homeopathbottles - Sinusites agudas

Sinusites agudas

A sinusite é uma inflamação aguda das cavidades sinuosas, secundaria a uma infeção viral ou bacteriana. Aparece na maioria das vezes durante uma constipação banal.

Distinguimos as sinusites maxilares, que atingem as cavidades sinuosas maxilares, e as sinusites frontais, que atacam as cavidades sinuosas frontais.

Diagnostico

Sinusites maxilares

Três espécies de sinais dão a conhecer as sinusites maxilares:

  • a dor viva na região situada sob os olhos (dor suborbital), piora quando baixamos a cabeça, que se tussa ou que se espirre;
  • muitas vezes unicamente do lado da dor, o nariz está entupido e o corrimento nasal muco purulento;
  • também pode haver um pouco de febre por volta dos 38° C.

Estas sinusites são a consequência ou de uma rinofaringite. ou de uma cárie dentária.

Sinusites frontais

As sinusites frontais são mais raras do que as precedentes. Complicam uma constipação.
As dores situadas por cima dos olhos (dores supra-orbitais) e o corrimento nasal muco-purulento estão normalmente nos dois lados.
Segam quais forem as sinusites, as complicações são raras.

Tratamento de Sinusites maxilares

  • Mezereum 5CH é indicado nas sinusites maxilares – mais especialmente de origem dentária – que aparecem no lado esquerdo. A pele que está em frente das cavidades sinuosas é muito sensível ao tocar, as secreções nasais são muco-purulentas.
  • Kalium bichromicum 5CH convém quando, a seguir a uma constipação – com corrimento nasal amarelo-esverdeado e crostas dentro do nariz -. aparecem dores suborbitais.
  • Kalium iodatum 5CH.
  • Hydrastis 5CH convém às sinusites frontais e maxilares nas quais o corrimento de pus amarelo, espesso, viscoso, se faz pelo nariz e pela parte da faringe atrás das amígdalas. Uma tosse seca, penosa está presente.
  • Cinnabaris 5CH é o medicamento das sinusites frontais e maxilares acompanhadas por uma congestão do rosto, e por dores lancinantes nas cavidades sinuosas frontais e maxilares. Os olhos estão vermelhos, o corrimento de pus faz-se pela parte da faringe atrás das amígdalas.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos 5 vezes por dia durante 2 dias, depois 3 vezes por dia durante 6 dias.

Originally posted 2014-03-27 15:32:27.

718085 25072577 - Cianose das mãos e/ou dos pés

Cianose das mãos e/ou dos pés

Algumas pessoas têm em permanência uma acrocianose, ou seja, uma cianose (coloração azul-arroxeada da pele) provocada por uma perturbação circulatória constante, simétrica indolor das mãos, dos pés, dos dedos das mãos e dos pés, acompanhada por suores nas extremidades.

A cor dos dedos varia do vermelho ao negro, passando pelo azul-arroxeado, conforme a intensidade da cianose. A acrocianose associam-se por vezes frieiras.

O fenómeno de Raynaud aparece durante o tempo frio ou por ocasião de estados emocionais intensos. Manifesta-se através de uma descoloração dos dedos que se tornam branco-lívidos entorpecidos, como mortos, depois cianosam-se, ficam com formigueiro e piadas. Este fenómeno pode sobreacrescentar-se a uma acrocianose.

Acrocianose e fenómeno de Raynaud aparecem sobretudo na mulher, começam na puberdade e pioram sempre com o frio.

Principais complicações

A maioria dos sintomas não tem uma causa reconhecida, expecto o fenómeno de Raynaud que tem várias origens e impõe uma consulta ao médico tanto mais que só é conhecido há pouco tempo, ou aparece num homem, ou não é simétrico, ou seja, só ataca um único lado.

Para alem disso, há certos medicamentos que podem provocá-lo.

Prevenção

Proteja as extremidades do seus membros contra o frio sobrepondo as camadas se possível: dois pares de luvas ou de meias de lã.

Tratamento

Quando as mãos e os pés estão frios e a cor da pele é normal

Encontramos sobretudo medicamentos de terreno:

  • Pulsatilla 9CH, nas mulheres que respondem bem que têm sempre frio nas mãos e nos pés
  • Silicea 9CH, nas mulheres magras, friorentas, muito sensíveis ao frio. Nunca chegam a aquecer as mãos e os pés (nem mesmo quando os encostam aos do companheiro durante a noite).

Posologia: 2 grânulos ao levantar.

Acrocianose

  • Agaricus 7CH: medicamento da acrocianose quando os dedos ficam vermelhos e arroxeados ou quando também ataca os dedos dos pés, o nariz ou a orelhas. Também é um medicamento de frieiras
  • Arnica montaria 7 CH: pela sua atividade sobre os vasos e os músculos e sobre todas as formas de traumatismos (até mesmo os traumatismos provocados pelo frio) comporta-se eficazmente nesta indicação.
  • Hamamelis 7 CH atua sobre as veias das extremidades.

Posologia 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

Fenómeno de Raynaud

Só pode tomar este medicamento se o diagnóstico tiver sido feito pelo seu médico. Em todos os outros casos, deve consulta-lo.

Acrescente aos medicamentos precedentes:

  • Arsenicum álbum 15 CH, se as dores ardentes dos dedos melhorarem com o calor.
  • Secale cornutum 15CH, quando, ao contrario, as dores ardentes das extremidades melhorarem com o frio, e isto apesar da frieza objetiva destas ultimas.

Posologia: 2 grânulos ao levantar e ao deitar
Nestas indicações, o tratamento de terreno é indispensável.

Originally posted 2014-03-27 11:24:41.

1024px Graphit 01 - Graphites

Graphites

O grafite ou plombagina carvão mineral, constitui Juntamente com o diamante uma das duas formas cristalinas principais do carbono. Apresenta-se sob a forma de um pó preto insolúvel na água e no álcool. Constitui o bico dos nossos lápis.

Composição

A variedade natural de carbono cristalizado deve ser formada com mais de 90 % de carbono e menos de 10% de sílica para a utilização homeopática.

Indicações

Eczema atópico

Que escorre com vesículas que ardem e picam, de onde corre um líquido viscoso amarelado parecido com mel, e acaba em crostas espessas e pegajosas.

Localizado sobretudo por detrás das orelhas, nos joelhos, nos cotovelos, no couro cabeludo e à volta da boca, piora com as arranhadelas e a lavagem, e o calor da cama, e melhora com aplicações frescas.

Outras perturbações cutâneas

  • Verrugas dolorosas â volta das unhas.
  • Herpes labial ou genital, sem comichão, quando as crostas aparecem e deixam correr um liquido amarelado viscoso.

A presença de um primeiro episódio de herpes genital impõe uma consulta medica.

  • Cicatrizes queloides (refego duro na pele que pode constituir-se durante uma má cicatrização).
  • Terçolhos e calázios (quistos na pálpebra) a repetição.

Prisão de ventre crónica

A pessoa não tem vontade de ir à casa de banho; as fezes são grossas, reunidas por muco.
O sujeito tem hemorroides e fissuras anais.

Perturbações da menstruação

  • Uma síndroma pré-menstrual, nas mulheres que respondem bem e que sofrem do inchaço do peito antes da menstruação.
  • A menstruação vem em atraso, pouco abundante e dolorosa (como cólicas). As mulheres apresentam uma rouquidão característica durante a menstruação.

Menopausa

Graphites convém às mulheres que respondem bem e q apresentam afrontamento na menopausa.

Graphites convém se

As modalidades forem:

  • Uma agravação com o calor da cama, com o tempo frio e húmido, durante a menstruação,
  • Melhoras com o movimento, o grande ar.

Os sujeitos que respondem bem a Graphites

Os sujeitos pálidos, gordos, friorentos, apáticos, com tendência para a obesidade. Indecisos, pouco ativos, hesitantes, são tímidos, emotivos, muito sensíveis à música que os torna tristes e lacrimosos.

Têm prisão de ventre e são bulímicos, mas não gostam de doces nem de carne. Têm perturbações venosas (varizes, úlceras varicosas), o seu apetite sexual é fraco. A pele das suas mãos é seca, dura, áspera, espessa, os seus dedos têm fissuras e gretas.

Originally posted 2014-04-09 15:48:44.

menopausa e alimentazione - Tratamento da Menopausa

Tratamento da Menopausa

Afrontamentos

  • Belladonna 5CH é indicado quando os afrontamentos são acompanhados por suores profusos do rosto e por uma sensação de batidas nas carótidas.
  • Gionoinum 5CH é próximo de Belladonna. mas as mulheres apresentam sobretudo vermelhidão no rosto e sensações de batidas violentas e visíveis nas carótidas.
  • Melilotus 5CH é um medicamento utilizado nos afrontamentos congestivos associados a cefaleias e aliviados quando o nariz sangra. É um medicamento de hipertensão arterial da menopausa.
  • Sanguinária canadensis 5CH é muito útil para as mulheres cujos afrontamentos são acompanhados por uma vermelhidão intensa das bochechas e por uma sensação de calor ardente nas palmas das mãos e nas plantas dos pés.
  • Amylium nitrosum 5CH é um medicamento de afrontamentos violentos congestivos, seguidos por uma sensação de frio em todo o corpo e suores abundantes. Não há hipertensão arterial.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar e ao deitar.

O meu conselho:

Estes medicamentos do sintoma “afrontamentos” terão uma eficácia optimal se forem acompanhados por um tratamento de fundo, porque os medicamentos de terreno mais indicados corrigem também este problema.

Tratamento de terreno

Principais medicamentos de terreno são os seguintes:

  • Lachesis mutus 9CH é o medicamento homeopático da menopausa. Estas mulheres friorentas têm, dia e noite, grandes afrontamentos acompanhados por suores. Têm tendência para a hipertensão arterial, para as hemorroidas e paras as equimoses. Loquazes, ciumentas, adormecem dificilmente e sofrem de cefaleias batentes. São pessoas ansiosas (nó na garganta) e não suportam golas ou roupas apertadas. Como sofrem de claustrofobia, reclamam ar apear da sua sensibilidade ao frio.
  • Sepia 9CH interessa a mulher que vê chega com entusiasmo a menopausa para a aliviar da sua menstruação que foi sempre uma fonte de aborrecimentos. No entanto este período, devido às perturbações que ocasiona, também não lhe convém muito. No pior dos casos, torna-se depressiva, indiferente a tudo, “vê tudo negro”, e não suporta o marido, nem os filhos, nem o trabalho. Fica então ansiosa, irritável, desagradável e recusa a companhia e não aceita aqueles que querem ajudá-la, recusa a companhia e não aceita aqueles que querem ajudá-la. Recusa as relações sexuais, que são uma catástrofe quando acontecem. Pode até mesmo instalar-se certa frigidez. Os seus afrontamentos, que vão da pequena bacia até à cabeça, acompanhados por suores e seguidos por uma grande fadiga. As hemorroides, as varizes e a tendência para a hipotensão pioram.
  • Sulfur 9CH convém a uma mulher que tem tendência para ter sempre muito principalmente durante a menopausa. Na sua cama, procura um lugar fresco para os seus pés a escaldar e vai até ao ponto de os retirar para fora dos cobertores. Os seus problemas de pele e de alergia acentuam-se por vezes. A menopausa pode ser acompanhada por afrontamentos, hipertensão arterial com cefaleias congestivas. É por vezes vitima de perturbações caracteriais e de alcoolismo neste momento da sua vida.
  • Graphites 9CH convém às mulheres pálidas, moles, indolentes, bastante friorentas, com afrontamentos. No geral, têm prisão de ventre e tendência para o eczema e para as verrugas. Por outro lado, as suas perturbações venosas — hemorroides, varizes, úlceras varicosas — acentuam-se.
  • Thuya occidentalis 9CH é adaptado às mulheres que são ou que se tornaram gordas na menopausa. Conservam uma certa vivacidade apesar do aumento de que predomina essencialmente nas ancas. Estas mulheres com a pele oleosa, transpiram naturalmente do rosto, têm afrontamentos acompanhados por abundantes e viscosos. As infecções genitais tornam-se mais frequentes, os desenvolvem-se, e as perturbações venosas acentuam-se. A sua depressão, aparece, manifesta-se através de fobias, do cancro em especial, e uma insónia por um despertar às 4 horas da manhã.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantar.

Originally posted 2014-03-31 13:23:10.

sono2 - Tratamento das insónias habituais

Tratamento das insónias habituais

Se tiver dificuldades para adormecer

Porque pensa demasiado

As dificuldades de adormecimento manifestam-se através de um prolongamento anormal do tempo de adormecimento com o seu cortejo de rodas de ideias, de amplificação das preocupações, e antecipação das consequências da falta do sono:

  • Ambra grisea 9CH, se a insónia for desencadeada pela mais pequena excitação durante o dia, uma discussão, a mais pequena preocupação. O sono desaparece logo que o sujeito se deita, o sono não é reparador, os despertares são penosos.
  • Coffea cruda 9CH, quando a insónia é provocada por uma grande alegria ou um abuso de café e é marcada por uma ebulição intelectual ao deitar.
  • Ignatia amara 9CH: a insónia é muitas vezes passageira e consecutiva a um desgosto, um luto, contrariedades ou uma deceção sentimental. Paradoxalmente, estes sujeitos hipersensíveis dormem melhor quando há barulho ou na presença de fatores normalmente perturbadores do sono.
  • Gelsemium sempervirens 9CH: a insónia de adormecimento aparece antes de uma data importante, tal como um exame, uma entrevista profissional importante. Nestes períodos, o sujeito tem receio, tremores, por vezes diarreia e vontade urgente de urinar.
  • Cocculus indicus 9CH convém às pessoas — enfermeiras e enfermeiros, estudantes, aviadores, hospedeiras, homens de negócios—que sofrem pela sua atividade de vigílias prolongadas, de esgotamento no seguimento de longas viagens com diferenças horárias frequentes. Às dificuldades de adormecimento associam-se um esgotamento físico e intelectual, uma sonolência diurna e uma impossibilidade de dormir no momento do deitar. O sono não é reparador, é acompanhado por despertares frequentes, numerosos sonhos, pesadelos, sobressaltos e gritos.
  • Nux vomica 9CH é o medicamento dos sujeitos hiperativos, esgotados, com tendência para o abuso de excitantes: álcool, café, tabaco, medicamentos. Este sujeito cansado apresenta várias formas de insónias:
  1. ou adormece tarde devido a uma agitação de ideias, depois acorda por volta das 4 horas da manhã e só consegue voltar a adormecer de madrugada no momento em que tem de se levantar;
  2. ou adormece num sofá a seguir ao jantar e, quando se levanta para ir deitar-se, não consegue voltar a adormecer.
  3. ou o seu sono é ligeiro com despertares frequentes e sonhos agitados.

Levanta-se sempre de mau humor e cansado, preferiria ficar deitado. Logo que pode, dorme a curta sesta para recuperar a forma.

  • Passiflora incarnata 3DH é utilizado tradicionalmente nos estados ansiosos, com instabilidade, palpitações, angústia, esgotamento e insónia.
  • Escholtzia califonica 5DH é um excelente sedativo que permite um bom adormecimento. Pode ser utilizado sozinho ou associado à Passiflora na mesma quantidade.

Posologia

  • Para todos estes medicamentos (expecto os três últimos): 2 grânulos ao deitar
  • Para os três últimos medicamentos: 30 a 100 gotas 2 horas antes do deitar.

Se acordar de manhãzinha

  • Kalium Phosphoricum 9CH convém às pessoas intelectualmente esgotadas, ou por ocasião de preocupações profissionais ou de excessos sexuais. O estudante, por exemplo, é acordado na primeira parte da noite por pesadelos, mais raramente por terrores noturnos. Durante o dia, está cansado, irritado, enervado e queixa-se de cefaleias e de perturbações da memória.
  • Phosphoricum acidum 9CH também é um medicamento de insónia de estudantes que trabalham demasiado, mas esta última é reveladora de uma depressão reacional que se caracteriza por uma indiferença aos estudos e a tudo o que está à sua volta, uma perda de memória, e uma falta de compreensão. Muitas vezes utilizado em complemento de Kalium Phosphoricum, é adaptado às insónias consecutivas a preocupações, a um desgosto, a um luto ou a excessos sexuais.
  • Nux vomica 9CH.
  • Thuya occidentalis 9CH, medicamento de tratamento de terreno dos sujeitos que respondem bem — com tendência para as infecções ORL genitais — que, por ocasião de uma depressão acompanhada por fobias (cancros, estranhos, etc), acordam precocemente no final da noite, por volta das 4 horas da manhã.

Posologia (para todos estes medicamentos): 2 grânulos ao levantes e ao deitar.

Originally posted 2014-04-01 10:23:29.