wp12b6bea4

A psora é o modo reacional mais comum do organismo. Neste modo, as doenças aparecem periodicamente, recomeçam sob a mesma ou diferentes formas, e atacam a pele, as mucosas e as serosas. Portanto, as afeções podem coexistir ou alternar.

Os sujeitos predispostos

Este modo aparece nos sujeitos que têm:

  • antecedentes pessoais ou familiares de doenças cutâneas e/ou de alergia e/ou de doenças metabólicas tais como a gota, diabetes, hipercolesterolemia, hipertensão arterial. Estas últimas são na sua maioria postas em jogo pelo comportamento do doente e do ambiente onde vive;
  • perturbações da termorregulação que se manifestam através de uma tendência para termos muito calor ou ao contrário muito frio;
  • um cansaço global ou que aparece de repente (crise de cansaço);
  • desregramento do apetite no sentido do excesso; uma alergia às picadas de insetos, um mau cheiro das secreções e excreções devido ou a uma aversão pela lavagem de alguns sujeitos tendo este modo reacional, ou ao próprio cheiro destas eliminações, a transpiração por exemplo.

O estado geral destes sujeitos melhora através das eliminações e piora com a sua supressão.

Os fatores desencadeantes

Os principais fatores desencadeantes da psora estão ligados:
Ao modo de vida:

  •  a sedentariedade;
  •  uma alimentação traficada e/ou desequilibrada, demasiado ou pouco abundante. A obesidade entra neste quadro: assim, o aumento de peso resulta de uma predisposição genética e de um ambiente especial. A sedentariedade e a abundância de alimentação das nossas sociedades vão de par com o número dos nossos obesos; o álcool, o tabaco.

A um ambiente poluído:

  •  indústria química, atmosfera poluída, alimentação à base de inseticidas, de pesticidas, de hormonas, vinhos traficados;
  • radiações externas, mas também internas: tubos fluorescentes, ecrãs de televisão ou de computador; ambiente barulhento (viatura, comboio, avião, música de ambiente) na origem de nervosismo, irritabilidade, e de uma má qualidade de sono, músicas com ritmos nefastos para o individuo.

A fatores psíquicos pessoais:

  •  emoção, paixão;
  • sentimento de frustração, de dominação.

Os sinais gerais

Traduzem o modo de reação geral dos sujeitos face à doença: a pele está sempre implicada ou na doença, ou nos antecedentes do doente.

As perturbações traduzem-se no mínimo por uma pele doentia e com mau cheiro, quase sempre com acne, eczema, ou outras manifestações cutâneas pruriginosas. A pele é um modo de eliminação frequente dos detritos orgânicos; deve ser respeitado.

O tratamento intempestivo de algumas dermatoses (eczema) com meios locais (cremes com cortisona) corre o risco de provocar perturbações internas profundas (asma) na origem da psora retraída.
Estas manifestações cutâneas alternam ou coexistem com fenómenos:

  • alérgicos da esfera ORL e pulmonar, asma, rinite;
  • digestivos, tais como modificações do comportamento alimentar (mais apetite, desejos de comer repentinos), más digestões, diarreias e/ou prisão de ventre;
  • genito-urinários tais como corrimento, cistites.

Originally posted 2014-03-25 11:49:30.

Comments

comments