Conheca a terapia floral2 - Varizes

Varizes

As varizes são a segunda fase da insuficiência venosa superficial. Podem aparece concomitantemente ao fenómeno das pernas pesadas ou suceder-lhe. O custo global da doença venosa é avaliada em dois biliões de francos.

Diagnostico

As varizes resultam da associação de uma dilatação e de uma elongação de uma veia cujo trajeto se tomou tortuoso. O diagnóstico é evidente visto que as varizes são visíveis nos membros menores.

Principais complicações

Na fase seguinte aparecem as varizes, e perturbações cutâneas tais como comichões, eczema, modificações da cor da pele em relação aos trajetos venosos, úlceras

Prevenção

Reveja o paragrafo sobre as pernas pesadas

Tratamento

Varizes

  • Aesculus hippocastanum 6DH também convém a esta fase da doença. O doente tem uma sensação de batidas e de peso nas pernas, pioram ao levantar, de pé e com o calor, e melhoram com a atividade física e duches frios nas pernas

Posologia: 30 a 50 gotas de manhã e à noite

  • Calcarea fluorica 9CH, se as varizes, reagrupadas num monte volumoso, forem dolorosas, dilatadas e tortuosas. As dores pioram com o principio do movimento, a mudança de tempo e a humidade, e melhoram com a continuação do movimento. Nesta fase, podem aparecer as primeiras perturbações cutâneas
  • Fluoricum acidum 9CH tem as mesmas indicações que o medicamento precedente, mas as comichões fazem-se sentir, e por vezes as perturbações cutâneas já estão presentes Em contrapartida, as dores pioram com o calor e melhoram com o tempo frio, os duches e as aplicações frias.
  • Hamamelis 5CH, quando as varizes e varicosidades estão dilatadas, dolorosas, sensíveis ao tocar, pioram com o ar quente e húmido ou com traumatismos mínimos que ocasionam equimoses, ou então melhoram com o repouso.
  • Vipera redi 7 CH, se as varizes melhorarem com as pernas alteadas, e piorarem com a posição de pé prolongada ou pernas penduradas.

Posologia; (para todos estes medicamentos); 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

No caso de perturbações cutâneas associadas

Consulte o seu médico.

Tratamento de terreno

  • Graphites: nos sujeitos que respondem bem.
  • Lachesis mutus: nas mulheres durante a menopausa.
  • Lycopodium clavatum: nos sujeitos que respondem bem e que sofrem de perturbações digestivas.
  • Pulsatilla: nas jovens que respondem bem.
  • Sepia: nas mulheres que respondem bem cujas dores nas pernas melhoram com a dança ou a ginástica.
  • Sulfur é um medicamento de varizes complicadas com comichões e ardores intensos que pioram com o calor e a posição de pé, e por vezes com perturbações cutâneas. É indicado na mulher durante a menopausa, no alcoólico, e nos sujeitos que respondem bem.
  • Thuya occidentalis: nas mulheres com uma tendência marcada para a celulite.

Outros tratamentos

Meias para varizes

São sempre indicadas nesta fase.

Originally posted 2014-03-27 11:57:50.

Acido cloridrico - Muriaticum acidum

Muriaticum acidum

Origem

O ácido clorídrico concentrado ou oficinal. É um poderoso veneno corrosivo que era utilizado em medicina, por via interna, para tratar as febres tifoides, a escarlatina, as doenças do ficado, as perturbações intestinais, as afeções da pele e as perturbações digestivas, por via externa, utilizado concentrado, era injetado nas fendas putrefactas e nos cancros sifilíticos.

Indicações

Alergia ao sol

A mais pequena exposição ao sol desencadeia inchaço cutâneo vermelho ardente, acompanhado por comichão intensa.

Hemorróides

Muito dolorosas, esticadas, inchadas, que pioram com o mais pequeno contacto.

Muriaticum acidum convém se

Os fatores desencadeantes forem:

  • O sol.

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o sol.

Originally posted 2014-04-11 08:44:02.

Aree d’intervento - Geriatria - Higiene Alimentar

Geriatria – Higiene Alimentar

Este pequeno parêntese permite-nos dizer algumas palavras sobre a alimentação das pessoas
de idade.

De facto, as pessoas com muita idade, ou que vivem sozinhas, têm por vezes tendência para fazerem dietas cada vezes mais restritivas e para comerem cada vez menos. Ora, é necessário saber que a má nutrição é um dos fatores fundamentais da fragilização das pessoas de idade.

É a primeira causa de deficiência adquirida do sistema imunitário no mundo que tem por consequências, mais ou menos a longo prazo, a doença e a morte.

A pessoa de idade sã. com peso normal, deve comer da mesma maneira que o adulto em atividade; é necessário proibir-lhe a dieta e, até mesmo, autorizar o vinho em quantidade limita porque diminui a frequência das doenças cardiovasculares.

Deve vigiar nos seus pais ou nas pessoas de idade que estão à sua volta os sinais precursora de uma má nutrição, tais como por exemplo, um problema dentário, uma modificação do humor (levantar tarde), uma depressão.

Originally posted 2014-03-28 11:44:59.

Stop Mosquito Bites from Itching Step 49 Version 2 - Tratamentos de picadas de animais

Tratamentos de picadas de animais

No caso de picadas de animais marinhos (medusas, actínias, corais)

No geral, provocam pequenas erupções dispostas sob a forma de uma ou de várias linhas cortadas. Estas erupções incham ligeiramente e ficam vermelhas muito depressa, depois tornam-se muito dolorosas e causam uma comichão intensa. Por vezes, transformam-se em pequenas vesículas (bolhas) que podem supurar.

  • Lave a pele com água do mar (e não com água doce).
  • Humedeça as lesões com vinagre durante trinta minutos.
  • Polvilhe com farinha para fazer uma cataplasma.
  • A seguir, retire tudo com uma faca e passe novamente com vinagre.
  1. Tome sistematicamente Histaminum 7CH, e acrescente:
  2. Apis mellifica 5CH, se o frio o aliviar
  3. Urtica urens 5CH, se o frio piorar o seu estado.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos Iodas as horas no primeiro dia, depois 5 vezes por dia nos 2 dias seguintes. Se for alérgico, consulte um médico imediatamente.

No caso de mordedura de serpente

As serpentes venenosas entre as mais frequentes em França são a víbora-áspide e a víbora europeia.
As suas mordeduras não são forçosamente seguidas por envenenamento responsável por sintomas. No entanto, em todos os casos, impõe-se uma opinião médica.

O que não deve fazer

  • Não faça incisões na fenda (risco de sobre infeção),
  • Não chupe a ferida: é inútil para o paciente e por vezes perigoso para a pessoa que socorre;
  • Não ponha garrote: corre o risco de parar a circulação do membro;
  • Não dê nem álcool nem café a beber;
  • Não injete antivenenos fora do meio hospitalar (risco de alergia).

O que deve fazer enquanto não chega o socorro médico:

  • Acalme-se e fique deitado em repouso completo;
  • Limpe e desinfete a ferida com uma solução antisséptica. Não utilize nem álcool, nem éter que corre o risco de espalhar o veneno;
  • Imobilize o membro e ponha-lhe uma faixa à volta;
  • Aplique gelo (se o tiver à mão) embrulhado num pano sobre a mordedura.

Tome uma dose de Arnica montana 15CH e uma dose de Pyrogenium 7CH, e espere calmamente os socorros.

Originally posted 2014-04-07 15:44:01.

placebo - Prisão de ventre

Prisão de ventre

A prisão de ventre é um sintoma extremamente frequente. Muitas pessoas, sobretudo mulheres, pensam que têm prisão de ventre quando o funcionamento dos seus intestinos é estritamente normal. Não é indispensável ir à casa-de-banho todos os dias.

Diagnostico

  •  A prisão de ventre é caracterizada por uma diminuição da frequência das fezes – menos de três por semana —. e/ou fezes difíceis de emitir, e/ou fezes duras, secas e de fraco peso. Portanto, não é indispensável ir à casa-de-banho todos os dias. Do mesmo modo, a sensação de evacuação incompleta, as dores, o inchaço abdominal não são sinais de prisão de ventre.
  • A prisão de ventre pode ser ocasional quando aparece em circunstâncias bem precisas mudança de hábitos alimentares, clima, viagem, tomar certos medicamentos, gravidez, antes à menstruação.
  • A prisão de ventre pode aparecer brutalmente sem razão e persistir durante alguns dias de seguida. Nesse caso, deve absolutamente ir consultar um medico, porque a prisão de vem torna-se um sintoma revelador de uma doença.

Principais complicações

A obsessão de algumas pessoas que pesam que têm prisão de ventre e querem ir â casa-de-banho todos os dias. Utilizam laxativos que lhes provocam lesões intestinais na origem da “doença dos laxativos” que origina uma falsa diarreia enganosa.

Regras de higiene

O tratamento da prisão de ventre não existe sem estas regras de higiene:

  1. Higiene de vida:
  • lute contra a sedentariedade com uma caminhada quotidiana ou andando de bicicleta;
  • reforce a faixa abdominal fazendo ginástica;
  • vá à casa-de-banho a horas fixas e se possível quando a vontade se faz sentir; coma devagar, de preferência a horas fixas e num ambiente calmo;
  • mastigue corretamente;
  • evite petiscar;
  • as técnicas de relaxação são aconselhadas.
  1. Conselhos dietético
  • Beba um litro e meio de água. Comece o dia bebendo em jejum um grande copo de água fresca;
  • ao pequeno almoço, opte por doces em vez de mel porque são mais ricos em frutos e em fibras;
  • faca uma dieta rica em fibras vegetais. Coma por ordem crescente: frutos frescos, pão e arroz completos, legumes secos, frutos secos (que deve deixar de molho algumas horas antes de os consumir) e farelo (no iogurte, no queijo branco ou na compota);
  • coma legumes crus e cozidos a cada refeição, expecto no caso de intolerância individual. Coma frutos frescos inteiros mais ricos em fibra do que o seu sumo, e tome uma ou duas colheres de azeite de manhã em jejum. Não utilize quotidianamente o óleo de parafina, porque impermeabiliza a parede intestinal e impede a absorção dos minerais e das vitaminas.
  • Taraxacum 6 DH, se a língua estiver despapilada e dolorosa, 20 gotas antes do almoço e do jantar.

Ligadas a medicamentos

Os medicamentos com mais frequência em causa na prisão de ventre são os tranquilizantes, os soníferos, os anti-depressores, alguns pensos gástricos antiácidos, alguns xaropes contendo
codeína, e os laxativos irritantes que vamos agora abordar.

Originally posted 2014-03-28 11:19:12.