por Léon Simon cuja energia também permitiu a difusão da homeopatia no nosso território.

As edições Baillière em França, apesar da oposição dos seus autores, contribuíram bastante para a difusão da homeopatia. Jahr publicou o seu Manual, colaborou com o farmacêutico Catellan na Nova farmacopeia e posologia homeopática que constituiu durante muitos anos, juntamente com o Códex dos medicamentos homeopáticos, a única obra de trabalho dos farmacêuticos.

Numerosos guias terapêuticos e publicações periódicas saíram nos anos 1850-1860 e, segundo Jourdan, Léon Simon traduziu para francês a quinta edição alemã do Organon, o livro principal de Hanhemann.

Léon Simon filho abriu a 9 de Abril de 1870 o hospital Hahnemann. Menos de um mês mais
tarde foi criada, no número 282 da rua Saint-Jacques, a “Casa Saint-Jacques”, que só foi verdadeiramente operacional depois do cerco de Paris. Em contrapartida, o hospital Hahnemann conheceu uma grande atividade durante a guerra com a Prússia Em 1875, o hospital Saint-Luc em Lião abriu as suas portas.

O primeiro curso estruturado da homeopatia começou, sob a direção de Pierre Jousset em Janeiro de 1887. Grandes nomes cobrem este final de século XIX e estão verdadeiramente na origem do estabelecimento sólido da homeopatia no nosso país: trata-se de Chargé e da sua obra sobre o Tratamento homeopático das doenças dos órgãos da respiração, do professor Imbert-Goubeyre, deão da faculdade de medicina de Clermont-Ferrand, do professor Mabit de Bordéus, do professor Andrieu e do professor Risueno-d’Amador que ensinavam a homeopatia na faculdade de Montpellier.

Tessier, e depois Jousset, dois médicos homeopatas com grande personalidade, prepararam a entrada da homeopatia no nosso século.

Originally posted 2014-03-21 11:15:42.

alimentar 2008 - Sinais Gerais e Evoluçao

Sinais Gerais e Evoluçao

No modo reacional terminal predominam essencialmente:

  • perturbações cardiovasculares: hipertensão arterial, aortite, coronarite, arterite;
  • ataques reumatológicos tais como artrose patologia discal e radicular;
  •  tendências para as úlceras de pele, para más cicatrizações, para fístulas.
  • manifestações glandulares da parótida, tiroide. próstata;
  • perturbações da senescência tipo psicoses, nevroses, demências.

Os principais medicamentos de terreno desta fase são: Luesinum, Mercurius solubilis, Argentum nitricum, Aurum metallicum, Platina, Plumbum metallicum, Calcarea fluorica, Fluoncum acidum e Staphysagria

A descoberta de uma diátese num sujeito – assimilada por extensão ao modo reacional geral – será afirmada pela presença de pelo menos três sinais: um sinal etiológico e dois sinais gerais.

O luetismo

É antes de mais:

  •  um sujeito psiquicamente instável que dorme muito mal e que tem dificuldades para se adaptar à vida em sociedade:
  •  perturbações físicas sentidas principalmente nos ligamentos e nos ossos;
  • um estado geral que se agrava à noite

É por exemplo:

  • uma criança agitada, que torce facilmente os pés, com insónias e dificuldades escolares

O modo reacional luético pode ser desencadeado por infecções que aparecem durante a gravidez.

Corresponde a três grandes medicamentos:
Luesinum, Mercurius solubilis, Aurum metallicum.

Originally posted 2014-03-25 13:18:27.